Como saber o número do PIS de forma segura e prática

Como saber o número do PIS? Esse número que garante tantos benefícios para o trabalhador ainda causa algumas dúvidas de como ser visualizado.

Mas, não se preocupe que iremos facilitar a sua vida e explicaremos bem direitinho sobre o assunto.

Primeiro, é necessário que você saiba que a sigla PIS significa Programa de Integração Social. Esse benefício é destinado para os trabalhadores da iniciativa privada e pago pela Caixa Econômica Federal.

O cidadão irá possuir o número no momento em que for contratado pelo empregador com carteira de trabalho assinada e contribuições previdenciárias sendo realizadas.

Então, é fundamental que o trabalhador brasileiro tenha conhecimento de qual é o seu número, para no momento exato, após cumprir os requisitos da legislação, ele entrar com o pedido para o recebimento do seu PIS.

Porém, não é essa a única função do PIS. O número é importante para dar entrada no seguro-desemprego, abono salarial, acesso ao FGTS e cadastro nos demais programas do governo.

Lembrando que o número do PIS é o mesmo do NIT (número de inscrição do trabalhador), por isso, mais pessoas se confundem, pois acabam achando que são dois números diferentes.

O NIT é apenas uma nomenclatura mais moderna. E que para a iniciativa pública, será o NIT o mesmo número do PASEP.

COMO VISUALIZAR O NÚMERO DO PIS?

Existem algumas formas do trabalhador saber qual é o número do seu PIS.

Sua carteira de trabalho está perto de você? Pois bem, abra ela na última folha ou no verso da carteira. Aquele é o número do seu PIS.

A carteira de trabalho pode ser trocada por uma nova, não tem problema, o número permanecerá o mesmo.

Não está com a sua carteira por perto? Tudo bem. Procure agora o seu cartão cidadão ou o cartão do programa bolsa família. Aquele número impresso na frente do cartão é o número do PIS.

Se diante dessas opções, ainda não foi possível identificar o número, ligue para a central de atendimento da previdência social pelo número 135 e solicite ao atendente seu pedido ou ligue para o atendimento da Caixa Econômica Federal 0800 726 0207.

Também pelas agências da Caixa Econômica é possível descobrir o número, é só você informar o número do seu CPF.

Outra opção dada a vocês é procurar na parte do RH da própria empresa onde trabalham. Lá eles possuem todas as informações dos empregados de maneira organizada.

Por último e mais moderno, o número pode ser visualizado pela internet através do CNIS – cadastro de informações sociais. Siga todos os passos pedidos pelo site https://cnisnet.inss.gov.br/cnisinternet/faces/pages/index.xhtml e descubra o número no final.

Viram como são várias as maneiras para saber o número do seu PIS? Olhe agora e veja quais os requisitos que você já cumpriu e os que ainda faltam para requerer o benefício.

QUAIS OS REQUISITOS QUE PRECISO CUMPRIR PARA TER DIREITO AO PIS?

O trabalhador precisa cumprir requisitos que são cumulativos.

Primeiro; no ano anterior ele deve ganhado em média o correspondente a até 2 salários mínimos do ano vigente, além de ter trabalhado no mínimo 30 dias.

A sua inscrição no programa de integração social deve ter sido feita há pelo menos cinco anos e os seus dados devem estar atualizados pelo empregador no sistema RAIS (relação anual de informações sociais).

Cumprido todos os requisitos, você terá pleno direito sobre o benefício.

QUAL O VALOR DO PIS?

Para o ano de 2018, o valor irá variar entre R$ 80 a R$ 954 que é o valor do salário mínimo para esse ano.

O recebimento do PIS é proporcional aos meses que o trabalhador exerceu sua atividade laborativa.

Se ele trabalhou apenas 1 mês no ano anterior, o valor do benefício será de R$ 80 reais. Mas se ele trabalhou o ano inteiro, receberá o valor em sua integralidade.

QUERO SACAR MEU BENEFÍCIO COMO FAÇO?

Muito simples. São várias as formas que o trabalhador possui para sacar o PIS.

Caso ele já seja correntista da Caixa Econômica, o dinheiro cai automaticamente na sua conta e ainda cai 2 dois dias antes do pagamento ser feito para os trabalhadores que não são correntistas.

Para os demais trabalhadores o pagamento pode ser realizado no autoatendimento da Caixa ou nas casas lotéricas. É só levar o cartão cidadão e a senha de acesso.

Caso você não tenha o cartão cidadão, entre no banco e aguarde sua vez. Apresente seu documento de identificação e solicite o pagamento do PIS.

Pronto. É bem simples.

Mas, lembre-se, se você não realizar o saque na data correta, só poderá sacar novamente no ano seguinte, se cumprido os requisitos e o valor não será cumulativo com aquele que você deixou de sacar.

Gostou do tema? Ficou alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários abaixo ou entre em contato com a Caixa Econômica Federal 0800 726 02 07.

Caixa PIS 2017

Caixa PIS 2017

O Caixa PIS 2017 (Programa de Integração Social) é um relevante programa de Abono Salarial que ajuda anualmente milhares de indivíduos e em 2017 a estimativa é que por volta de 22,3 milhões de trabalhadores recebam um salário mínimo extra. O pagamento do PIS é executado por intermédio da Caixa Econômica Federal que é inclusive encarregado por comunicar as regras e a tabela anual. As novas regras do Caixa PIS 2017 já estão em vigência a partir de o dia 28 de julho de acordo com a Medida Provisória 665.

