Tem que pagar para abrir MEI?

Tem um negócio e pretende formalizar, mas a única coisa que está te bloqueando é a informação sobre se tem que pagar para abrir MEI? Então você está no lugar certo!

No post de hoje você irá aprender quais são os valores solicitados na abertura do MEI e o que é cobrado depois para manter a sua empresa sempre ativa.

A abertura de um CNPJ ode abrir diversas portas para você, contribuindo para a fluidez de seu negócio, já que uma empresa formalizada traz muito mais confiança para o cliente.

Passe a emitir notas fiscais e tenha outros benefícios que apenas como MEI você pode ter para manter a sua empresa em ação.

Então dá só uma conferida nessas informações que separamos para você se orientar melhor e descobrir o valor para abrir MEI. Confira!

Direitos para quem abrir MEI

Para aqueles que ainda estão na dúvida sobre se vão formalizar o seu negócio ou não, saiba que ao abrir MEI, você fica dentro de uma série de benefícios, direitos e vantagens por ter um CNPJ como micro empreendedor.

Veja a seguir os principais direitos que o micro empreendedor possui logo após estar com seu negocio formalizado através da abertura do MEI.

  • Direito a ainda pode possuir carteira assinada;
  • Se aposentador;
  • Ter descontos maiores para a compra de veículo;
  • Ao FGTS;
  • Não perde os benefícios da Bolsa Família, a não ser que a renda familiar altere;
  • Ao salário maternidade; e
  • Ao seguro desemprego.

Tem que pagar para abrir MEI?

Para quem deseja formalizar o seu negócio e ter um CNPJ, é preciso saber que o valor a ser pago varia de acordo com a modalidade empresarial que você se encaixa.

Para aqueles que se encaixam dentro do MEI, os custos são fixos.

Já para aqueles que se enquadram em modalidades de faturamento maior, o processo burocrático muda um pouco, tendo até a necessidade de investimentos iniciais antes da abertura com contadores.

E após a firma aberta, os valores de impostos também são diferentes e variantes.

Então, se você se enquadra como um micro empreendedor, saiba que para abrir MEI não é preciso realizar nenhum investimento.

Tudo é feito através do Portal do Empreendedor. Basta inserir os seus dados pessoais e de sua empresa no portal que ao finalizar o cadastro você já terá uma cópia da ficha cadastral com o seu número de CNPJ.

A única taxa que você irá pagar é um valor mensal referente a abertura de sua empresa.

Este pagamento é realizado através do Documento de Arrecadação Simples (DAS) que possui vencimento para cada dia 20 de cada mês.

Qual o valor do boleto da DAS?

A DAS possui um valor fixo referente as taxas para qualquer categoria de empresa, contando com 5% do valor do salário mínimo atual. Coo em 2021 o salário mínimo é de R$ 1100,00, logo o valor base é de R$ 55,00.

Para as categorias de indústria e comercio, é acrescentado R$ 1,00 no valor e para as de prestação de serviço, R$ 5,00.

O valor da DAS no ano de 2021 poderá variar em entre R$ 56,00 a R$ 61,00.

Sendo, então para quem abrir MEI com categoria de indústria e comércio o valor de R$ 56,00 como o cálculo abaixo:

R$ 55,00 + R$ 1,00 = R$ 56,00

Para quem abrir MEI com categoria de prestação de serviços o valor de R$ 60,00 como o cálculo abaixo:

R$ 55,00 + R$ 5,00 = R$ 60,00

E para quem abrir MEI com categoria de indústria e comércio e também for atuar como prestador de serviço, irá pagar o valor de R$ 61,00 como o cálculo abaixo:

R$ 55,00 + R$ 1,00 + R$ 5,00 = R$ 61,00

Além do MEI, quais são as outras modalidades de empresas?

O MEI é apenas a primeira modalidade dentre as categorias de empresas que você pode solicitar a abertura de CNPJ e formalizar o seu negócio.

Por isso é tão importante que você entenda bem sobre cada uma delas e saiba verificar a qual grupo o seu tipo de negócio se encaixa. É de suma importância analisar os detalhes de regras sobre cada uma delas.

Contudo, caso ainda haja dúvidas sobre o MEI, você pode estar entrando em contato com os atendentes de suporte do site, um contador ou até mesmo um escritório do Sebrae.

Então, utilizando a ordem, do menor tipo de negócio para o maior, temos a seguinte ordenação como opções de cadastros para abertura de CNPJ aqui no Brasil:

  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Microempresa (ME);
  • Empresário Individual (EI);
  • Empresário Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI);
  • Sociedade Limitada (Ltda); e
  • Sociedade Anônima (S.A.).
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.