Qual é o salário de um motoboy em média? Saiba mais

Você sabe qual é o salário de um motoboy em média? Estamos falando daqueles que trabalham com os melhores restaurantes delivery do Brasil ou que fazem o trabalho por via autônoma, trabalhando com aplicativos de entrega diversos, desde opções de alimentos como o Rappi ou iFood, até alternativas corporativas (como a Loggi e outras). Será que o salário desses profissionais é bom?

Hoje em dia, muitas pessoas entraram na área de ser um entregador por causa da dificuldade financeira no mercado nacional. Para muitos, essa foi uma das poucas oportunidades que restaram. Afinal de contas, o desemprego disparou e trabalhar como motoboy não exige muito conhecimento técnico ou formação. Basta ter ou alugar uma moto e ter carteira para dirigi-la.

E aí, quer saber qual é o salário de um motoboy em média? Então siga a leitura do artigo abaixo para aprender se essa é uma boa opção para você!

Qual é o salário de um motoboy em média?

O salário médio de um motoboy varia bastante. Segundo o site Glassdoor, os resultados podem variar de R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00, dependendo da cidade e contexto.

Normalmente, motoboys autônomos consideram todo o faturamento como “salário”, mas essa não é uma percepção correta. Afinal de contas, os gastos da profissão acabam reduzindo esse faturamento e diminuem o “salário”. Eles não são gastos da pessoa, mas sim da sua atuação profissional.

Estamos falando de custos como gasolina, manutenção da moto, pneus novos e outros cuidados do tipo. Portanto, apesar do faturamento poder sim chegar a R$ 3.000,00 ou até mais, nem todo esse valor ficará com o motoboy no fim do mês, já que ele terá certos gastos a cobrir.

Como calcular uma previsão de ganhos para você?

Se você quer saber mais ou menos quanto ganhará sendo um motoboy, precisará fazer cálculos. Basicamente, o seu rendimento na profissão dependerá da sua capacidade de lidar com os gastos da sua moto da maneira mais econômica possível, mas sem perder o funcionamento dela para não sofrer sem poder trabalhar.

Por exemplo, suponha que você rode em uma Yamaha Factor 150, que faz 41 km/l de gasolina. Considerando a média de 150 quilômetros rodados por dia dos motoboys de São Paulo, isso significa algo como 4.500 quilômetros por mês. Serão necessários, portanto, 110 litros de gasolina para rodar nesse período. Com o combustível a R$ 7,00 o litro, já são R$ 770,00 só de gasolina.

Se você faturou R$ 3.000,00 no mês, já viu seus ganhos caírem para R$ 2.230,00 só com a gasolina necessária para trabalhar. Há, depois, a quilometragem dos pneus a considerar, por exemplo. Normalmente, os pneus de moto duram 15 mil quilômetros. Isso significa mais ou menos 3 meses de rodagem para trocar o jogo.

Isso sem falar em revisões, troca de filtros, óleo e outros itens essenciais para que a moto ande bem.

Ao considerar todos esses gastos, você pode calcular o seu custo por km rodado. Por exemplo, considerando o combustível, um jogo de pneus a cada 3 meses (R$ 600,00 no total, R$ 200,00 por mês) e mais a revisão, vamos supor que um motoboy gaste algo como R$ 1.200,00 para andar todos os meses.

Se ele percorre os 4.500 quilômetros por mês, que é a média dos motoboys de São Paulo, então tem um custo por km de R$ 0,27.

Portanto, precisa ter esse valor em mente quando for rodar e compará-lo com os ganhos que terá com base nos pagamentos via kms andados. Só assim é possível calcular seu verdadeiro salário.

Por exemplo, suponha que você tenha assinado com uma empresa de delivery que pague R$ 0,50 por km rodado nas entregas. Se andar a média de 4.500 quilômetros por mês, receberá R$ 2.250,00. No entanto, esse é o faturamento; é preciso tirar desse valor os seus gastos para chegar ao salário.

Seguindo o exemplo anterior, mais da metade do faturado irá para cobrir os custos da moto, deixando pouco mais de R$ 1.000,00 na sua mão. É menos de um salário-mínimo!

Portanto, para decidir se vale a pena ser motoboy, faça as contas e opte por trabalhar sempre que seu ganho por km rodado seja mais do que o dobro do custo por km e sobre um bom valor no fim do mês para você.

Agora que você já sabe qual é o salário de um motoboy em média, além dos custos esperados para a profissão e como calcular uma previsão de ganhos, é hora de decidir se essa é uma área adequada para você. Como deu para ver, a opção de fazer entregas com a moto pode ser um ganha-pão aceitável para a maior parte das pessoas, mas desde que seja feita com segurança e que haja uma redução no preço do combustível no Brasil.

Gostou do conteúdo? Então comente abaixo dizendo se pretende ou não entrar na área!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.