Quem tem nome sujo pode abrir MEI

Nome sujo é a expressão utilizada para designar pessoas que possuem dívidas em atraso e, por isso, estão inadimplentes. Essas dívidas podem ser de diversos tipos, como financiamentos, cartões de crédito, contas de luz, água, entre outros.

Quando as dívidas não são pagas, os débitos são inscritos nos órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa, o que pode impedir a realização de novos empréstimos e financiamentos.

Como o nome sujo afeta o empreendedorismo

Ter o nome sujo pode dificultar a abertura de novos negócios, pois muitas instituições financeiras e fornecedores podem se recusar a realizar negociações com pessoas inadimplentes. Além disso, pode haver dificuldades para obter crédito, o que pode prejudicar a expansão do negócio.

MEI e nome sujo

Para se tornar um MEI, é necessário preencher alguns requisitos, como:

  • Ter uma atividade econômica permitida pela legislação;
  • Faturar no máximo R$ 81.000,00 por ano;
  • Não ter outra empresa em funcionamento;
  • Não ser sócio de outra empresa;
  • Não ter empregados.

O que diz a legislação

A legislação não proíbe expressamente pessoas com nome sujo de se tornarem MEI. No entanto, como é necessário preencher alguns requisitos para se registrar como MEI, como ter uma atividade econômica permitida e não ter outra empresa em funcionamento, a inadimplência pode dificultar o processo.

O que fazer se você tem nome sujo e quer abrir um MEI

Se você tem nome sujo e quer abrir um MEI, é importante começar a regularizar as suas dívidas o quanto antes. Isso pode ajudar a limpar o seu nome e aumentar as chances de conseguir crédito e financiamento. Além disso, é importante buscar orientação de especialistas, como contadores e advogados, para entender as implicações legais e fiscais da sua situação e tomar as medidas necessárias.

Leia também

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.