Dicas para abrir seu próprio negócio

Você pensa em abrir seu próprio negócio? Mas você já procurou saber tudo o que precisa para ter sucesso nessa empreitada? Confira nesse artigo dicas para abrir seu próprio negócio e ter sucesso! 

Com todo o desemprego decorrente da crise que assola o país, as pessoas estão tendo que buscar novas formas de sobreviver, e empreender é uma delas.

Assim, nunca se empreendeu tanto, com novos negócios, físicos ou online, abrindo a cada dia.

De vender roupas à serviços de banho e tosa, só o céu é o limite na hora de abrir um negócio. E nesse sentido, por exemplo, aumentou a procura por revenda de gás, que assim como o mercado pet, é muito lucrativo.

Mas, não basta simplesmente resolver abrir um negócio qualquer e, pronto. É preciso todo um trabalho árduo desde o planejamento até os primeiros resultados, e isso em qualquer setor.

O que é preciso para abrir um negócio

. Planejamento

. Criar um modelo de negócio

. Conhecer o negócio e pesquisar ao máximo 

. Saber sobre os impostos do negócio

. Saber quem são seus concorrentes

. Plano de investimento

. Considerar a Localização

Planejamento

A primeira dica é o planejamento, tudo deve começar por ele, sendo muitas vezes preciso deixar a emoção de lado e ser mais realista, buscando informações estruturadas, baseadas em dados reais, antes de realizar o investimento.

Criar um modelo de negócio

Se você se viu obrigado a investir, sem ter nada em vista, o aconselhável é elaborar um modelo de negócio, ainda sem incluir os aspectos técnicos, como legislação, custos e despesas, mas que pode já começar a ajudar a estruturar uma ideia de negócio.

Após definir o negócio ou setor com o qual quer trabalhar, então, o próximo passo é fazer o Plano de Negócios, que vai ajudar a dar vida à sua ideia, onde devem ser colocados pontos essenciais, como o dinheiro que tem ou precisará investir, marketing, se precisará de mais pessoas, entre outros.

Conhecer o negócio e pesquisar ao máximo

É preciso ter em mente que quanto maior o conhecimento do empreendedor e sua experiência na área de seu interesse, maiores serão as chances de sucesso. Por isso, caso não conheça ainda bem a área de interesse, procure estudá-la muito antes de investir recursos nela.

Saber sobre os impostos do negócio

No caso de abrir uma revenda de gás, por exemplo, que é um negócio muito lucrativo, mas o revendedor precisa ter conhecimento sobre toda a segurança exigida e os impostos para a abertura do negócio, de cara precisa ter um CNPJ como Comércio Varejista de Gás Liquefeito do Petróleo (GLP), e mais Alvará do Corpo de Bombeiros, Alvará da Prefeitura, Liberação da ANP. 

Saber quem é seu Público e seus concorrentes 

Além dos impostos, também é fundamental fazer uma pesquisa de mercado, saber quem é seu público-alvo, quem são seus concorrentes e fornecedores, as tendências e novos nichos de clientes, com que público, exatamente, irá trabalhar, são fatores muito importantes antes de colocar um novo produto ou serviços no mercado, procurar um local e investir recursos.

Plano de investimento

E, claro, é preciso, também, fazer um plano de investimentos, incluindo, principalmente, a previsão de faturamento, cálculo dos custos fixos e variáveis e a previsão de resultados (lucros e prejuízos), para que possa garantir alguma reserva financeira e evitar fazer dívidas.

É importante não contar com grandes lucros nos primeiros meses, e saber que o retorno de tudo que investiu pode demorar de seis meses a um ano, dependendo do tamanho do investimento.

Outro fator a considerar, principalmente, para quem abre algo pensando em lucrar rapidamente, é que empresários não recebem salário mensal como os empregados, e as retiradas mensais das empresas precisam ser controladas. Por isso, a importância de contar com uma reserva, pelo menos, para os primeiros meses.

Localização

O local também é um ponto muito importante, caso seu negócio não seja online, dependendo do ramo de atuação, é preciso procurar um local compatível com o que deseja oferecer, considerando a logística, facilidade de acesso, movimento,  estacionamento, bem como todos os custos fixos envolvidos no imóvel para a instalação do empreendimento.

Enfim, empreender é muito bom e pode resultar em sucesso, mas para abrir qualquer negócio, mesmo que seja em um ramo muito lucrativo, como revenda de gás, por exemplo, é preciso tomar uma série de cuidados e procurar sempre estar por dentro das novidades e, claro, trabalhar muito. 




Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.