Como saber se meu nome já esteve no Serasa

Como saber se meu nome já esteve no Serasa? Há vários meios de descobrir isso, de forma rápida. Conforme dados do Serasa, no Brasil há hoje cerca de 60 milhões de pessoas com algum tipo de dívida.

A pandemia está agravando ainda mais isso, e esses números tendem a aumentar ainda mais, se antes já tínhamos que lidar com toda crise econômica e com o desemprego, agora a situação está ainda mais grave, devido ao atual cenário.

As pessoas estão tendo que optar em deixar suas contas de lado, para poder ter um prato de comida na mesa. Muitas estão aderindo ao cartão de crédito, e fazendo dívidas que futuramente serão difíceis de pagar.

E por ter que fazer essa escolha, cada dia mais as pessoas estão entrando no vermelho, e se colocando em um verdadeiro beco sem saída.

Como saber se meu nome já esteve no Serasa fazendo a consulta

Quem decide se o nome do indivíduo vai para a lista de inadimplentes, é a empresa credora, a qual ficou algum débito em a ver.

Geralmente, essas empresas tentam fazer um acordo com o consumidor, antes de colocar o nome dele no Serasa, dando um prazo para que ele acerte suas dívidas. Se terminado o prazo e as dívidas não são pagas, o nome dele ficará com restrição.

Para descobrir se o nome está com alguma restrição, deverá ser feita uma consulta do CPF, através do site do Serasa, criando login e senha, e com alguns clicks já aparecerá na tela a atual situação do nome.

Essa consulta é gratuita, e deverá ser acessada através do Limpa Nome Online, onde mostrará se o consumidor tem pendência com alguma das lojas e estabelecimentos cadastrados no programa.

Há outra opção também, que é a opção paga, que a partir de R$9,90, poderá ser realizada consultas ilimitadas, já que o Feirão Limpa Nome acaba sendo restrito, e contando com em média 100 empresas cadastradas no programa.

Além do Serasa, há também as consultas em outros órgãos, como no SPC Brasil e SCPC Boa Vista, que oferecem essa averiguação tanto pelo modo presencial como no gratuito.

Além dos sites, existem também os apps, onde o cliente poderá fazer o download, para realizar a consulta.

Basta baixar qualquer um desses aplicativos e verificar:

  •  Serasa;
  • Boa Vista SCPC.

Baixando através do Google Play ou Apple Store.

Há também a Serasa Score, nele é possível visualizar a situação do consumidor. Este é um programa de pontuação que é oferecido pelo SERASA EXPERIAN, que mostrará uma escala de até 1000 pontos, mostrando se o cidadão é um bom, ou um mal pagador de suas dívidas.

Já outra opção, é fazendo a consulta pessoalmente em uma das agências de atendimento, tanto do SPC ou do SERASA, levando documentos básicos como CPF e RG.

Porque é importante saber se o nome está negativado

Ter o nome restrito pode atrapalhar e muito a vida, tanto no quesito pessoal como profissional.

Estando com o nome em vermelho, a pessoa não conseguirá fazer empréstimos e financiamentos em bancos, também não conseguirá comprar no crediário em lojas de interesse, terá dificuldades para alugar imóveis, além de outras complicações.

Por isso, sempre é indicado consultar o CPF, para evitar surpresas desagradáveis na hora de ir fazer alguma dessas solicitações.

Sem contar que pode acontecer que por algum erro do sistema da loja credora, ou mesmo algum erro interno, o nome pode ser colocado no vermelho indevidamente, por isso é importante sempre estar de olho e ir atrás dos direitos.

Se isso ocorrer, deverá ser acionado um advogado, e iniciar uma ação contra a empresa por danos morais. É imprescindível guardar todos os comprovantes e prints para usar como prova.

Como limpar o nome

Para limpar o nome, o consumidor deverá procurar a empresa credora para fazer uma negociação, a melhor que cabe em seu bolso. A empresa credora tem muito interesse em receber suas dívidas e dificilmente se recusará em fazer essa negociação.

Após 5 anos, as dívidas ‘’caducam’’, porém, seu nome continuará registrado no bando de dados do estabelecimento o qual a dívida ficou em a ver, e dificilmente irá conseguir realizar algum crédito lá novamente.

Para fazer a quitação das dívidas antes de caducar, é preciso passar um pente fino em todas que estão em aberto, e entrar em um acordo com a empresa para ver qual a melhor forma de pagar, sendo parcelando ou com um bom desconto à vista.

É preciso fazer um planejamento financeiro, e criar o hábito de organizar as finanças, evitar cartões de crédito ou longas parcelas, se possível sempre comprar tudo no débito, e procurar sempre os melhores descontos. Evitando assim, dívidas desnecessárias.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.