Tirar carteira de trabalho: Como vai funcionar?

Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar? É a novidade que vai facilitar bastante a vida do trabalhador. A versão digital que vai substituir o documento tradicional usado por milhares de trabalhadores no Brasil. A novidade é que facilita o acesso a dados importantes, que podem ser consultados, a qualquer momento, sempre que necessário, com o auxílio do celular. Confira, a seguir, mais informações sobre a Carteira de Trabalho Digital.

Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar? Confira!

A Carteira de Trabalho, na versão digital e oferecida por meio de um aplicativo gratuito, disponível nos sistemas Android e iOS. O documento, desenvolvido por meio de uma parceria entre o órgão e a Dataprev, funciona semelhante ao documento físico, mas com a facilidade de ser em formato digital.

A carteira de trabalho digital oferece a consulta dos dados do trabalhador online, assim como outros serviços variados. Confira, a seguir, mais informações sobre a Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar?

Carteira de Trabalho Digital – Como funciona?

Desde 21 de novembro, o trabalhador brasileiro tem a opção da Carteira de Trabalho Digital que traz informações sobre Qualificação Civil e de Contratos de Trabalho. A Carteira de Trabalh, agora, está disponível em um aplicativo móbile e poderá ser baixada em smartphones, que possuem sistemas Android ou IOS. O documento tem como objetivo funcionar como uma extensão do documento físico.

O principal objetivo da Carteira de Trabalho Digital é facilitar o dia a dia de milhões de trabalhadores que não precisam mais andar com o documento físico, já que a consulta digital sempre estará acessível.

Entre as informações que o documento digital fornece, destaque para as experiências profissionais registradas, durante a vida do trabalhador.

Mais funcionalidades…

Com a Carteira de Trabalho Digital, o trabalhador também poderá solicitar a primeira e a segunda vias da carteira de trabalho, na forma física.

É importante ressaltar que a caderneta da Carteira de Trabalho física ainda continuará existindo e será o documento oficial do trabalhador.

No aplicativo, a consulta do documento irá resultar em acesso a todas as informações presentes na carteira de trabalho em papel.

Na Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar?, há detalhes sobre as experiências profissionais, as atuais e as anteriores, bem como informações de datas de início e fim dos contratos, funções exercidas, entre outras.

O nome completo do trabalhador, informações sobre os documentos oficiais com foto, tais como RG, CPF, número do PIS, qualificações civis e contratos de trabalho. Tudo irá constar na Carteira de Trabalho Digital.

Serviços da Carteira de Trabalho Digital

Um dos principais serviços oferecidos pela Carteira de Trabalho Digital, que poderá ser acessado pela tela do celular, é a solicitação do 1ª e a 2ª via da carteira de trabalho física.

Para isso, as opções aparecem na terceira tela aberta, com o aplicativo instalado. O procedimento é simples, não é preciso da autenticação. Basta preencher a opção desejada, com o formulário de pré-cadastro válido por 30 dias, e se dirigir a um posto de atendimento, passo importante para validar as informações e formalizar o pedido do documento.

Para finalizar o serviço, é preciso seguir a um posto de atendimento do Ministério do Trabalho para validar as informações contidas no documento. Verifique, primeiro, se na unidade será preciso, antes, solicitar agendamento do serviço. Para verificar se o posto precisa de agendamento prévio, acesso as unidades mais próximas no link http://trabalho.gov.br/rede-de-atendimento

Lembrando que a solicitação também pode ser feita pela internet, se o trabalhador optar por não baixar o aplicativo pelo endereço: https://precadastroctps.trabalho.gov.br.

Como baixar o aplicativo?

Para ter acesso ao documento digital, bem com as informações disponíveis de forma eletrônica, o trabalhador deve encontrar o aplicativo “Carteira de Trabalho Digital”, na loja do telefone. O próximo passo é baixar a ferramenta.

Na sequência, aparecerá uma tela com quatro opções:

– Entrar;
– Solicitar 1ª via;
– Solicitar 2ª via;
– Perguntas Frequentes.

Para ter acesso ao aplicativo, será preciso criar uma senha. Se o trabalhador tiver uma senha cadastrada no cidadão.br e Sine Fácil, será necessário apenas colocar a mesma senha. No caso de ter que cadastrar uma senha, basta clicar em “Primeiro Acesso no cidadão.br” ou em “Cadastre-se”. Depois, insira a senha e clique em “entrar”.