Se você é um dos milhares de beneficiários que aguardam com esperança as datas para a liberação dos pagamentos, saiba que nos próximos parágrafos você encontrará a cadastro da Caixa PIS 2017 e também saberá como realizar a consulta da vantagem e retirar o seu extrato.

Tabela PIS 2017: Cadastro Atualizado

O nova cadastro de pagamentos do PIS 2016/2017 já está em vigência. Os primeiros beneficiados foram os nascidos no mês de Julho, que já são capazes de realizar o saque tendo em vista que o abano foi disponibilizado em 28 de Julho de 2016. Já os demais pagamentos foram dessa maneira organizados:

Caixa PIS 2017
Caixa PIS 2017 (Foto: Internet)

Nascidos em Agosto receberão a começar por 18 de Agosto de 2016;
Nascidos em Setembro receberão a começar por 15 de Setembro de 2016;
Nascidos em Outubro receberão a começar por 14 de Outubro de 2016;
Nascidos em Novembro receberão a começar por 21 de Novembro de 2016;
Nascidos em Dezembro receberão a começar por 15 de Dezembro de 2016;
Nascidos em Janeiro e Fevereiro receberão a começar por 19 de Janeiro de 2017;
Nascidos em Março e Abril receberão a começar por 16 de Fevereiro de 2017;
Nascidos em Maio e Junho receberão a começar por 16 de Março de 2017.

Como consultar o Caixa PIS 2017?

É bastante simples e possível realizar a consulta do seu amparo. Você apenas necessita acessar este link da Caixa (www.caixa.gov.br) e comunicar o número do seu PIS e a sua palavra-chave de acesso.

Caixa PIS 2017

Se, por acaso, você não tiver nenhuma cadastrada é apenas clicar no tecla “Cadastrar Palavra-chave”, fazer uma e depois realizar a consulta na tela, para afirmar todas as informações do seu benefício como, por exemplo, o seu saldo, as vantagens e rendimentos que possui direito e mais dados essenciais.

Além do site, você pode fazer a consulta por intermédio do aplicativo “Caixa” ou então de maneira presencial, com apresentação do seu Cartão Cidadão ou Carteira de Trabalho (página que consta o número do PIS) em uma agência do banco, correspondentes da Caixa ou nas Casas Lotéricas.

Basta pedir o auxílio de um trabalhador que lhe repassará todas as informações e conseguirá esclarecer todas as suas dúvidas e se preferir conseguirá solicitar a impressão do extrato.

Valor do Caixa PIS 2017

Os trabalhadores que são beneficiários do Abono Salarial [Abono Salarial 2017];[Abono Salarial 2018] recebem um salário mínimo atual que é acertado em uma única cota. Como o salário de 2016 é de R$ 880,00 e de acordo com as novas regras, o empregado receberá a vantagem de maneira proporcional aos meses trabalhados, análogo ao pagamento do 13º salário. [O Que Acontece Com O Abono Salarial Que Não Foi Sacado?]

Para entender precisamente qual o valor que irá ganhar do PIS 2017 é somente pegar o valor do salário mínimo que é de R$ 880,00 e dividir por 12 meses, cujo resultado deverá ser multiplicado pelo número completo de meses trabalhados em 2015. Se, tendo como exemplo, você trabalhar 1 mês, terá direito a R$ 88,00, e se você trabalhar por 6 meses, irá ganhar R$ 440,00.

Por isso não perca tempo, faça suas contas e fique de olho na data de liberação do pagamento do seu benefício.

Cadastro PIS

Cadastro PIS

Cadastro PIS – Um processo básico para todo o futuro empregado que deseje fazer a sua carteira do trabalhador. O Número do PIS é emitido depressa e pode ser adquirido tanto em meio físico quanto pelo cadastramento pela internet. Em ambas as hipóteses, o cadastramento é grátis e pode ser realizado sem complicação.

Cadastro PIS

Vale lembrar que o número do PIS é uma identificação essencial para o empregado que esteja ativo no mercado de trabalho, uma vez que é este número que vincula o empregado à Previdência Social e ao Ministério do trabalho, para que possa ter acesso as vantagens como o seguro desemprego, fundo de garantia, abono salarial, aposentadoria, e até inclusive ao bolsa família. [COMO CONSULTAR PIS COM SIMPLES PASSO A PASSO]

Cadastro PIS
Cadastro PIS (Foto: Empregador Web)

Porque o cadastro PIS é fundamental?

Sem ter cadastro PIS, você não conseguirá fazer a sua carteira de trabalho (CTPS), e então, não estará apto a inscrever-se no mercado formal de trabalho, e então não conseguirá desfrutar da aposentadoria e outras garantias que todo o empregado com carteira tem aceso e direito. Além disso, mais vantagens, como o Bolsa Família, estão vinculados de modo direto ao número do NIT, então sendo preciso ter cadastro no NIT (isto é, número do PIS), para ter acesso as vantagens como este. [Consultar PIS: Como consultar o PIS Online? Descubra o Passo a Passo]

Como se cadastrar no PIS na Caixa Econômica Federal

A forma mais simples e ágil de realizar o seu cadastro PIS é através das agências da Caixa Econômica Federal. Basta comparecer a uma agência em horário de atendimento (das 11h às 16h), portanto documentos de identificação básicos, como sua carteira de Identidade e o número do seu CPF, além de um comprovante de apartamento.

Dirija-se ao atendimento específico da Agência e solicite o cadastramento no PIS para aquisição da Carteira de Trabalho. Essa ação é bem rápido, e pode levar poucos minutos. Você receberá uma folha de papel impressa com o número do seu NIT, a qual você deverá portar junto no momento em que for fazer a sua carteira do trabalhador. [Habilitação Seguro Desemprego: Como Funciona? Quais são os Tipos de Habilitação?]

