Como alterar a razão social da empresa na Caixa?

Algumas vezes, empresas precisam passar por processos burocrático devido a alguns fatores internos e externos que as levam a precisar alterar a razão social da empresa.

Quando isso ocorre, é necessário solicitar a atualização da razão social da empresa em seus cadastros junto a outras.

E uma delas é a agência da Caixa, principalmente por conta do FGTS.

Há várias técnicas para esta alteração, umas que não são tão efetivas e outras bem assertivas.

Mas e você? Sabe como alterar a razão social de sua empresa na Caixa? Não?

Então vem agora conhecer como realizar este processo de forma simplificada e com praticidade sem precisar ir até uma agência da Caixa Econômica Federal e esperar para ser atendido.

Aprenda uma técnica para alterar a razão social da empresa na Caixa bem eficaz e sem erros.

Confira a seguir no post de hoje estas e outras informações.

O que é o FGTS?

Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), criado pelo governo federal no ano de 1967, é uma poupança que a própria empresa em que o trabalhador formal trabalha abre em seu nome.

Todos os meses, são depositados 8% em cima do salário que ele recebe.

O FGTS foi criado com o intuito de proteger os trabalhadores que são demitidos de seus empregos formais sem justa causa.

Ele pode sacar o valor assim que sair da empresa ou também pode fazer uso em alguns casos pré-determinados pelo governo.

Como alterar a razão social da empresa na Caixa?

Há um procedimento bem simples e eficiente para que você consiga alterar a razão social da empresa na Caixa Econômica Federal.

Tudo será feito através do programa do Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP).

SEFIP é um aplicativo gratuito que a própria Caixa desenvolveu para trazer comodidade e praticidade ao empregador.

Se tornando a melhor opção para realizar o processo de recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de forma muito mais segura e com grande agilidade.

E o melhor: sem precisar se deslocar até uma agencia da Caixa e enfrentar filas para alterar a razão social da empresa.

Sem contar que nos tempos atuais aos quais estamos vivendo, não será necessário passar por aglomerações, evitando o risco de contágio ao novo corona vírus.

Mas como conseguir alterar a razão social da empresa na Caixa através do SEFIP?

Simples! Basta reenviar uma GFIP que seja idêntica a última enviada no mês anterior. Isso é necessário para que não haja divergências de informações perante o sistema da agencia da Caixa.

Acesse o programa do SEFIP, importe a empresa e, em seguida, clique na aba “movimento”.

Ao clicar nesta aba, você irá notar que no canto direito inferior irá aparecer as seguintes opções: “dados do movimento” e “alteração cadastral”.

Clique em “alteração cadastral”. Depois, escolha o tipo de alteração que, neste caso, será a alteração da razão social da empresa.

Insira no campo solicitado a nova razão social da empresa e envie o novo arquivo da GFIP.

Assim que a GFIP for processada, o seu cadastro da razão social da empresa no FGTS será alterado.

Apenas preste muita atenção e tenha cuidado no envio da GFIP. É preciso que ela seja idêntica a última enviada para que ela se sobreponha a enviada anteriormente e se estiver diferente, haverá divergências posteriores.

Seguindo todas as etapas deste passo a passo bem simples, você fica livre de precisar encaminhar quaisquer documentos para a Caixa Econômica.

Já que assim que a GFIP é enviada, automaticamente a razão social da empresa é alterada para a caixa. 

Como faço para obter o SEFIP?

O aplicativo do SEFIP pode ser encontrado no próprio portal da Caixa Econômica Federal.

Ele fica disponibilizado em sua página de downloads. Para acessar a página em questão, basta que você clique aqui para ser redirecionado.

Se você quer um detalhamento maior sobre como utilizar todas as ferramentas do SEFIP e GFIP, você pode acessar o manual operacional.

O manual também pode ser encontrado na mesma área em que a aplicativo do SEFIP é encontrado.

Inclusive, o passo a passo sobre como alterar a razão social da empresa está neste manual.

Como o governo utiliza o FGTS

É preciso saber que o dinheiro do FGTS que é depositado para cada trabalhador não fica parado no banco. Muito pelo contrário, o governo utiliza essa verba para direcionar ao FI-FGTS.

O FI-FGTS é um fundo de investimentos que também é administrado pela Caixa Econômica Federal, assim como o FGTS. Sempre respeitando as liberações que o Conselho Curador aprova.

Este dinheiro usado pelo governo federal, é destinado aos financiamentos de vários programas. Como os de obras de infraestrutura, saneamento e habitações.

Deixe Seu Comentário Agora!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.