5 PASSOS PARA FAZER SEU CONTROLE FINANCEIRO PESSOAL

0
81

Saber como ter controle financeiro pessoal é uma das maneiras mais recomendadas de preservar o seu dinheiro.

É desta forma que você avalia melhor a sua renda, as suas despesas e verifica o que pode ser mudado para poupar mais ao final do mês.

O QUE É CONTROLE FINANCEIRO PESSOAL?

Controle financeiro pessoal, de maneira geral, é um meio de organizar todos os ganhos e gastos de um determinado período de tempo, normalmente mensal, levando em conta tanto as despesas fixas quanto os gastos gerais.

Ter este controle é muito importante para acompanhar o orçamento e realizar economias, assim como fazer investimentos a longo prazo.

QUAIS PASSOS DEVO SEGUIR PARA CONTROLAR AS MINHAS FINANÇAS?

Se você pretende controlar e organizar as suas finanças a fim de gerar maior economia e rentabilidade, esses 5 passos sem dúvida irão te ajudar a alcançar estes objetivos. Confira:

  • 1) LIVRE-SE DAS DÍVIDAS

Se você não tem nenhuma dívida para quitar, ótimo! Já está no caminho certo para ter mais controle sobre as suas finanças.

Caso contrário, se livrar das dívidas é o primeiro passo para adquirir um bom controle econômico.

Ter muitas contas atrasadas e dívidas a pagar, acaba virando uma grande bola de neve no fim do mês atrapalhando as suas economias e controle sobre o seu orçamento.

Para identificar suas dívidas, você pode consultar seu CPF ou nome no SPC e Serasa, empresas responsáveis por manter uma base de dados com nomes de pessoas inadimplentes no mercado.

Nesta consulta, você irá obter o nome da empresa que solicitou a inclusão do seu nome no serviço de proteção ao crédito. Os dados para contato, assim como o valor da dívida também são informados nesta consulta de CPF.

Procure renegociar ou parcelar essas dívidas para ficar livre o quanto antes desse problema.

  • 2) IDENTIFIQUE OS SEUS GASTOS FIXOS

O segundo passo para ter um bom controle financeiro pessoal é identificar quais são as suas despesas, levando em consideração a renda líquida mensal.

Para começar, o mais indicado é listar todos os seus gastos fixos, ou seja, aqueles custos que apresentam o mesmo valor ou que sofrem pequenas variações durante o mês, como por exemplo: conta de luz, gás, água, telefone, internet, TV acabo, academia e aluguel.

Em média, qual o gasto que você possui com estas despesas? O valor obtido será o seu custo fixo.

Com o pagamento destas contas, o restante estará disponível para outros gastos variáveis do dia a dia e também para realizar novos investimentos.

  • 3) CONHEÇA OS SEUS GASTOS EXTRAS

Agora que você já definiu quais são os seus gastos fixos, é o momento de conhecer os gastos extras e identificar onde as despesas são maiores.

Para isto, você deve anotar literalmente tudo o que desembolsou durante o mês, inclusive os pequenos gastos do dia a dia. Não se esqueça do mercado, almoço, lanches, idas ao cinema, etc. Não deixe nada passar nesta lista.

Com isto, será mais simples lembrar a origem das despesas e você não terá aquela impressão de que o seu dinheiro tem assas e sumiu da sua conta no final do mês.

  • 4) AVALIE ONDE É POSSÍVEL FAZER ECONOMIAS

Quando você organiza as suas despesas por categorias, é mais fácil visualizar se você está excedendo mais do que deveria e onde é possível fazer economias.

Lembre-se de que poupar dinheiro é a maneira mais eficaz para alcançar os seus desejos, objetivos e fazer investimentos para o futuro, com isto, procure o máximo diminuir os gastos com coisas supérfluas e organize a sua renda.

Essa economia pode ser utilizada para comprar algo que você quer muito, seja investir em uma negocio próprio, viajar, comprar notebook novo, um carro ou até mesmo sua casa própria.

  • 5) O QUE VOCÊ QUER, NEM SEMPRE É AQUILO QUE VOCÊ PRECISA

Evite ao máximo comprar por impulso e reflita criticamente sobre o seu consumo. Será que a grande parte de seus gastos realmente são com coisas essenciais?

Manter este mentalidade é muito importante para prevenir que você tenha despesas desnecessárias. Avalie categoricamente o que de fato é preciso e quais são os gastos que você pode cortar, assim, você verá a grande diferença que isto trará no fim das contas.

Esses passos sem dúvida te ajudarão a ter um melhor controle financeiro pessoal e ter mais economia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here