Cadastro PIS pela Rede mundial de computadores

A outra maneira de realizar o seu cadastro no PIS é por intermédio da Internet. Essa maneira é um tanto mais complicada, pois é você inclusive que realiza o cadastramento, mas contém a vantagem de que o segurado não necessita sair de casa para realizar o cadastramento. Assim que ativo o cadastramento, o cliente vai receber o número do PIS para ser impresso, e entregue no ato de fazer a sua carteira de trabalho.

Você vai necessitar ter em mãos os seguintes dados:

Seu nome completo;
Nome da mãe completo;
Seu CPF
Data de Nascimento
Documento de Identidade
Com estes dados em mãos, basta acessar o portal do Ministério do Trabalho a partir desse link: https://www5.dataprev.gov.br/cnisinternet/faces/pages/index.xhtml

Clique no canto superior esquerdo para fazer o cadastramento de filiado. Na tela que segue, basta complementar todos os campos da primeira caixa, que possui os dados básicos do indivíduo, e na segunda caixa, acrescentar uma informação, podendo ser o seu número do RG, da carteira de habilitação ou de um outro documento que você tiver em mãos.

Com as informações Empregador Web

Abono Salarial 2018

Abono Salarial 2018

O Abono Salarial 2018 é uma das vantagens trabalhistas mais essenciais para o trabalhador brasileiro. Trata-se de uma vantagem pago no valor de um salário mínimo todos os anos, que funciona aproximadamente como um décimo quarto salário, para as pessoas que tem matrícula no PIS há mais de 5 anos. Essa vantagem é paga em datas de acordo com o tabela PIS 2017 de pagamentos, que é acertado todos os anos pelo Ministério do Trabalho e atribuído por intermédio da Caixa Econômica Federal.

Abono Salarial 2018 – Confira como conseguir o seu!!!

Para ter direito a ganhar o Abono Salarial 2018, o empregado necessita estar empregado no setor privado da economia e ter matrícula no PIS há mais de 5 anos.

Quem possui direito ao abono salarial 2018:

O pagamento do Abono Salarial em 2018 será acertado aos trabalhadores que se enquadrarem nos seguintes bases estabelecidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego por intermédio da CLT:

Abono Salarial 2018
Abono Salarial 2018 (Foto: Divulgação)
  • É preciso que o empregado tenha cadastro no PIS há 5 anos para conseguir direito ao amparo;
  • No ano antecedente, o empregado necessita ter sido empregado por no mínimo 30 dias com carteira assinada em uma empresa com CNPJ
  • A empresa no qual ele foi empregado necessita ter entregue a RAIS para o Ministério do Trabalho em dia, informando a exercício do agente;
  • Sua remuneração no ano base não pode ter excedido a média de 2 salários mínimos por mês. [O QUE É PIS E PASEP? QUEM TEM DIREITO? COMO RECEBER?]

Com base em tudo isto, é possível certificar que nem sequer todos os trabalhadores brasileiros possui direito ao Abono Salarial pelo PIS. Aqueles que tenham estado empregados em órgão público- servidores públicos – possui direito a uma forma diferenciado do Abono salarial: o PASEP 2017. Essa vantagem é acertado por intermédio do banco do Brasil todos os anos, e as suas condições de pagamento são bem semelhantes às do pagamento do PIS. [COMO CONSULTAR PIS COM SIMPLES PASSO A PASSO]

Calendário do Abono Salarial:
AniversárioPodem Sacar em:Podem sacar até:
Julho27/07/201729/06/2018
Agosto17/08/201729/06/2018
Setembro14/09/201729/06/2018
Outubro19/10/201729/06/2018
Novembro17/11/201729/06/2018
Dezembro14/12/201729/06/2018
Janeiro e Fevereiro18/01/201829/06/2018
Março e Abril22/02/201829/06/2018
Maio e Junho15/03/201829/06/2018

Outra camada que não será beneficiada pelo Abono Salarial 2018 são as empregadas domésticas: inclusive trabalhando com carteira assinada, elas não abrange direito ao abono salarial, uma vez que não estiveram empregadas pela pessoa jurídica, então não há obrigatoriedade de informação de empregado ao TEM, e assim, não há direito ao abono Salarial. [PIS PASEP 2017: Tabela do PIS PASEP 2016/2017 – Caixa PIS]

Consulta Abono Salarial

Para realizar a consulta do seu abono Salarial 2018 [Abono Salarial 2017], você necessita ter em mãos o seu número do NIS – presente em sua carteira de trabalho ou no seu cartão do cidadão – e procurar uma agência da Caixa Econômica Federal e pedir a consulta PIS do seu amparo. Você inclusive pode consultar o seu benefício pelo telefone, por intermédio do número: 0800 726 0207 a qualquer dia útil da semana, entre às 8h e as 20h. O atendimento para consulta do Abono Salarial é grátis.

Como sacar o Abono Salarial 2018

O saque do seu abono Salarial do PIS pode ser realizado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, lotérica ou posto de atendimento do Caixa Aqui. A pessoa apenas necessita portar consigo a sua carteira de identidade ou o seu cartão do cidadão através da data de pagamento do seu benefício, e antes do dia 3 de Junho do ano posterior, data no qual os pagamentos da vantagem expiram.

