Microempreendedor individual o que é

Microempreendedor individual, o que é? Muitas pessoas, com certeza, já ouviram falar neste termo, mas não possuem total ciência sobre o que se trata, não é mesmo?

Então, se você possui interesse em se tornar um microempreendedor individual, saiba que você está no lugar certo! Afinal, você pode mudar a sua vida após começar um negócio próprio, independente de qualquer seja.

Porém, é preciso bastante pesquisa de mercado e estratégias para que você passe a frente de seus concorrentes com os seus diferenciais.

Além disso, vale lembrar que esta categoria empresarial foi criada para auxiliar o público a abrir uma empresa sem todas as burocracias e custos que as demais categorias empresariais possuem.

Atualmente, esta modalidade de abertura empresarial conta com todos os recursos e facilidades necessários. Além disso, também há programas que apenas valorizam esta causa, alavancando o negócio criado por muitas pessoas.

O Sebrae é um dos responsáveis por este avanço do microempreendedor individual. Por conta disso, no Brasil, são cadastrados cerca de 5,6 milhões de empresários da categoria MEI.

Portanto, esteja sempre atualizado neste ramo, faça uma rede de contato eficiente e desfrute do mercado que está em constantes mudanças. Lembre-se que o mercado muda já que os clientes mudam.

Então, para que você entenda mais sobre este assunto, continue aqui com a gente e descubra o que é um microempreendedor individual e veja também quem pode se tornar um. Confira a seguir essas e outras informações sobre o assunto.

Categoria MEI – microempreendedor individual o que é

Esta categoria empresarial foi criada há mais de 10 anos com o intuito de acabar com a burocracia de abrir um negócio, para que pessoas de diversas classes possam ter uma renda através do seu próprio negócio.

Assim, é possível notar, desde então, a mudança que foi causada na vida de diversas pessoas do país que aderiram à causa.

Contudo, para que você consiga um bom resultado nesta categoria, é preciso que você tenha dedicação e comprometimento com o seu trabalho.

Microempreendedor individual: o que é?

Esta definição é bem simples. Portanto, podemos dizer que um microempreendedor individual, ou ainda chamado apenas por sua abreviação MEI, é aquele que possui uma empresa com registro em seu próprio nome. Utilizando outras palavras, é preciso que você seja o titular de seu próprio negócio.

Contudo, vale lembrar que ao se tornar um microempreendedor você não poderá ter sócios envolvidos e nem participar de outras sociedades.

Além disso, é importante saber que tanto os seus patrimônios pessoais quanto os empresariais, serão considerados os mesmos de acordo com a lei. Assim, caso você necessite quitar algum tipo de dívida, tanto de um nicho quanto de outro, você poderá utilizar qualquer um de seus bens.

Mas afinal, qual é a diferença entre um MEI e um EI?

Agora que você já sabe microempreendedor individual o que é, chegou o momento de conhecer a diferença entre um microempreendedor e um empreendedor individual.

Então, neste caso, podemos dizer que a diferença entre estas duas modalidades empresariais está em seu poder de faturamento anual.

Afinal, para um microempreendedor individual (MEI), há diversas vantagens e também facilidades para o seu negócio. Contudo, o seu faturamento não pode ser maior a R$ 130 mil.

Já no caso do empreendedor individual (EI), o seu faturamento anual não pode ultrapassar a margem dos R$ 360 mil.

Então, é fundamental que você esteja bem atento sobre o nicho de negócio que você deseja atuar. Dessa forma, você já deverá ter uma prévia de sua cartela de clientes e, assim, prever os seus ganhos anuais.

Então, caso a sua renda ultrapasse o valor do microempreendedor, você verá ir para o próximo patamar, ou seja, se cadastrar como um empreendedor individual.

Quem pode ser um microempreendedor individual?

Pode ser considerado um microempreendedor individual os empresários que possuem um faturamento de até R$ 130 mil e não pode haver sócios. No caso, é liberado, por lei, ter apenas um único funcionário.

Hoje, já são mais de 470 ocupações cadastradas dentro do simples nacional para que as pessoas façam seu cadastro como MEI.

Assim, nesta lista, é possível encontrar cabeleireiros, artesãos, professores particulares, eletricistas, manutenção de eletrônicos, personal trainers, mecânicos, borracheiros e muitas outras atividades que são consideradas atividades moderadas e aceitas pelo simples.

Microempreendedor individual o que é: como se cadastrar?

Para se cadastrar como um microempreendedor individual, basta que você acesse o site do portal do empreendedor do governo federal através do endereço eletrônico www.portaldoempreendedor.gov.br.

Feito isso, você deverá preencher todos os dados solicitados através da plataforma e também inserir os dados referentes a empresa que está abrindo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.