FGTS: o que é e como funciona?

Você já ouviu falar em FGTS? Essa sigla que significa Fundo de Garantida do Tempo de Serviço, e acaba sendo muito comentada e conhecida por diversas pessoas, mas poucas realmente entendem e sabem como funciona.

Dessa forma, em primeiro lugar, é importante saber que o FGTS é um direito de todo trabalhador brasileiro que atua no mercado de trabalho através do regime trabalhista CLT. 

Portanto, na mesma medida que esse fundo é um direito trabalhista, ele também é um dever de toda companhia para com seus funcionários, pois são as empresas as responsáveis por depositar todos os meses uma quantidade pré determinada no fundo de cada trabalhador, obrigatoriamente.  

Dessa forma, no âmbito empresarial, essa responsabilidade recai sobre o time de gestão de recursos humanos, que são os encarregados de uma empresa por cuidar, organizar e tratar de questões relacionadas aos funcionários. 

Logo, se você não sabia dessas informações e quer saber mais sobre o FGTS, confira as principais informações sobre esse direito a seguir e acabe, de uma vez por todas, com todas as suas dúvidas sobre o fundo de garantia. 

O que é FGTS? 

Em primeiro lugar, para entender como esse fundo funciona, é necessário saber que este foi criado por um plano de governo, que por sua vez tinha o objetivo de proteger o trabalhador demitido sem justa causa. 

Sendo assim, esse fundo funciona como uma espécie de poupança ou forma de guardar dinheiro, de forma involuntária, para que o empregado, que agora não tem mais o seu trabalho, consiga se sustentar durante algum tempo até arrumar um outro trabalho.

Portanto, aqueles que fazem cursos de gestão de pessoas e liderança ead sabem o quão importante esse direito é na vida das pessoas, que muitas vezes, são pegas de surpresa ao saberem que perderão seus empregos. 

Além disso, esse tipo de programa governamental auxilia e previne diversos outros problemas sociais que podem surgir a partir do desemprego, como a miséria e a fome que também causam doenças, podendo desenfrear toda uma questão de saúde pública. 

Portanto, o FGTS se mostra tão importante quanto uma boa gestão de hospitais, que pode ser adquirida através da graduação de gestão hospitalar ead.

De forma básica, o fundo de garantia é basicamente um dinheiro que o governo te força a guardar quando você está trabalhando. 

Literalmente, todos os meses, as empresas descontam uma porcentagem do salário de seus funcionários que é justamente destinada a ele.

Além disso, o dinheiro que fica neste fundo não fica parado. Isso porque, o governo federal consegue investir o que está presente nesses fundos, fazendo com que o dinheiro acabe tendo uma porcentagem de rentabilidade. 

Isso é extremamente importante, uma vez que, ao guardar o dinheiro e deixá-lo parado, ele pode acabar desvalorizado pela inflação, o que resulta na perda de determinada porcentagem da quantia que você guardou. 

Para entender mais sobre as taxas e porcentagens em que o FGTS se aplica quando é investido pelo governo federal, é possível fazer cursos sobre faculdade gestão financeira ead

Dessa forma, os valores guardados através do FGTS podem ser sacados em situações como:

  • Demissão sem justa causa;
  • Aposentadoria;
  • Compra do primeiro imóvel;
  • Doença grave.

Cada um desses fatores são importantes para compreender quando e onde pode retirar o seu direito. 

Quem tem direito a receber o FGTS?

Como já mencionado anteriormente, o FGTS é direito de uma determinada parte dos trabalhadores, aqueles que trabalham através do regime CLT, ou, o famoso carteira assinada. 

Além deles, outros tipos de trabalho também podem ser beneficiados com esse direito previsto na constituição brasileira, como por exemplo, os empregados domésticos e funcionários rurais. 

Isso porque, apesar de muitas vezes essa classe trabalhadora não trabalhar propriamente dita a uma empresa, a mesma é coberta pela lei que prevê o direito ao FGTS. 

Academias, atletas profissionais, funcionários em regime temporário, intermitentes e avulsos, além de safreiros e trabalhadores rurais que atuam somente no período de colheita também têm direito ao fundo de garantia do FGTS.

Para saber mais sobre esses e outros benefícios ligados ao regime CLT, você pode aprender mais através de graduações como gestão em finanças. Portanto, pesquise sobre “curso de gestão financeira grade curricular” em qualquer navegador e saiba mais! 

Qual a importância do FGTS

A importância desse benefício se dá muito antes de sua criação, que aconteceu apenas em 1967. Neste ano, o governo atual instaurou a lei que previa o fundo com o objetivo de proteger o trabalhador demitido sem justa causa. 