Com as informações Empregador Web

 

Abono Salarial 2017

Abono Salarial 2017

O PIS/PASEP é uma das bonificações mais essenciais para o empregado brasileiro de baixa renda, uma vez que auxilia a complementar a sua renda, especificamente nessa hora de crise. Quem depende do Abono Salarial 2017, é fundamental ficar ligado as quais são as demandas feitas pelo Governo Federal, para que você consiga pegar essa vantagem sem nenhum dificuldade.

Vamos mostrar a seguir quais são as especificações exigidos pelo Governo, para desbloquear o Abono Salarial 2017 e como você pode realizar para cumpri-los, por isso, siga lendo este artigo para entender de tudo sobre o PIS 2017. Telefone PIS 0800

Abono Salarial 2017
Abono Salarial 2017 (Foto: Internet)

Tabela Abono Salarial 2017

Todos os anos, o Ministério do trabalho divulga a cadastro do abono salarial corrigida com as datas de saque da vantagem. Este ano o PIS será atribuído da mesma maneira que no ano antecedente: os primeiros pagamentos, de julho a dezembro, serão feitos de acordo com o valor do salário mínimo atual, já os pagamentos liberados de janeiro a março do ano que vem, serão liberados já com o valor do mínimo corrigido.

Confira abaixo o calendário do abono salarial 2017:

Calendário de pagamento do Abono Salarial Caixa 2017
AniversárioPodem Sacar em:Podem sacar até:
Julho27-07-201729-06-2018
Agosto17-08-201729-06-2018
Setembro14-09-201729-06-2018
Outubro19-10-201729-06-2018
Novembro17-11-201729-06-2018
Dezembro14-12-201729-06-2018
Janeiro e Fevereiro18-01-201829-06-2018
Março e Abril22-02-201829-06-2018
Maio e Junho15-03-201829-06-2018

 

Se você for, no entanto, trabalhador o serviço público, deverá sacar o abono pelo Banco do Brasil, de acordo com o final do número do PASEP do servidor:

Calendário de pagamento do Abono Salarial BB 2017
Final do PASEP:Podem Sacar em:Podem sacar até:
027/07/201729/06/2018
117/08/201729/06/2018
214/09/201729/06/2018
319/10/201729/06/2018
417/11/201729/06/2018
518/01/201829/06/2018
6 e 722/02/201829/06/2018
8 e 915/03/201829/06/2018

Quem possui direito ao Abono Salarial 2017

O Abono Salarial 2017, inclusive chamado de décimo quarto salário, é um dinheiro dado pelo Governo Federal para alguns trabalhadores equiparando o salário destes trabalhadores que atuam em companhias física.

Essa vantagem é atribuído somente para as pessoas que executar os requisitos impostos pelo Governo Federal, por causa disso, é fundamental que você se ligue nessas obrigações expostas abaixo, para entender se possui direito ou não ao Abono Salarial 2017, que vai iniciar a ser pago em julho de 2016, por causa disso, fiquem ligados nas condições desse direito.

  • Ter pelos menos cinco anos de cadastro no PIS;
  • Ter a renda mensal de até 2 salários mínimos ao mês;
  • Ter trabalhado com a carteira assinada por no mínimo 30 dias no ano antecedente para ter direito a vantagem;
  • A empresa no qual trabalhou necessita ter informado os dados do agente para o Ministério do Trabalho através da RAIS da empresa;

Empregada doméstica possui direito ao Abono Salarial 2017?

Pelo regimento atual não. Inclusive que a renda do empregado doméstico seja de pouco de 2 salários mínimos mensais e esse tenha 5 anos de cadastramento no PIS ou mais, também não se enquadra na última regra do PIS – da entrega dos dados para o Ministério do Trabalho – uma vez que este técnica apenas é celebrado por pessoas jurídicas. Desta maneira, o agente, que costuma ser nesses casos contratado por pessoa física, fica desprotegido pela lei que assegura o PIS.

Como sacar o Abono Salarial

O saque do abono salarial pode ser realizado em qualquer lotérica ou agência da Caixa Econômica Federal. Para ocorrer o saque, basta que o agente compareça à um posto de atendimento com o seu cartão cidadão e um documento de identidade com foto e solicite o saque do seu benefício. [PIS: Descubra Quem Tem Direito e Como Fazer Para Receber O Dinheiro]

O cartão cidadão é um registro gratuito que pode ser emitido nas agências da Caixa, e leva por volta de 30 dias para ficar finalizado, através da requisição. Porém você além disso pode realizar o saque do seu PIS usando a sua carteira de trabalho, caso também não tenha emitido o seu cartão cidadão.

Telefone PIS 0800: Veja Como Ligar Para A Central de atendimento

Telefone PIS 0800

A Caixa Econômica Federal disponibiliza para os clientes que não tenham acesso à internet uma central de atendimento, o Telefone PIS 0800, que possui o finalidade de auxiliar a todos a responder questionamentos sobre vários programas sociais, aconselhar e obter informações. Com essa central de atendimento disponível é possível indagar tudo que se quer de forma ágil e prática.

Chegando próximo das datas de recebimento da vantagem PIS é bastante comum que os contribuintes procurem informações e desejem levar dúvidas em correlação ao PIS 2018. Há uma proveito nessa coisa, que é um canal exclusivo disponibilizado pela a Caixa, no qual o beneficiado (a) pode informar-se sobre o seu consequência e extratos do seu rendimento.

Como consultar o PIS pelo telefone PIS 0800?

Para consultar o PIS pelo telefone PIS 0800, é essencial que você possua alguns documentos em mãos, como o número do PIS, identidade e palavra-chave de acesso ao cartão cidadão. Depois de ter em mãos todos documentos importantes basta acionar para o 0800 726 0207, de preferência do telefone fixo, no qual sua ligação se torna gratuita. Não é recomendado o aparelho móvel para essa ligação, uma vez que o inclusive várias vezes não efetua chamadas para “0800”.

