Quanto o MEI pode faturar

MEI é a sigla para Microempreendedor Individual, que é uma categoria de empreendedorismo criada pelo governo para atender a pequenos negócios que faturam até R$ 81.000,00 por ano. Essa categoria foi criada com o objetivo de facilitar o registro e a regularização de pequenos negócios, além de oferecer benefícios fiscais e previdenciários.

Limite de faturamento

O limite de faturamento anual para ser considerado MEI é de R$ 81.000,00. Se o empreendedor ultrapassar esse valor, ele precisará se enquadrar em outra categoria tributária, como o Simples Nacional ou o lucro real.

Consequências de ultrapassar o limite

  • Perda do enquadramento como MEI;
  • Pagamento de impostos mais elevados;
  • Obrigação de seguir outras regras e obrigações tributárias;
  • Perda de benefícios previdenciários;
  • Possibilidade de sanções e multas.

Como aumentar o faturamento sem ultrapassar o limite

Existem algumas estratégias que podem ser utilizadas para aumentar o faturamento sem ultrapassar o limite de R$ 81.000,00, como:

Diversificação de produtos e serviços

Uma das formas mais eficazes de aumentar o faturamento é oferecendo novos produtos ou serviços. Isso pode atrair novos clientes e aumentar as vendas para os já existentes.

Melhoria da qualidade e do atendimento

Outra estratégia é melhorar a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos e aumentar a satisfação dos clientes. Isso pode gerar indicações e aumentar as chances de fidelizar os clientes.

Marketing e publicidade

Investir em marketing e publicidade é outra forma de aumentar o faturamento, pois pode atrair novos clientes e aumentar a visibilidade do negócio.

Conclusão

Ser MEI é uma excelente opção para quem deseja se tornar autônomo e abrir seu próprio negócio, mas é importante ficar atento ao limite de faturamento de R$ 81.000,00 para não perder o enquadramento como MEI.

Leia também

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.