Como parcelar MEI atrasado

Se você é um Microempreendedor Individual (MEI) e está com dificuldades para pagar as suas obrigações fiscais em dia, saiba que existem opções de parcelamento disponíveis. Neste artigo, vamos explicar como parcelar o MEI atrasado e quais as principais vantagens e desvantagens desse processo.

O que é o MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) é uma categoria criada pelo governo para facilitar a formalização de pequenos empreendedores. O MEI é considerado uma pessoa jurídica, mas tem algumas particularidades, como a obrigação de pagar impostos mensais fixos e a possibilidade de ter apenas um funcionário. Além disso, o faturamento anual não pode ultrapassar R$ 81.000,00.

O que é o parcelamento do MEI

O parcelamento do MEI é uma opção para quem está com dificuldades de pagar as obrigações fiscais em dia. Ele permite que o MEI divida o valor devido em parcelas mensais, com juros e multas reduzidos.

Como parcelar o MEI atrasado

Para parcelar o MEI atrasado, é preciso seguir alguns passos:

  1. Acesse o site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e faça o login com seu CPF e senha.
  2. Na área “Serviços”, clique em “Parcelamento” e escolha a opção “Parcelamento Simplificado” (para dívidas até R$ 20.000,00) ou “Parcelamento Especial” (para dívidas acima de R$ 20.000,00).
  3. Preencha o formulário com as informações solicitadas e anexe os documentos necessários.
  4. Aguarde a aprovação do parcelamento. Se for aprovado, você receberá um Termo de Parcelamento.
  5. Efetue o pagamento da primeira parcela e das parcelas subsequentes dentro do prazo estabelecido.

Vantagens do parcelamento do MEI

  • Redução dos juros e multas;
  • Possibilidade de pagar as dívidas em parcelas mensais;
  • Evita a inscrição do MEI na dívida ativa;
  • Facilita a regularização da situação fiscal do MEI.

Desvantagens do parcelamento do MEI

Pode ser solicitado se o MEI estiver com débitos inscritos em dívida ativa ou em processo de execução fiscal;

  • O não pagamento das parcelas pode resultar na descontinuidade do parcelamento e na inscrição do MEI na dívida ativa;
  • O parcelamento pode afetar a qualidade do crédito do MEI, o que pode dificultar a obtenção de empréstimos e financiamentos no futuro.

Conclusão

O parcelamento do MEI é uma opção para quem está com dificuldades para pagar as obrigações fiscais em dia. Ele permite que o MEI divida o valor devido em parcelas mensais, com juros e multas reduzidos. No entanto, é importante levar em conta as vantagens e desvantagens desse processo e verificar se é a melhor opção para a sua situação. É importante também manter-se sempre em dia com as obrigações fiscais para evitar problemas futuros.

Leia também

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.