Telefone PIS 0800

Telefone PIS 0800
Telefone PIS 0800

Consulta por intermédio do Telefone Caixa 0800

Para ter a informação que precisa entre no menu de acordo com as informações e selecione a escolha a qual você quer.

Por meio de desse 0800 é possível conseguir informações sobre mais programas sociais, tais como consulta PIS por telefone, FGTS, Seguro Desemprego, Bolsa Família entre outras vantagens relacionados ao Governo Federal.

Quem possui direito ao PIS?

O PIS é uma garantia fornecido apenas ao trabalhador formal, em consequência, somente o recebe quem tem inscrição na carteira de trabalho ativo e recebe todos as vantagens de acordo com as leis da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). O PIS foi originado com o objetivo de adicionar o trabalhador dentro da agremiação e acrescentar o inclusive pelo o vínculo empregatício.

Para acolher a vantagem do PIS 2018 é necessário que você seja:

  • Empregado formal com registro em carteira de trabalho;
  • Empregado que tem cadastro no programa PIS a mais de 5 anos;
  • Empregado que possui um recebido mensal de no máximo 2 salários mínimos;
  • Empregado que antecedentemente ao ano de constância tenha trabalhado ao menos 30 dias de carteira assinada;
  • Empregado que tenha todos os dados atualizados no RAIS – Relação Anual de Informações Sociais.

Valor do PIS

O PIS é acertado de acordo com o valor do salário mínimo, o empregado que cumprir a cada um dos requisitos citados acima possui direito de recebe-lo. As datas de pagamento da vantagem são definidas de acordo com o tabela do PIS, porém o valor do abono salarial varia de acordo com o tempo de serviço do empregado.

É preciso ter trabalhado ao longo, no mínimo, 30 dias no ano base para ter direito ao PIS;
Cada mês trabalhado (30 dias) aplica-se direito à 1/12 do valor integral do PIS;
Apenas terá direito ao valor integra da vantagem, então, quem tiver trabalhado ao longo todo o ano base com a carteira assinada.

Confira abaixo a cadastro de correspondência do valor do abono salarial do empregado:

Meses trabalhados (dias)Valor do Benefício
1 (30 a 44)R$ 79,00
2 (45 a 74)R$ 157,00
3 (75 a 104)R$ 235,00
4 (105 a 134)R$ 313,00
5 (135 a 164)R$ 391,00
6 (165 a 194)R$ 469,00
7 (195 a 224)R$ 547,00
8 (225 a 254)R$ 625,00
9 (255 a 284)R$ 703,00
10 (285 a 314)R$ 781,00
11 (315 a 344)R$ 859,00
12 (345 a 365)R$ 937,00

 

Se você possui dúvidas sobre o valor do seu abono salarial, basta telefonar para o Telefone PIS 0800 e confrontar pela central de atendimento da Caixa Econômica Federal o valor do sue PIS. Você inclusive conseguirá consultar pela central do cidadão Caixa, basta ter acesso à internet. [COMO CONSULTAR PIS PELO TELEFONE]

É primordial advertir que do mesmo jeito que o PASEP, o PIS não é uma vantagem acumulativa, isto é, se você por um razão não corporificar o depredação, perderá o dinheiro. Posto isto, é recomendado que você retire o valor do seu amparo o quanto antes, siga o tempo acertado pelo Governo Federal. Os valores que não são retirados são enviados para o FAT – Fundo de Amparo ao agente, sendo investidos no pagamento do seguro desemprego e no pagamento de salário mínimo do servidor público.

O PIS é uma vantagem administrado pela Caixa Econômica Federal, posto isto, o saque da vantagem pode somente ser retirado em uma agência ou casa lotérica da Caixa. Vale advertir que se você não realizar o saque da vantagem ele não conseguirá ser executado no outro ano, caso você também seja contemplado com o programa PIS.

 

 

Seguro desemprego 2017: Como Pedir o Seguro Desemprego?

Seguro desemprego

O Seguro desemprego é um auxilio contingente disponibilizado pelo Governo aos trabalhadores que ficam desempregados. Trata-se de uma vantagem de garantia e assistência ao agente e seus dependentes ao longo um tempo provisório. A vantagem apenas válida para trabalhadores que tenham sido demitidos sem justa causa. Você protege essa vantagem da arrecadação do Pasep ou do Pis, que é entrada pelo chefe enquanto ele está executado suas atividades trabalhista, com carteira assinada. O seguro desemprego 2017 conta também com algumas mudanças para torna-lo mais justo para o agente. Confira a seguir:

Seguro Desemprego – Novas regras, como obter, quem possui direito, Tempo e cadastro.

Mudanças do Seguro Desemprego 2017

Essa vantagem vem sendo bastante analisada atualmente, por conta das mudanças nas regras do Seguro Desemprego.

Ao pedir o seguro desemprego ao agente, o SINE – Sistema Nacional de Emprego – já encaminha o agente para vagas de emprego compatíveis com a ofício que o agente exerceu no passando para garantir que ele permaneça desempregado pelo mínimo de tempo possível. Isto é, agora as suas chances de uma nova aplicação no mercado são também maiores, uma vez que além de suas tentativas de recolocação, caso apareça qualquer vaga que você tenha perfil o SINE similarmente será uma aberta de ser devolver no mercado de trabalho.

