O que é CNIS?

Você sabia que o CNIS é um dos documentos do trabalhador mais importantes, ele é um documento previdenciário, sua sigla CNIS significa Cadastro Nacional de Informações Sociais.

O CNIS também é denominado “Extrato do CNIS” ou “Trecho da Previdência Social“. É um banco de dados criado pelo governo federal em 1989 para armazenar informações trabalhistas e previdenciárias dos trabalhadores brasileiros.

O CNIS contém os seguintes dados: vínculo empregatício desde 1976, salário mensal desde 1990 e recolhimento do contribuinte individual desde 1979.

Para que serve o CNIS?

A partir do CNIS, você pode acessar o seu Extrato da Previdência Social, que é o número de meses que o cidadão já pagou contribuições ao INSS. Além disso, informações como nomes dos empregadores, contribuições e salários das pessoas também podem ser verificadas no CNIS.

Para facilitar o dia a dia dos contribuintes e evitar a superlotação das agências do INSS, agora é possível obter o extrato do CNIS de forma totalmente digital, diretamente no site ou no aplicativo.

Além disso, qualquer pessoa com conta na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil pode acessar o extrato do CNIS diretamente em um caixa eletrônico.

Como tirar o CNIS?

É uma das informações mais importante do trabalhador brasileiro e hoje existem algumas maneiras de obter o seu CNIS e é isso que iremos te ensinar a seguir.

Consultar CNIS pelo INSS

Você ou seu advogado caso esteja em algum processo judicial pode se dirigir a uma agência do INSS mais próxima a sua residência e verificar como anda a sua situação do CNIS.

Para consultar você deve agendar o atendimento e está portando seus documentos de RG e CPF, para que o atendente faça a consulta online para você.

Outra maneira de realizar a consulta ao CNIS é indo ao banco, confira:

Os correntistas da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil podem acessar algumas informações do CNIS. No site da Caixa Econômica Federal, acesse “FGTS e Atendimento ao Cidadão” e depois em “Trechos da Previdência Social” você poderá visualizar se houve algum recolhimento.

Como consultar CNIS online pela internet?

O CNIS pode ser consultado na internet por meio do portal “Meu INSS” (portal oficial do governo). Para fazer isso, você deve primeiro registrar uma senha (chamada “CADSENHA” no jargão da previdência social).

Antigamente era necessário ir à agência do INSS para fazer essa operação, mas hoje é possível cadastrar uma senha na Internet em três etapas.

Vamos ao tutorial de como consultar o seu CNIS:

1.   Acesse primeiramente MEU INSS através do https://meu.inss.gov.br/central/index.html;

2.   Em seguida, siga as instruções passo a passo no site para registrar sua senha (isso é bastante autoexplicativo). Você precisará que o segurado forneça as seguintes informações: nome, caixa de previdência, data de nascimento, nome da mãe e estado de nascimento.

3.   Anote o código que você vai receber, o mesmo é provisório;

4.   Ligue 135 e verifique o código de acesso. Algumas perguntas sobre o histórico de trabalho da pessoa serão feitas e, se a resposta estiver errada, a senha ficará bloqueada por alguns dias. Portanto, recomendo fazer isso com o cliente.

5.   Agora basta logar com o seu CPF diretamente na plataforma, lá será possível verificar o seu extrato, histórico de crédito, declaração e tudo relacionado ao seu CNIS.

Vale ressaltar que através deste passo a passo é possível realizar agendamento de perícia médica e solicitação de prorrogação do seu benefício do INSS.

Mas afinal, como seria o CNIS?

Quando extraímos o CNIS pela Internet, podemos salvá-lo em formato PDF. É importante sempre portar uma cópia deste documento, pois nunca se sabe quando o mesmo pode ser solicitado é faz parte dos seus documentos padrões para a ficha do trabalhador.

Assim como qualquer outro documento padrão o CNIS tem sua importância também na vida do trabalhador, provavelmente você já tenha ouvido falar sobre o mesmo, mas não sabia como consultar e nem como obter o seu, agora com este post é possível que você faça a emissão do seu CNIS sem precisar sair de casa.

CNIS: Previdência Social em prova

Conforme mencionado anteriormente, o extrato do CNIS coletava informações de previdência social dos contribuintes, o número de meses de pagamento, o trabalho que eles assinaram com o contrato formal e seus dados de salário e empregador.

Quando uma pessoa está prestes a se aposentar, é necessário comprovar sua contribuição para a garantia de seus direitos. Porém, nem todo mundo apresenta recibo ou recibo do INSS, até porque quem trabalha oficialmente na forma de salário recebe desconto no salário.

Nesse caso, não há necessidade de se preocupar, pois a declaração do CNIS visa a divulgação desses dados e é legalmente aceita como prova para fins de aposentadoria. A lei pode até garantir que este recurso: “No artigo 58 da Convenção nº 77/2015.

Em 31 de dezembro de 2008 (ou seja, a data de emissão do Decreto nº 6.722 de 30 de dezembro de 2008), as atividades, títulos, remunerações e doações relevantes foram contidos no próprio CNIS.

Os dados não são limitados no tempo e servem como prova de adesão à segurança social, tempo de pagamento e salários de pagamento. “

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.