MTE carteira de trabalho: Veja como funciona

Um dos documentos mais importantes de um profissional é emitido pelo Ministério Público. É o MTE carteira de trabalho. Nele estão contidas todas as informações acerca da trajetória profissional do trabalhador.

Ademais, através da carteira o empregado tem acesso a informações como a data de admissão e de demissão, seu salário, férias, o número do PIS, FGTS. Há décadas o documento vem formalizando o trabalhador garantindo seus direitos.

O MTE carteira de trabalho é o histórico do profissional. Empregados de 14 anos ou mais, que tenham CPF, têm direito ao documento. O TEM garante a emissão do documento que pode ser na forma física, impresso ou digital.

Em suma, é preciso tomar cuidado com o documento, pois caso você o perca, extravie, ou seja, roubado, as informações do documento podem ser utilizadas por terceiros que podem utilizá-la inclusive para realizar fraudes.

Caso aconteça algo com seu documento, é indicado que você faça um boletim de ocorrência. De posse do BO e de outros papéis você pode fazer a 2ª via da carteira de trabalho. Para tal, também é necessário que você saiba o número da carteira de trabalho.

A carteira de trabalho e previdência social, ou CTPS, é emitida pelo Ministério Público (MTE). O documento é emitido formalizando o trabalho do empregado. É um registro da vida profissional do mesmo que utiliza a carteira inclusive para garantir os seus direitos.

Dessa forma, as informações contidas no documento são muito importantes para o trabalhador. Nela estão garantidos direitos como o seguro-desemprego, aposentadoria, FGTS, abono salarial, entre outros.

Caso você tenha perdido ou sido roubado, siga as instruções para tirar a segunda via:

Vá ao site do MTE carteira de trabalho e veja se o seu município disponibiliza o serviço de agendamento da carteira de trabalho. Caso não seja, procure uma unidade do ministério mais próxima de você.

Neste sentido, você pode também ligar para o número 158, a central do Alô Trabalho. Lá você terá as informações necessárias para emitir a 2ª via do documento.

Se você puder fazer o agendamento da emissão da carteira de trabalho em sua cidade, vá ao site do TEM preencha os campos necessários, insira o código de segurança e clique no campo de atendimento na opção Emissão de Carteira de Trabalho.

Escolha a unidade mais próxima de você, escolha a data e horário, preencha os campos com seus dados pessoais e clique em agendar. Assim você terá marcado o dia e a hora para fazer a emissão da sua carteira.

Documentos necessários para fazer a 2ª via da MTE carteira de trabalho

Os documentos necessários para se tirar a 2ª via da carteira de trabalho são o comprovante de residência, RG ou CNH, comprovação do estado civil, documento comprovando o número da carteira anterior e o boletim de ocorrência.

Para saber o número de sua carteira anterior você pode, por exemplo, consultar o extrato do FGTS, a ficha de registro do empregado com o carimbo CGC da empresa e o termo de rescisão do contrato de trabalho.

Caso você precise restaurar os registros antigos de sua carteira é preciso que tenha em mãos o recibo do FGTS, comprovante de seguro-desemprego, contracheque e recibo de férias. Em suma, deve ter as informações profissionais desníveis para se realizar uma consulta.

Ademais, confira os documentos para garantir que não falte nada. São muitos e devem constar nas informações que você dará ao MTE para poder resgatar os seus dados e emitir uma nova carteira de trabalho.

Perder o documento pode ser uma tremenda dor de cabeça, por isso, fique atento e se informe no site do Ministério para saber onde obter as informações sobre como proceder.

Ao fazer a 2ª via da carteira de trabalho você estará apto para seguir normalmente a sua vida profissional sem ter a preocupação de que pessoas de má índole possam estar com seu documento em mãos e usá-los para fins escusos.

MTE Carteira de trabalho digital

O governo disponibilizou o documento virtual em 2017, mas desde 2019 a carteira de trabalho digital está substituindo a carteira física, impressa. Além disso, o número do documento mudou, é o mesmo do seu CPF.

A carteira digital foi criada visando facilitar a vida do trabalhador e do empregador. Os dados contidos nos documentos podem ser acessados tanto pelo celular do trabalhador quanto pelo site do eSocial.

Todos os brasileiros que possuem CPF podem fazer a sua carteira online, para isso, deve-se ir ao site do MTE e seguir as instruções. Depois é preciso baixar o aplicativo em alguma loja de app. Ele está disponível para os sistemas Android e IOS e é grátis.

A carteira de trabalho é um dos documentos mais importantes do trabalhador. Mesmo que você tenha a versão online do documento, recomenda-se que guarde a versão impressa em caso de alguma eventualidade.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.