Seguro desemprego
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Novas Regras Para o Seguro Desemprego 2017

Quem deixar o emprego em 2017 e precisar da ajuda para alimentação, vai obter uma serie de novas regras para o seguro, que são capazes de impedir um tanto a vida de quem procura a vantagem. As principais diferenças que serão sentidas pelo agente serão:

Ao pedir o amparo pela primeira vez, será preciso ter no mínimo 12 meses de carteira assinada consecutivos antes da demissão;
Caso seja a segunda vez que você solicita a vantagem, será preciso no mínimo 9 meses consecutivos de carteira assinada no último emprego para a petição do seguro desemprego;
Caso seja sua terceira requisição do benefício (ou mais), será preciso 6 meses de carteira assinada.
As mudanças acima foram estabelecidas para evitar a adulteração de vantagens, e diminuir o esforço com seguridade trabalhista. No entanto, trabalhadores de empregos sazonais não serão prejudicados, uma vez que depois da segunda requisição da vantagem, a código encontra-se análogo a especificação preliminar.

Seguro Desemprego 2017 – Valor, datas de pagamento e regras do subsídio desemprego
Vale advertir, no entanto, que a vantagem do seguro Desemprego 2017 apenas estará disponível para os trabalhadores que se enquadrem nas regras a seguir:

Tenham sido demitidos sem justa causa;
Não recebam outra vantagem trabalhista associadamente;
Não tenham atividade em agremiação em companhias;
Necessita estar há no mínimo 16 meses sem pedir o seguro;
No caso de trabalhadores rurais, precisam ter adquirido no mínimo 15 meses nos últimos 24 meses.

Quem possui direito ao seguro desemprego 2017

O seguro desemprego 2017 pode ser exigido por qualquer agente que fiquem sem trabalho e que possa ser mandado ainda que sem justa razão, uma vez que ele visa ao agente um subsídio financeiro contingente para que ser recoloque de novo no mercado e para que o desempregado não seja pego desapercebido relacionado ao impacto acessível abrupto por conta do seu desemprego, de forma temporária a vnatagem visa a estabilidade financeira por um tempo de esforço de uma nova ocupação.

Para ter direito a acolher a vantagem é necessário se abranger em no mínimo uma das categorias abaixo:

Ter adquirido por no mínimo 12 meses com certeira assinada para realizar a primeira requisição do seguro desemprego, 9 meses com carteira assinada para pedir pela segunda vez, e 6 meses para pedir pela segunda vez;
Pescador artesanal, ao longo a data da reprodução dos peixes (sem riscos defeso);
Agente que tenha sido há pouco tempo amortizado de regime de trabalho escravo, ou requisito similar;
Agente apurado que esteja com acordo de trabalho alto para atividade de curso de apreciação profissional apresentado pelo chefe encarregado.

Tempo para pedir o seguro desemprego

Na primeira requisição deve-se ter adquirido no tempo de ao menos de 12 meses
Para pedir pela segunda vez precisa ter adquirido por ao menos 9 meses registrados em carteira
Caso seja sua terceira requisição em somente 6 meses registrado em carteira, já pode ser ensejo o requerimento de novo.
Os valores das parcelas são diverso de acordo com o tempo.

Tempo para pedir o seguro desemprego

É fundamental que o agente esteja a par de de que há prazos, uma vez que o seguro desemprego tem um tempo para a petição depois da demissão ou adversidade do trabalho. Confira os prazos a seguir:

Tempo para empregado formal – Entre 7 a 120 dias depois de assinada a demissão;
Tempo para assalariado doméstico – Entre 7 a 90 dias depois de assinada a demissão;
Tempo para pescador Artesas – Até 120 dias depois de o anúncio da interdição da pescaria;
Tempo para trabalhadores resgatados de regime de escravização – até 90 dias depois de da liberação;
Tempo para trabalhadores em Bolsa Qualificação – A qualquer hora, ao longo o tempo de suspensão;

Como pedir o Seguro Desemprego

Para pedir a vantagem você precisa concretizar o agendamento na internet no sistema SAA que é o sistema de atendimento agendado e depois de complementar as informações no site como seus dados pessoais, local que quer atendimento, município e município, você seguira até a tela final de agendamento, no momento em que acabar seu agendamento com sucesso, será efetivada a realização com o local, horário e posto de atendimento que precisa aparecer portando toda a sua papelada particular, acordo de trabalho e carteira de trabalho, depois da atendente realizar a conferencia da sua documentação e estiver dentro dos padrões requisitados será realizado a requisição da vantagem.

É fundamental que antes de aparecer a unidade de atendimento que quer ser acompanhado, faça o agendamento na internet do amparo desemprego, uma vez que como todos os serviços atuais são agendados, você apenas garantira o seu atendimento depois de esta concretização for realizada com sucesso, depois de isto será somente o processamento burocrático de aparecimento, conferencia, requisição e conquista do benefício do seguro desemprego.

Documentos Importantes para pedir o seguro desemprego:

Para pedir o seguro desemprego, depois de o agendamento da vantagem, é preciso aparecer ao posto de atendimento do Ministério do Trabalho na data acertada, portando todos os documentos listados a seguir:

Certidão de identificação com foto (RG, Aptidão, CTPS, 3ª Via do registro militar, etc);
CPF (Cadastro de Pessoa Física);
Carteira de Trabalho (CTPS);
Solicitação do Seguro Desemprego, impresso através do portal Empregador Web;
Documentos comprobatórios do acumulação do FGTS (frequentemente entregues ao agente no hora da demissão);
Termo de Cancelamento do Acordo de Trabalho (TCAT)

Consulta Seguro Desemprego 2017

Depois da petição do amparo, o agente possui a escolha de examinar o valor das parcelas do auxílio desemprego 2017 e as datas de pagamento das mesmas, por intermédio do Portal do Cidadão, da Caixa Econômica Federal.

