2ª via microempreendedor individual: veja como solicitar

Ser um empresário é o sonho de diversos brasileiros. Agora, com este novo sistema, desde 2009 tornar este sonho em realidade é possível. Por isso, hoje vamos te ensinar como tirar a 2 via microempreendedor individual do seu cartão CNPJ para ter acesso sempre que precisar deste documento.

Criado a fim de facilitar a realização de trabalhos formais e, consequentemente, minimizar a quantidade de trabalhos informais, esta modalidade não possui as burocracias que uma empresa comum possui para sua abertura.

Com o MEI, o trabalhador possui os mesmos benefícios que um trabalhador registrado sob o regime da CLT pagando apenas uma taxa mensal, o DAS.

Portanto, para você saiba como emitir a 2 via microempreendedor individual do seu cartão CNPJ e quais são os valores a serem pagos pela DAS, continue aqui com a gente e veja essas e outras informações a seguir. Confira!

O que é o boleto do documento DAS?

O Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) é um documento que é emitido mensalmente para os microempreendedores para que ele possa realizar as suas contribuições para o Simples Nacional, modalidade a qual estão cadastrados para operar.

No entanto, o valor desta despesa é bem baixa, justamente para que este microempreendedor possa fazer sua contribuição e ter os mesmos benefícios que um trabalhador em regime da CLT sem que seu lucro ou margem de trabalho seja interferida.

O valor a ser pago deste documento mensal é fixo é calculado de acordo com a modalidade que você decidiu seguir como microempreendedor:

  • prestador de serviços;
  • indústria e comércio; ou, ainda,
  • prestação de serviço e comércio.

Valor do boleto da DAS

Como dito anteriormente, o valor pode variar de acordo com a modalidade que você escolheu para o seu negócio como microempreendedor.

Então, se você é optante apenas pela prestação de serviço, saiba que o valor a ser cobrado será referente a:

  • 5% do valor do salário mínimo anual de tributo ao INSS; mais
  • taxa de R$ 5,00 de tributos ao ISS.

Caso você tenha optado pela área de indústria e comércio, você deverá pagar o valor de:

  • 5% do valor do salário mínimo anual de tributo ao INSS; mais
  • taxa de R$ 1,00 de tributos ao ICMS.

Agora, se você optou por responder aos dois segmentos, prestação de serviço e industria e comercio, saiba que sua taxa mensal irá se basear em:

  • 5% do valor do salário mínimo anual de tributo ao INSS; mais
  • taxa de R$ 5,00 de tributos ao ISS; mais
  • taxa de R$ 1,00 de tributos ao ICMS.

Contudo, é preciso ficar atento. Pois mesmo que haja valores fixos como as taxas de ISS e de ICMS, o valor ao INSS que se baseia em 5% do salário mínimo é mutável.

Afinal, quanto mais varia o salário mínimo, mais varia este valor da DAS. No entanto, os valores alteram apenas dentro dos 5% estipulados por lei.

Além disso, é preciso lembrar também que a data de vencimento acontece todo dia 20 de cada mês.

Como solicitar a 2 via microempreendedor individual cartão CNPJ

No momento que você realiza o seu cadastro como microempreendedor, você já pode ter acesso ao seu cartão do CNPJ. Contudo, caso você necessite novamente deste documento, saiba que para solicitá-lo novamente o processo é bem simples.

Então, para isso, basta que você acesse o site da receita federal e digite o CNPJ de sua empresa. Assim, através desta solicitação, você poderá fazer a impressão ou salvar em arquivo PDF a sua 2 via microempreendedor individual.

Como solicitar a 2 via microempreendedor individual DAS

Para que você possa realizar a emissão da 2 via microempreendedor do boleto do DAS, basta acessar o Portal do Empreendedor e clicar em “MEI – Microempreendedor Individual”.

Em seguida, clique sobre o campo “emissão de carnê de pagamento – DAS”.

Através deste procedimento, você será direcionado ao aplicativo do PGMET. Nesta página, você terá que inserir o seu CNPJ e clicar em continuar.

Depois, clique sobre a aba “emitir guia de pagamento (DAS)” e depois clique sobre a opção de pagamento mensal.

Feito isso, você terá que clicar sobre o botão de recálculo do valor, caso ele esteja vencido. Dessa forma, o site fará o cálculo automaticamente e você pode imprimi-lo normalmente. Caso ele esteja dentro do prazo de vencimento, basta selecionar os boletos que deseja pagar e clique em continuar.

Salve os arquivos em PDF ou imprima e pronto.

Por fim, é preciso lembrar que o canal do Simples Nacional não realiza o parcelamento de débitos do Microempreendedor. Além disso, você só tem direito aos benefícios do INSS caso os seus pagamentos estejam em dia.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.