Agendamento carteira de trabalho 2ª via: veja como funciona

Um dos documentos mais importantes de um trabalhador é a carteira de trabalho. Com ela o empregado tem acesso a várias informações sobre seu histórico profissional. Caso ele a perca, ou seja, roubada, é necessário fazer o agendamento carteira de trabalho 2ª via.

As informações relacionadas ao vínculo trabalhista do profissional com a empresa estão contidas no documento. Através dele você pode, por exemplo, acessar a data de admissão e demissão do profissional, seu salário e o PIS.

A perda, extravio ou roubo de um documento tão importante, gera vários problemas. Terceiros podem, acessar as suas informações, pode ocorrer uma fraude. É preciso que ele faça um agendamento carteira de trabalho 2ª via.

É importante que o trabalhador informe a polícia e faça um boletim de ocorrência relatando o ocorrido. Dessa forma ele se protege e garante seus direitos e deveres. O B.O. possibilita a salvaguarda do profissional.

O documento possui registros que garantem ao empregado vários direitos trabalhistas como o seguro-desemprego, a aposentadoria e o FGTS. A carteira de trabalho deve ser cuidada e resguardada.

Para fazer a 2ª via da carteira de trabalho você deve seguir os passos adiante e assim, terá em mãos novamente esse documento tão necessário para os profissionais. Dessa forma, as suas informações estarão seguras novamente.

Como fazer o agendamento da 2ª via da carteira de trabalho

Para fazer a 2ª via de sua carteira de trabalho você deve entrar no site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Na página você vê se seu município possibilita o agendamento online.

Caso sua cidade não tenha esse tipo de serviço, é indicado procurar a unidade do MTE mais próxima, ou ligar para o Alô Trabalho, no telefone 158 para saber mais informações sobre como emitir a 2ª via de seu documento.

Entre no site de agendamento do TEM e preencha os campos com as suas informações, inclusive é necessário inserir o código de segurança. Selecione o tipo de atendimento, escolhendo Emissão de Carteira de Trabalho Brasileiro.

No site, escolha a unidade de atendimento mais próxima de você. Irá aparecer um calendário, indicando que você deve escolher a data e a hora do atendimento.

Após seguir estas instruções, insira mais informações pessoais e clique em agendar. Pronto, após seguir estes passos você terá feito o agendamento para ser atendido na unidade do TEM mais próxima de você.

Documentos necessários para se fazer o agendamento carteira de trabalho 2ª via

Leve para a central de atendimento os documentos necessários para se fazer a 2ª via da carteira de trabalho. Preste atenção e não deixe nenhum deles faltar. Você precisa destes documentos inclusive para assegurar que a 1ª via da carteira é sua.

Os documentos necessários são:

O comprovante de residência contendo o CEP, o documento de identificação original RG ou CNH, comprovação de estado civil com a certidão de nascimento para solteiros, certidão de casamento ou outra certidão para os separados e viúvos.

É necessário levar até a unidade de atendimento um documento comprovando o número da 1ª via da carteira de trabalho. Para este fim utiliza-se uma cópia do registro do empregado com carimbo do CNPJ da empresa, o termo de rescisão do contrato, ou extrato do PIS e FGTS.

Ademais, é importante salientar a importância de se levar o boletim de ocorrência da polícia, demonstrando que o documento foi perdido, roubado ou extraviado. Com esses documentos em mãos você está apto a fazer o agendamento carteira de trabalho 2ª via.

Para recuperar as informações contidas na antiga carteira você pode ir ao TEM levando em mãos o recibo do recolhimento do FGTS, a homologação, o comprovante de seguro-desemprego, o contracheque e o recibo de férias.

Carteira de trabalho digital

Você pode aproveitar e solicitar no site do TEM a carteira de trabalho digital. Todo brasileiro que possua CPF tem esse documento. No entanto, é necessário fazer um cadastro no site do ministério.

A carteira de trabalho digital foi criada com o intuito de facilitar a vida do empregador. Os dados e informações trabalhistas estarão disponíveis no celular do profissional. Além disso, a empresa poderá buscar os dados do empregado através do site do eSocial.

Desde 2019 o documento virtual pode ser um substituto da carteira física, impressa. Dessa forma, o profissional estará seguro de que mesmo tendo perdido o seu celular, por exemplo, as suas informações profissionais estarão disponíveis online.

O aplicativo da carteira digital pode ser acessado através de lojas virtuais. O app funciona perfeitamente em sistemas como o Android e o IOS. Ele é gratuito e de fácil manuseio.

A carteira profissional física, no entanto, deve ser preservada e guardada, visto que ainda existem empresas que só utilizam o meio impresso na hora de contratar o funcionário.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.