É importante também ler a política de privacidade, concordar e aceitar. Na sequência, o aplicativo irá solicitar CPF, senha e clicar novamente em “Entrar”.

Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar? Para concluir o acesso ao documento no seu smartphone será necessário informar dados pessoais (CPF, nome, data de nascimento, nome da mãe, estado de nascimento. Se de nacionalidade estrangeira, escolha a opção “Não sou brasileiro”.

As informações serão validadas pelo Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis). No caso de estarem corretas, o trabalhador irá responder a um questionário com cinco perguntas a respeito do seu histórico laboral.

Validação da Carteira de Trabalho Digital

Para instalar e validar o documento eletrônico no celular, é preciso ter em mãos a Carteira de Trabalho física. Isso porque o aplicativo irá pedir, ao menos, a resposta a cinco perguntas e o trabalhador terá de acertar, no mínimo quatro delas. Depois de validada as questões, o trabalhador irá receber uma senha temporária para ser trocada no primeiro acesso.

O usuário que não acertar as repostas, ainda terá uma segunda chance: 24 horas para uma nova tentativa. A outra alternativa é entrar em contato com a central 135, contato do INSS para auxílio.

Lembrando que o aplicativo da carteira de trabalho é de graça e funciona no Android e iPhone.

As informações completas sobre a Carteira de Trabalho digital estão disponíveis em https://empregabrasil.mte.gov.br/carteira-de-trabalho-digital/

Ainda para ter acesso à versão eletrônica do documento, não esqueça de baixar, no seu celular, o aplicativo app Carteira de Trabalho Digital, que está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Google Play (Android) e App Store (iOS).

Fique por dentro das facilidades do documento eletrônico e aproveite as dicas sobre Carteira de Trabalho Digital: Como vai funcionar?

Licença Paternidade → Quem tem direito à licença de 20 dias?

Licença Paternidade

A licença paternidade é um direito agraciado a cada um dos trabalhadores no momento em que o seu filho nasce. Divergente da licença maternidade, o funcionário não pode ficar vários dias em casa, nem sequer recebe uma assistência da Previdência Social. Entretanto, é uma vantagem disponibilizado pela própria empresa, que cede alguns dias para que o empregado fique com o bebê.

Licença Paternidade quem tem direito ao benefício?

A licença parental é um direito laboral disponível em praticamente todos os países[1] que prevê a ausência remunerada do emprego para poder tomar conta de uma criança ou para realizar tarefas que proporcionem bem-estar à criança. O termo “licença parental” geralmente inclui a licença de maternidade, licença de paternidade e licença de adoção. Na maioria dos casos, os benefícios são estipulados por lei.

Em 2014, a Organização Internacional do Trabalho reviu as políticas de licença parental em 185 países e territórios, tendo concluído que todos os países, com a exceção dos Estados Unidos e da Papuásia Nova Guiné, possuem leis que protegem a licença parental. Estas leis diferem ligeiramente entre si, dependendo se a remuneração é paga pela entidade empregadora ou pela segurança social. (Fonte: Wikipédia)

Licença Paternidade
Licença Paternidade (Foto: Divulgação)

Vários homens não estão cientes das regras dessa vantagem e de quanto tempo podem ficar em casa. Então, a seguir tiramos todas as dúvidas e explicamos uma nova lei que permite que o empregado fique em casa por 20 dias.

O que é licença paternidade?

A licença paternidade é um período, alguns dias para ser mais intrínseco, no qual o empregado pode ficar em casa para recepcionar o seu filho depois de o nascimento. A empresa concede alguns dias para que o empregado fique com o seu filho e auxilie a mãe nos trabalhos mais complicados.

No decorrer da licença paternidade o empregado não deixa de ganhar o seu salário, sendo preservado pela empresa. Há algum tempo foi sancionada uma lei que permite um afastamento maternidade de 20 dias, por intermédio do Programa Empresa Cidadã.

Tempo/dias de licença paternidade

O tempo comum de licença paternidade é de 5 dias. O funcionário pode se ausentar do trabalho por um tempo de cinco dias depois de o nascimento de seu filho, sem prejuízo de salário. No entanto, se a empresa adotar ao Programa Empresa Cidadã, este tempo poderá ser ampliado para 20 dias.

Este programa existe a partir de 2008 e concedia, desde então, isenção de impostos para companhias que aumentavam o tempo de licença-maternidade.