Dessa forma, o FGTS foi constituído e integrado às contas vinculadas, abertas em nome de cada trabalhador, quando o empregador efetua o primeiro depósito. 

Portanto, a partir da criação de contas, o empregador passa a ter a obrigação dos depósitos mensais, que será o equivalente a 8% do salário pago ao empregado, valor que ainda terá o acréscimo de atualização monetária e juros.

Somente devido ao FGTS que o trabalhador brasileiro consegue obter a oportunidade de formar um patrimônio que pode vir a ser sacado em ocasiões específicas e especiais, que vão além do momento em que o mesmo se encontra desempregado. 

Isso porque, o beneficiário do FGTS, também poderá solicitar o saque quando quiser comprar um imóvel, podendo dar o valor guardado no fundo como parte da entrada de uma casa ou apartamento.

Além disso, ele também pode ser sacado na aposentadoria, e em situações de dificuldades, que podem ocorrer com a demissão sem justa causa ou no caso de algumas doenças graves.

Dessa forma, aqueles que estudam gestão de pessoas em startups devem saber que o trabalhador tem o direito de usar seus recursos do FGTS para a moradia nos casos de aquisição de imóvel novo ou usado, construção, liquidação ou amortização de dívida vinculada a contratos de financiamentos habitacionais.

Devido a todos esses benefícios, o FGTS acabou se tornando um recurso essencial e extremamente importante em relação ao mercado de financiamentos habitacionais, principalmente, para promover acesso à moradia própria dos cidadãos de menor renda ou classe social. 

Dessa mesma forma, os recursos do fundo também possuem um papel fundamental quando o assunto é o desenvolvimento do Brasil, uma vez que através dele também é possível financiar obras de saneamento e infraestrutura, causando melhorias na qualidade de vida, ao gerar água de qualidade, coleta e tratamento do esgoto sanitário.

Vale lembrar que nas últimas décadas, o FGTS acabou se tornando um recurso forte e resiliente que acaba fornecendo estrutura para projetos de Habitação Popular e o Saneamento Básico no Brasil.

Isso porque, a partir de 2008, o Fundo de Investimento FGTS – FI-FGTS, teve sua atuação aumentada e começou a direcionar seus recursos para outros segmentos como: construção, reforma, ampliação ou a implantação de empreendimentos em rodovias, portos, hidrovias, ferrovias, obras de energia e de saneamento.

Portanto, resume-se que esse direito é tão importante para a população brasileira como um todo, quanto é importante uma boa gestão de marketing e branding em empresas do mercado de vendas de serviços e produtos. 

Como consultar o FGTS? 

Hoje em dia, ficou muito mais fácil consultar seu saldo do FGTS, bem como investigar se seu empregador está cumprindo com suas obrigações mensais de depósito em seu fundo de garantia. 

Antigamente, os empregados não conseguiam ter acesso a essa quantia de forma facilitada. Tanto que, muitos deles conseguiam saber de seu saldo apenas quando eram demitidos e precisavam recorrer ao fundo, como prevê a lei. 

Entretanto, com a revolução tecnológica e a chegada dos aplicativos, bancos digitais e afins, hoje, já é possível acompanhar e solicitar extratos do seu fundo, baixando o aplicativo criado pelo Governo Federal. 

Portanto, esse app está disponível em qualquer sistema operacional e celular. Dessa forma, ao baixar a plataforma, basta fazer um primeiro acesso, onde o governo solicitará alguns dados e o cadastro de senha e endereço eletrônico. 

Esse cadastro servirá para acesso não só no app do FGTS, como também, será possível acessar outros sistemas do Governo Federal, como a carteira de trabalho online, que permite dar entrada no processo de seguro desemprego por exemplo, outro benefício disponível para trabalhadores CLT que foram demitidos sem justa causa. 

Além disso, também é importante saber que através dele, é possível solicitar o saque do FGTS de forma anual. Essa modalidade é chamada de saque-aniversário.

Entretanto, os trabalhadores que optarem pelo saque-aniversário precisam ter em mente que todo ano, no mês de seu nascimento, uma quantia determinada do fundo poderá ser sacada, não tudo!

Dessa maneira, caso seja demitido sem justa causa, por ter escolhido pelo saque anual, o trabalhador não terá essa possibilidade. Ou seja, o colaborador só pode escolher pela retirada de forma anual ou quando for demitido.

Para entender mais sobre o FGTS, é possível buscar por cursos e graduações. Portanto, pesquise sobre “gestão de recursos humanos ead preço” e faça sua graduação para se especializar no assunto!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Sair da versão mobile