Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo?

Está pensando em sair do trabalho? Ou você fez isso? Uma das principais dúvidas entre os trabalhadores é “Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo?”

Muitas pessoas estão saindo das empresas em que trabalham para ter melhor qualidade de vida, seja abrindo o seu próprio negócio, seja indo para outra empresa ou até mesmo mudando completamente a sua vida.

Se você faz parte deste time, então saiba que você veio até o lugar certo para encontrar estas informações.

Então continue aqui com a gente e veja maiores informações sobre o assunto “Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo?”. Confira a seguir todas as nossas dicas.

Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo?

O trabalhador possui 30 dias para que possa realizar o saque do FGTS em sua conta. Contudo, estes dias são contados a partir do momento em que é concedida a chave de resgate do fundo de garantia pelo empregador.

Já no caso do empregador, o gerador da chave, ele tem até 10 dias para entregar o protocolo ao trabalhador. Dentro deste prazo também está incluso o tempo para formalização da rescisão contratual, acerto e outros assuntos.

Pedi demissão, como faço para ter o direito de sacar o FGTS?

Atualmente, a condição para ter o direito de sacar o FGTS mais conhecido pelos brasileiros é o fato da demissão sem justa causa. Por isso, muitos quando vão pedir as contas da empresa, procuram realizar acordos para serem mandados embora e poderem fazer o saque.

Agora, o que poucos sabem, é que há uma outra maneira de sacar o FGTS depois de pedir demissão na empresa. Sabia disso? Pois é! E há leis que ditam isso. Então veja só:

  • A Permanência do trabalhador titular da conta vinculada por três anos ininterruptos fora do regime do FGTS, com afastamento a partir de 14/07/1990; ou
  • Permanência da conta vinculada por três anos ininterruptos sem crédito de depósitos, cujo afastamento do trabalhador tenha ocorrido até 13/07/1990.

Assim, ter direito ao saque do FGTS mesmo após ter pedido demissão ficou ainda mais fácil. Mas, caso você não se enquadre nestes pré-requisitos, você pode ver as demais opções que também lhe dá direito ao saque do FGTS quando você pede demissão.

Mais opções que dão permissão para o saque do FGTS

Além das opções citadas anteriormente, há outras opções bem específicas que a própria Caixa Econômica Federal lista aos trabalhadores.

Portanto, veja a seguir quais são essas situações que também permitem o saque do FGTS de sua conta. Quem sabe você não se enquadre em alguma antes mesmo de pedir demissão. Veja só!

  • Saque-aniversário;
  • Término do contrato por prazo determinado;
  • Rescisão por falência, falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou nulidade do contrato;
  • Rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Aposentadoria;
  • Necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural reconhecido, por meio de portaria do Governo Federal;
  • Suspensão do Trabalho Avulso;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • Portador de HIV – SIDA/AIDS (trabalhador ou dependente);
  • Neoplasia maligna (trabalhador ou dependente);
  • Estágio terminal em decorrência de doença grave (trabalhador ou dependente);
  • A aquisição de casa própria, liquidação bem como a amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional.

Saque o seu FGTS depois de sair do emprego agora mesmo

Todo mundo sabe que sair de um emprego, seja para ir para outra empresa ou para dar a oportunidade de ter o seu próprio negócio é necessário em nossas vidas, não é mesmo? Portanto, aproveite as oportunidades do saque do seu FGTS para ter uma grana guardada para eventuais emergências, para fazer um investimento ou até mesmo pagar as contas!

Então viu só como a resposta a sua dúvida “Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo” é simples? Então saiba que, basta seguir nossas dicas e passo a passo que você será capaz de progredir o seu negócio facilmente!

E aí? Gostou dessas informações que passamos sobre o assunto “Pedi demissão, posso sacar o FGTS depois de quanto tempo?” Então esteja sempre conectado com a gente para saber tudo o que você precisa sobre a categoria de trabalhadores.

Mas agora, se você tem mais alguma dúvida sobre o saque do FGTS de sua conta, não hesite em deixar a sua dúvida aqui nos comentários. Iremos responder assim que possível. Mas, se você sabe outras maneiras de como realizar este assunto, não deixe de mostrar a outros leitores! Até a próxima!

Leia também

Como Parcelar Mei Atrasado

Como Cancelar O Mei Gratuitamente

Porque o MEI não precisa de contador?

Saiba como funciona um registro de marca para MEI

Quanto custa para registrar um funcionário MEI?

Qual o valor da aposentadoria do MEI?

Qual a vantagem de ser MEI?

MEI tem que devolver auxílio emergencial?

Quem tem CNPJ pode abrir MEI?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.