Licença paternidade pai adotivo

O funcionário que adotar uma criança adotiva não possui direito a abuso paternidade de 5 dias. Entretanto, a nova lei que define a ampliamento até 20 dias da afastamento para empregados que trabalham em companhias participantes do Programa Empresa Cidadão, prevê que pais adotivos inclusive conseguem conquistar o amparo.

Assim sendo, caso você adote e trabalhe em uma empresa que faz parte do programa, conseguirá ficar 20 dias em casa sem prejuízo de trabalho.

Quem possui direito licença paternidade?

Para ter direito à vantagem, o pai precisa ser empregado com carteira assinada de qualquer empresa. Para conseguir a licença paternidade de 20 dias, é necessário que o funcionário confirme a sua atividade em programa ou exercício de indicação sobre paternidade responsável. Além do mais, ao longo dos 20 dias, os empregados não podem desempenhar qualquer forma de exercício remunerada, uma vez que correm o perigo de perder o direito.

Licença Paternidade 20 dias

A licença paternidade de 20 dias é uma iniciativa que permite que os pais passem mais tempo com seus filhos em seus primeiros dias de vida, do mesmo jeito que a mãe. Este tempo a mais é essencial especialmente se a mãe não tiver mais ninguém para lhe auxiliar a cuidar do bebê e a fazer os rotineiros de uma casa. Assim sendo, o pai possui papel essencial nessa etapa e precisa estar presente para prestar assistência.

Com as informações Empregador Web

Agendamento CTPS Online → Como Emitir a Sua!

Agendamento CTPS Online

Agendamento CTPS Online – A carteira de trabalho é um documento essencial para os brasileiros, especialmente os que estão preste à completar a maioridade. Com ela, o indivíduo conseguirá trabalhar de acordo com o regulamentação das leis trabalhistas, do mesmo jeito que ter acesso as vantagens sociais indicado à categoria trabalhadora, como o seguro desemprego, saque do FGTSFundo de Garantia, saque do PIS ou PASEP, dentre mais. [Agendamento Carteira de Trabalho]

Agendamento CTPS Online

Como maneira de evitar filas nas agências, o Ministério do Trabalho e Emprego habilitou o recurso de agendamento da carteira de trabalho na internet para emissão de carteira de trabalho. O serviço é grátis e pode ser acessado pelo site oficial do MTE. Criamos logo abaixo um pequeno manual para você que quer realizar o agendamento da CTPS pela internet, confira.

Agendamento CTPS Online
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Como realizar o agendamento da carteira de trabalho

O agendamento da carteira de trabalho é um procedimento bastante simples e possível. Deste jeito, qualquer indivíduo pode conseguir realizar o agendamento deste documento que é tão essencial para a camada social trabalhadora. O processamento de agendamento consiste nos seguintes passos abaixo:

A princípio, o indivíduo deverá acessar uma ferramenta chamada Sistema de Atendimento Agendado, igualmente chamado de SAA, do Ministério do Trabalho e Emprego pelo posterior endereço eletrônico:
Na página do Sistema de Atendimento Agendado, o cliente deverá clicar na alternativa “agendar”, situada no menu localizado na parte esquerda.

Leia também: Consulta Habilitação do Seguro Desemprego

Por isso, o indivíduo deverá complementar as seguintes informações:
Estado;
Município;
Posto de atendimento;
Forma de atendimento (que, no caso, será emissão de carteira de trabalho).
O quarto passo consiste no adimplemento de informações pessoais, como:
Cadastro de Pessoa Física;
Data de Nascimento;
Telefone para contato;

Por isso, o cliente deverá selecionar a data de agendamento da emissão da carteira de trabalho. A escolha precisa ser feita em um quadro que está sendo apresentado na tela. Os dias que estiverem na cor branco estão disponíveis para agendamento. Já os que estiverem na cor vermelha são datas indisponíveis, e a cor amarela significa data esgotada. O indivíduo além disso precisa selecionar o horário no qual quer atendimento.

Ao término da escolha da data e horário, o cliente deverá transcrever um código de segurança que está sendo apresentado numa imagem e clicar no tecla “agendar” para acabar o processamento de agendamento da carteira de trabalho.

Agendamento CTPS

Documentos importantes para emissão de carteira de trabalho.