Para fazer a consulta desemprego, basta seguir estes passos:

Acesse o portal do Cidadão Caixa, clicando nesse link;
Preencha o seu NIS no campo recomendado e a palavra-chave para acessar o Portal Cidadão;
Caso você de modo algum tenha auferido o sistema, clique no tecla “Cadastrar palavra-chave“. FUNDAMENTAL: a palavra-chave usada nesse sistema não é a mesma de sua conta na Caixa Econômica Federal, é uma palavra-chave única, usada especialmente para acessar este portal.
Ao acessar o sistema, clique na guia “Seguro Desemprego” para consultar as parcelas restantes do seu benefício do seguro desemprego.
Como Conseguir o Seguro Desemprego – Como Tirar

A retirada do Seguro Desemprego 2017 é um procedimento bastante breve e simples. Ele pode ser executado nos seguintes pontos:

Caixa eletrônicos da Caixa Econômica;
Atendimento em agências da Caixa;
Lotéricas vinculadas à CEF;
Pontos de atendimento Caixa Aqui.
Para fazer o saque, é preciso que o beneficiado tenha em mãos os seguintes documentos:

Cartão Cidadão;
Senha do cartão cidadão.
No caso do atendimento em agências Caixa, similarmente é possível fazer o saque da vantagem com a sua Carteira de Trabalho (CTPS).
Outra escolha para conseguir o amparo, é recebê-lo de modo direto em conta. Para isto, basta possuir uma poupança na Caixa, ou uma conta Caixa Acessível, e a parcela será creditada automaticamente na sua conta.

O QUE É PIS E PASEP? QUEM TEM DIREITO? COMO RECEBER?

PIS E PASEP

O PIS E PASEP é a sigla do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor, que se trata de contribuições sociais de empresas para os trabalhadores. O PIS e PASEP são um número cadastrado no cartão de CNPJ, ou no documento de cadastro do trabalhador.

O PIS e PASEP tem como objetivo central financiar o pagamento de abono, do seguro-desemprego e na receita dos órgãos e entidades, tanto para trabalhadores de empresas públicas como também, de empresas privadas. O PIS e PASEP são uma espécie de segurança do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

O PIS e o PASEO também são um problema de complementação da renda por parte do governo, que vigora desde a constituição de 1988. Os rendimentos do PIS poderão ser sacados anualmente, mas apenas em casos mais específicos, como o de aposentadoria, mortes ou doenças graves. O PIS e PASEP foi criado com o objetivo de integrar a vida do empregado, possibilitando assim uma melhor distribuição da renda em todo o país.

PIS E PASEP
PIS E PASEP

O sistema de Abono Salaria PIS e PASEP são uma das maiores conquistas do trabalhador para a integração econômica e social e se trata de uma espécie de décimo quarto salário para pessoas que recebem uma remuneração inferior a 2 salários mínimos por mês, pago a servidores públicos por meio do PASEP do Banco do Brasil e para trabalhadores de iniciativa privada por meio da Caixa Econômica Federal.

QUEM TEM DIREITO AO PIS e PASEP?

Para receber o benefício é importante estar dentro de uma série de normas estabelecidas pela CLT, como por exemplo, o servidor precisa estar cadastrado no PIS e PASEP por pelo menos 5 anos, e seu salário não pode ser maior que dois salários mínimos mensais.

A empresa precisa ter declarado o funcionário na última RAIS, informando seu vínculo empregatício com o mesmo. O trabalhador deve também ter trabalhado por pelo menos 30 dias do ano anterior para poder receber seu benefício.

COMO RECEBER O PIS e PASEP?

O benefício é pago de diferentes formas para beneficiários do serviço público e da Iniciativa Privada. O abono salarial do PASEP pode ser pago por meio de agências do Banco do Brasil, sendo este o primeiro e mais simples modo de sacar. Outra alternativa, no caso dos correntistas do Banco do Brasil, é receber seu Abono Salarial PASEP diretamente em sua conta corrente ou que as empresas públicas possuam convenio com o Banco do Brasil para receber seu benefício, mas isso pode depender da repartição pública mais do que o próprio servidor.

Por outro lado, para receber o Abono Salarial PIS, que é pago anualmente pela Caixa Econômica Federal, você precisará fazer o saque do benefício em uma agencia da Caixa, Lotérica ou posto de atendimento do Caixa Aqui, sempre com o seu Cartão Cidadão. Caso você não tenha posse acerca desse documento, também poderá realizar o saque do benefício o terminal de atendimento de uma agência da Caixa com sua carteira de Trabalho.

CALENDÁRIO PIS e PASEP

O Calendário de pagamentos do PASEP sofreu alterações. Os funcionários públicos que o número do PASEP termina com 6, 7, 8, ou 9 só podem receber benefício no próximo ano. Isso dá menos tempo para o saque.

PIS e PASEP SÃO A MESMA COISA?

Não! Apesar de muito parecidos, o PIS é somente para funcionário de iniciativa privada, enquanto o PASEP é para funcionários de iniciativa pública. Se a sua última inscrição foi no PASEP, porque você atuou como funcionário público, você receberá o PASEP até a empresa atualizar sua documentação no RAIS.

COMO CONSULTAR PIS COM SIMPLES PASSO A PASSO

COMO CONSULTAR PIS

Com o Programa de Integração Social, também conhecido como PIS, o empregado da iniciativa privada ou pública tem acesso a benefícios determinados pelas leis e ainda colabora para o desenvolvimento das empresas do setor.
De acordo com a Lei Complementar n° 7/1970, na qual fundou o Programa de Integração Social, o programa visa integrar o empregado do setor provado com o desenvolvimento da empresa. O pagamento do PIS é de total responsabilidade do Caixa.

