COMO SABER O NÚMERO DO PIS

0
41

Esse número que garante tantos benefícios para o trabalhador ainda causa algumas dúvidas de como ser visualizado.

Mas, não se preocupe que iremos facilitar a sua vida e explicaremos bem direitinho sobre o assunto.

Primeiro, é necessário que você saiba que a sigla PIS significa Programa de Integração Social. Esse benefício é destinado para os trabalhadores da iniciativa privada e pago pela Caixa Econômica Federal.

O cidadão irá possuir o número no momento em que for contratado pelo empregador com carteira de trabalho assinada e contribuições previdenciárias sendo realizadas.

Então, é fundamental que o trabalhador brasileiro tenha conhecimento de qual é o seu número, para no momento exato, após cumprir os requisitos da legislação, ele entrar com o pedido para o recebimento do seu PIS.

Porém, não é essa a única função do PIS. O número é importante para dar entrada no seguro-desemprego, abono salarial, acesso ao FGTS e cadastro nos demais programas do governo.

Lembrando que o número do PIS é o mesmo do NIT (número de inscrição do trabalhador), por isso, mais pessoas se confundem, pois acabam achando que são dois números diferentes.

O NIT é apenas uma nomenclatura mais moderna. E que para a iniciativa pública, será o NIT o mesmo número do PASEP.

COMO VISUALIZAR O NÚMERO DO PIS?

Existem algumas formas do trabalhador saber qual é o número do seu PIS.

Sua carteira de trabalho está perto de você? Pois bem, abra ela na última folha ou no verso da carteira. Aquele é o número do seu PIS.

A carteira de trabalho pode ser trocada por uma nova, não tem problema, o número permanecerá o mesmo.

Não está com a sua carteira por perto? Tudo bem. Procure agora o seu cartão cidadão ou o cartão do programa bolsa família. Aquele número impresso na frente do cartão é o número do PIS.

Se diante dessas opções, ainda não foi possível identificar o número, ligue para a central de atendimento da previdência social pelo número 135 e solicite ao atendente seu pedido ou ligue para o atendimento da Caixa Econômica Federal 0800 726 0207.

Também pelas agências da Caixa Econômica é possível descobrir o número, é só você informar o número do seu CPF.

Outra opção dada a vocês é procurar na parte do RH da própria empresa onde trabalham. Lá eles possuem todas as informações dos empregados de maneira organizada.

Por último e mais moderno, o número pode ser visualizado pela internet através do CNIS – cadastro de informações sociais. Siga todos os passos pedidos pelo site https://cnisnet.inss.gov.br/cnisinternet/faces/pages/index.xhtml e descubra o número no final.

Viram como são várias as maneiras para saber o número do seu PIS? Olhe agora e veja quais os requisitos que você já cumpriu e os que ainda faltam para requerer o benefício.

QUAIS OS REQUISITOS QUE PRECISO CUMPRIR PARA TER DIREITO AO PIS?

O trabalhador precisa cumprir requisitos que são cumulativos.

Primeiro; no ano anterior ele deve ganhado em média o correspondente a até 2 salários mínimos do ano vigente, além de ter trabalhado no mínimo 30 dias.

A sua inscrição no programa de integração social deve ter sido feita há pelo menos cinco anos e os seus dados devem estar atualizados pelo empregador no sistema RAIS (relação anual de informações sociais).

Cumprido todos os requisitos, você terá pleno direito sobre o benefício.

QUAL O VALOR DO PIS?

Para o ano de 2018, o valor irá variar entre R$ 80 a R$ 954 que é o valor do salário mínimo para esse ano.

O recebimento do PIS é proporcional aos meses que o trabalhador exerceu sua atividade laborativa.

Se ele trabalhou apenas 1 mês no ano anterior, o valor do benefício será de R$ 80 reais. Mas se ele trabalhou o ano inteiro, receberá o valor em sua integralidade.

QUERO SACAR MEU BENEFÍCIO COMO FAÇO?

Muito simples. São várias as formas que o trabalhador possui para sacar o PIS.

Caso ele já seja correntista da Caixa Econômica, o dinheiro cai automaticamente na sua conta e ainda cai 2 dois dias antes do pagamento ser feito para os trabalhadores que não são correntistas.

Para os demais trabalhadores o pagamento pode ser realizado no autoatendimento da Caixa ou nas casas lotéricas. É só levar o cartão cidadão e a senha de acesso.

Caso você não tenha o cartão cidadão, entre no banco e aguarde sua vez. Apresente seu documento de identificação e solicite o pagamento do PIS.

Pronto. É bem simples.

Mas, lembre-se, se você não realizar o saque na data correta, só poderá sacar novamente no ano seguinte, se cumprido os requisitos e o valor não será cumulativo com aquele que você deixou de sacar.

Gostou do tema? Ficou alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários abaixo ou entre em contato com a Caixa Econômica Federal 0800 726 02 07.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here