Para emitir a carteira de trabalho, é preciso que o indivíduo esteja portando alguns documentos fundamentais. Eles são essenciais para que o atendente possa aconselhar-se algumas informações antes de inclui-las em seu documento trabalhista. A maior parte das instituições que emitem carteiras de trabalho pedem os seguintes documentos:

Data de Nascimento;
Carteira de Identidade (RG);
Cadastro de Pessoa Física (CPF);
Número do PIS;
Telefone de contato ou telefone celular.

Agendamento de emissão de carteira pelo telefone

É possível do mesmo modo realizar o agendamento da emissão de carteira de trabalho pelo telefone. Para tanto, você conseguirá acionar para o número 158 e selecionar a escolha “agendamento”. Por isso, deverá informar o número do CPF e carteira de identidade. Logo após, deverá selecionar o estado e município que quer emitir a carteira de trabalho.

Abono Salarial 2018

Abono Salarial 2018

O Abono Salarial 2018 é uma das vantagens trabalhistas mais essenciais para o trabalhador brasileiro. Trata-se de uma vantagem pago no valor de um salário mínimo todos os anos, que funciona aproximadamente como um décimo quarto salário, para as pessoas que tem matrícula no PIS há mais de 5 anos. Essa vantagem é paga em datas de acordo com o tabela PIS 2017 de pagamentos, que é acertado todos os anos pelo Ministério do Trabalho e atribuído por intermédio da Caixa Econômica Federal.

Abono Salarial 2018 – Confira como conseguir o seu!!!

Para ter direito a ganhar o Abono Salarial 2018, o empregado necessita estar empregado no setor privado da economia e ter matrícula no PIS há mais de 5 anos.

Quem possui direito ao abono salarial 2018:

O pagamento do Abono Salarial em 2018 será acertado aos trabalhadores que se enquadrarem nos seguintes bases estabelecidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego por intermédio da CLT:

Abono Salarial 2018
Abono Salarial 2018 (Foto: Divulgação)
  • É preciso que o empregado tenha cadastro no PIS há 5 anos para conseguir direito ao amparo;
  • No ano antecedente, o empregado necessita ter sido empregado por no mínimo 30 dias com carteira assinada em uma empresa com CNPJ
  • A empresa no qual ele foi empregado necessita ter entregue a RAIS para o Ministério do Trabalho em dia, informando a exercício do agente;
  • Sua remuneração no ano base não pode ter excedido a média de 2 salários mínimos por mês. [O QUE É PIS E PASEP? QUEM TEM DIREITO? COMO RECEBER?]

Com base em tudo isto, é possível certificar que nem sequer todos os trabalhadores brasileiros possui direito ao Abono Salarial pelo PIS. Aqueles que tenham estado empregados em órgão público- servidores públicos – possui direito a uma forma diferenciado do Abono salarial: o PASEP 2017. Essa vantagem é acertado por intermédio do banco do Brasil todos os anos, e as suas condições de pagamento são bem semelhantes às do pagamento do PIS. [COMO CONSULTAR PIS COM SIMPLES PASSO A PASSO]

Calendário do Abono Salarial:
AniversárioPodem Sacar em:Podem sacar até:
Julho27/07/201729/06/2018
Agosto17/08/201729/06/2018
Setembro14/09/201729/06/2018
Outubro19/10/201729/06/2018
Novembro17/11/201729/06/2018
Dezembro14/12/201729/06/2018
Janeiro e Fevereiro18/01/201829/06/2018
Março e Abril22/02/201829/06/2018
Maio e Junho15/03/201829/06/2018

Outra camada que não será beneficiada pelo Abono Salarial 2018 são as empregadas domésticas: inclusive trabalhando com carteira assinada, elas não abrange direito ao abono salarial, uma vez que não estiveram empregadas pela pessoa jurídica, então não há obrigatoriedade de informação de empregado ao TEM, e assim, não há direito ao abono Salarial. [PIS PASEP 2017: Tabela do PIS PASEP 2016/2017 – Caixa PIS]

Consulta Abono Salarial

Para realizar a consulta do seu abono Salarial 2018 [Abono Salarial 2017], você necessita ter em mãos o seu número do NIS – presente em sua carteira de trabalho ou no seu cartão do cidadão – e procurar uma agência da Caixa Econômica Federal e pedir a consulta PIS do seu amparo. Você inclusive pode consultar o seu benefício pelo telefone, por intermédio do número: 0800 726 0207 a qualquer dia útil da semana, entre às 8h e as 20h. O atendimento para consulta do Abono Salarial é grátis.

