É possível dar entrada no seguro-desemprego antes de sacar o FGTS?

Sim, é possível dar entrada no seguro-desemprego antes de sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). No entanto, é importante lembrar que o seguro-desemprego é um benefício destinado a trabalhadores que perderam o emprego sem justa causa e que cumprem determinados requisitos estabelecidos pelo governo. Para ter direito ao seguro-desemprego, é preciso, por exemplo, ter trabalhado pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses anteriores à solicitação do benefício e não ter recebido nenhum outro tipo de remuneração durante o período de desemprego.

Para dar entrada no seguro-desemprego, é preciso comparecer a uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e apresentar os documentos exigidos, como carteira de trabalho e documento de identidade. O INSS irá avaliar a solicitação e, caso seja deferida, o trabalhador receberá o seguro-desemprego por um determinado período de tempo, de acordo com o tempo trabalhado e o salário recebido.

O FGTS, por sua vez, é um fundo criado pelo governo para garantir aos trabalhadores um valor para usar em caso de demissão sem justa causa ou aposentadoria. O trabalhador pode sacar o FGTS quando for demitido sem justa causa, quando se aposentar ou quando mudar de emprego. O FGTS também pode ser usado como garantia em financiamentos imobiliários ou para compra de imóveis.

Leia também

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.