Scroll Top

Empregador Web Seguro Desemprego

Auxílio Desemprego: Conheça algumas mudanças que ocorreram no auxílio desemprego

Auxílio Desemprego: Conheça algumas mudanças que ocorreram no auxílio desemprego
4.3 (85%) 4 votes

O auxílio desemprego também muito conhecido como seguro desemprego é um dos benefícios mais importantes voltado ao cidadão trabalhador, através do benefício milhares de cidadão ao serem desligados recebem um ajuda financeira para garantir o seu sustento temporariamente.

O benefício é concedido somente para os trabalhadores formais que ser enquadram nos requisitos de participação do programa, sendo assim o mesmo garante esse recolhimento através do PASEP/PIS, recolhimento realizado pelo o empregador enquanto o trabalhador estar atuando dentro da empresa.

Conheça algumas mudanças que ocorreram no auxílio desemprego…

O benefício nos últimos tempos trouxe grande repercussão por ter ocorrido diversas mudanças em relação ao recebimento do seguro, agora ao solicitar o seguro desemprego o trabalhador já fica cadastrado no banco de dados do SINE, caso tenha alguma oportunidade que ser encaixe no seu perfil, o mesmo é encaminhado para participar do processo, tendo agora uma oportunidade mais rápida de recolocação no mercado de trabalho.

Conheça as regras em relação ao seguro desemprego…

Quem for mandado embora agora, encontrará uma série de requisitos para receber o auxílio desemprego, as novas regras surgiram a fim de dificultar o processo de aquisição é garantir o benefício somente para as pessoas que é de direito.

Auxílio Desemprego

Auxílio Desemprego

As mudanças ocorreram agora em relação as solicitações, confira a seguir:

  • Para a primeira solicitação do seguro desemprego, é necessário comprovar no mínimo 12 meses trabalhados de carteira assinada, consecutivos a data do desligamento;
  • Para a segunda solicitação do benefício, será necessário que o trabalhador comprove 9 meses trabalhados, também consecutivos a data da demissão;
  • Para a terceira ou mais solicitações do seguro desemprego será necessário que o trabalhador comprove no mínimo 6 meses trabalhados.

Essas mudanças foram estabelecidas para evitar supostas fraudes do benefício, é o mesmo ser concedido somente a quem é de direito, além de reduzir os custos que o Governo Federal estava tendo com a seguridade social.

Só recebe o benefício, os trabalhadores que ser enquadra nas regras a seguir:

  • Trabalhadores demitidos sem justa causa;
  • Precisa estar no mínimo 16 meses sem solicitar o seguro desemprego;
  • Trabalhadores rurais precisam ter trabalhado pelo menos 15 meses aos últimos 24 meses;
  • Não pode ter participação de sociedade em empresa alguma;
  • Não pode estar recebendo outros benefícios trabalhistas.

Quem tem direito ao auxílio desemprego?

O auxílio desemprego pode ser solicitado por qualquer trabalhador brasileiro, que tenha sido demitido sem justa causa, além do trabalhador formal ainda tem as exceções como o trabalhador doméstico, pescador profissional, trabalhadores em condições iguais a escravos e bolsa qualificação.

O auxílio desemprego visa ao trabalhador um auxílio financeiro temporário para que o mesmo consiga manter o seu sustento durante o período de desemprego, tentando amenizar o grande impacto econômico inesperado, dessa forma, o seguro garante uma estabilidade financeira até quer se recoloque novamente no mercado de trabalho.

Prazos para solicitação do auxílio desemprego…

É importante o trabalhador ter ciência de quanto tempo ele tem para realizar a solicitação, confira os prazos a seguir:

  • Trabalhador formal possui de 7 a 120 dias para solicitar o auxílio desemprego, essa data começa a conta a partir do desligamento;
  • Trabalhador doméstico possui de 7 a 90 dias para realizar a solicitação;
  • Pescadores profissionais, possuem até 120 após o período de defeso;
  • Trabalhadores resgatados possuem até 90 dias após o regaste para solicitar o pedido;
  • A única exceção é para bolsa qualificação, pode ser solicitada a qualquer momento.

Documentos Necessários para solicitar o seguro desemprego

Após realizar o agendamento do atendimento é necessário separar toda a documentação abaixo:
Documento de Identificação com foto, tais como CTPS, RG ou habilitação;
CPF – Cadastro de Pessoa Física;
Carteira de Trabalho – CTPS;
Requerimento do seguro desemprego – emitido em duas vias através do portal empregador web;
Levantamento dos depósitos referente ao FGTS;
Termo de rescisão de contrato;
03 últimos contracheques.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.