Como sacar o Abono Salarial 2018

O saque do seu abono Salarial do PIS pode ser realizado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, lotérica ou posto de atendimento do Caixa Aqui. A pessoa apenas necessita portar consigo a sua carteira de identidade ou o seu cartão do cidadão através da data de pagamento do seu benefício, e antes do dia 3 de Junho do ano posterior, data no qual os pagamentos da vantagem expiram.

Com as informações Empregador Web

 

Agendamento Carteira de Trabalho

Agendamento Carteira de Trabalho

Em várias instituições de emissão de carteira de trabalho é preciso que se faça o devido agendamento. Esta determinação foi tomada para evitar de sobrecarregar os funcionários, do mesmo jeito que administrar melhor a quantidade de indivíduos que estão em tentativa de fazer sua carteira de trabalho. Por isso, várias instituições passaram a realizar o agendamento carteira de trabalho. Esses agendamentos são capazes de ser feitos de várias formas. Pretende saber quais as formas? Leia o texto abaixo!

Agendamento Carteira de Trabalho

A CTPS é um documento essencial para preservar uma vinculação trabalhista no Brasil. Este documento é utilizado para anotar as atividades de trabalho do trabalhador, e inclusive para efetivar o vínculo do indivíduo com a providência social, para ter acesso a tabela INSS, tendo como exemplo.

Agendamento da carteira de trabalho

O agendamento é um trabalho simples e imediato. O processamento não consome bastante tempo, em dentro de poucos minutos você pode realizar o dia e hora no qual pode fazer sua carteira de trabalho.

Agendamento Carteira de Trabalho
Agendamento Carteira de Trabalho (Foto: Divulgação)

Cada órgão e estado institui a melhor forma de agendar os solicitações de despacho de carteira de trabalho. Então, uma maneira que pode equivaler para o estado de São Paulo, talvez não seja usada em Pernambuco, tendo como exemplo.

Como tirar carteira de trabalho pela internet

Uma maneira bem prática de concluir o agendamento pela internet é pelo site do Ministério do Trabalho e Previdência Social. Para tanto, basta seguir os seguintes passos abaixo:

Acesse o site do Ministério do Trabalho pelo seguinte endereço eletrônico: http://www.mtps.gov.br/carteira-de-trabalho-e-previdencia-social-ctps;
No menu situado na parte esquerda do site, selecione a alternativa ‘agendamento trabalho’;

Dessa forma, você será redirecionado para o Sistema de Atendimento Agendado, inclusive conhecido pela sigla SAA. Nele você conseguirá agendar o atendimento, do mesmo jeito que realizar o reagendamento.

Leia também: Agendamento CTPS Online

No sistema você precisa complementar informações fundamentais, como estado, município e o forma de atendimento que quer. Na próxima página, você receberá o nome da instituição, endereço e além disso a quantidade de atendimento para aquela determino ofício, no caso, realizar o agendamento.

Você terá acesso a um calendário com as datas que estão esgotadas, aguardando liberação, atendimento interrompido ou indisponível. Por causa disso, você deverá selecionar o dia e logo mais as datas disponíveis para esse certo dia. Selecionado o dia e horário, você deverá informar seus dados, CPF, data de nascimento e telefone para contato e finalizar. Somente aguardar o dia chegar para comparecer a unidade de expedição da carteira de trabalho.

Como agendar a carteira de trabalho pelo telefone

Além da internet, é possível concluir o agendamento da carteira de trabalho pelo telefone. Isto mesmo, você pode executar esse processo simples daí do conforto de sua casa ou quarto. Para tanto, basta acionar para o número 158 e selecionar a alternativa agendamento de carteira de trabalho. Esse é um canal de atendimento telefônico administrado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o órgão encarregado pelas emissões deste documento. [Empregador Web Telefone: Ligue Agora e Tire Suas Dúvidas]

Documentos importantes para agendamento da carteira de trabalho

Para corporificar o agendamento da carteira de trabalho não é tão burocrático. Bastante pelo contrário, vários órgãos exigem somente seu nome completo, algarismo da carteira de identidade ou do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Já para realizar a expedição da carteira de trabalho é necessário que o indivíduo compareça com documentos de reconhecimento originais, como:

  • Carteira de identidade – ou outro documento de reconhecimento válido com foto;
  • Certidão de nascimento ou certidão de casamento;
  • Comprovante de endereço, que pode ser a fatura da conta de luz, água ou telefone;
  • Cadastro de pessoa física – seu CPF.

Outras informações acesse Empregador Web