É muito difícil falarmos do PIS sem mencionar o PASEP, onde foi fundado pela Lei Complementar n° 8/1970. A sigla PASEP significa Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, na qual contribui com fundos destinados a empregados do setor público. O pagamento do PASEP é realizado pelo Banco do Brasil.

COMO CONSULTAR PIS
COMO CONSULTAR PIS

COMO FUNCIONA?

OS empregados fizeram contribuições recebidas pelo Fundo de Participação PIS e PASEP, na qual contribui para empregados na forma de quotas proporcionais, ao salário e ao tempo de serviço.

COMO ACOMPANHAR MEU PIS PELO CELULAR?

No Aplicativo Caixa Trabalhador, você se informa acerca do PIS, o Abono Salarial e seguro-desemprego, e ainda confere os calendários de pagamentos, consulta as parcelas liberadas e poderá responder todas as suas dúvidas.

O QUE É ABONO SALARIAL?

Instituído pela Lei n° 7.998/90, o Abono Salarial equivale ao valor máximo de um salário mínimo que pode ser pago de acordo com o calendário anual estabelecido pela CODEFAT aos trabalhadores que cumprirem todos os requisitos previstos na lei.

QUEM TEM DIREITO AO ABONO SALARIAL?

Para ter direito, o trabalhador precisará estar cadastrado no PIS por pelo menos 5 anos, e ter recebido uma remuneração mensal de até dois salários mínimos durante o ano-base. Além disso, o trabalhador precisa exercer uma atividade remunerada para uma empresa por pelo menos 30 dias, sendo consecutivos ou não, isto no ano-base considerado para a apuração.
O trabalhador precisa ter seus dados informados corretamente pela empresa na Relação Anual de Informações Sociais, ou como é popularmente conhecido, o RAIS.

O Abono Salarial passa a ter valor proporcional ao tempo de serviço dos trabalhadores do ano-base em questão. O trabalhador deve trabalhado no mínimo 30 dias com sua carteira assinada pela empresa no ano-base, e este trata-se de um dos mais importantes requisitos para poder receber o Abono Salarial.

PAGAMENTO DO ABONO SALARIAL

O pagamento pode ser feito por crédito na conta, quando o trabalhador possui uma poupança caixa ou conta corrente, ou ode ser feito nos correios eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui usando o Cartão do Cidadão.
Você pode receber o abono salarial em agencias Caixa, basta somente apresentar seu número do PIS e sua identidade.

COMO SACAR?

1- Observe seu calendário de Pagamento: Consulte sempre o calendário de pagamento do Abono Salarial e dos Rendimentos e do PIS e veja a data do recebimento, pois pode variar de acordo com o mês do aniversário do trabalhador.

2- Separe a documentação necessária: Você deve levar a sua identidade para poder sacar o seu abono.

3- Saque: Quem tem o Cartão do Cidadão pode fazer o saque em caixas eletrônicos da Caixa, Correspondentes Caixa Aqui ou em Lotéricas. Quem ainda não tem o Cartão Cidadão deve buscar uma agência da Caixa e apresentar um documento de identificação. Neste caso, o trabalhador pode aproveitar e solicitar seu Cartão Cidadão e cadastrar sua senha. Quem possui uma conta individual na Caixa pode ter o privilégio de receber seu abono depositado diretamente em sua conta, caso o saldo esteja acima de R$ 1 e a conta esteja sendo movimentada frequentemente.

Os valores depositados do PIS, distribuídos por empresas aos empregados estão disponíveis para saque conforme a tabela do Pagamento do Abono Salarial.

Leia também

PIS – Programa Integração Social: O trabalhador tem direito ao PIS?

PIS - Programa Integração Social

A Caixa Econômica Federal é a principal responsável pela maior parte dos pagamentos dos benefícios sociais por parte do Governo Federal, como o Bolsa Família e o Abono Salarial Caixa, que também é conhecido como CAIXA PIS. Este benefício possui uma grande relevância para a população mais carente do país, pois auxilia trabalhadores de baixa renda a se consolidarem e consolidarem também a sua renda anual por meio do pagamento de um décimo quarto salário, que equivale a um salário mínimo.

O QUE É PIS?

O Caixa PIS é uma ação praticada pelo Governo Federal, que dá para alguns trabalhadores uma espécie de décimo quarto salário para que possam tentar equiparar menos que um pouco, a diferente de renda dos trabalhadores mais pobre com os trabalhadores de classe mais alta, com o objetivo central de diminuir a desigualdade social do Brasil.

O abono é pago todo final de ano, mas com a crise econômica em que o Brasil se encontra, o calendário do PIS só será pago no meio de 2017 e será finalizado em 2018, por conta de um atraso no cronograma.

O valor deste benefício segue a tabela dos salários mínimos, que acaba sendo positiva, pois como um salário mínimo possui um ajuste anual, dado pelo Governo Federal, o PIS segue essa tendência e também tem aumentos anuais.
Para esse ano, o PIS será pago no valor de R$ 940,00 o que será um grande alívio para famílias carentes, que estão apertadas ou em condições difíceis no que se trata de contas mensais.

PIS – Programa Integração Social

QUEM TEM DIREITO DE RECEBER O PIS

O abono salaria é pago somente para trabalhadores de empresas privadas, que estejam cadastrados no PIS por pelo menos 5 anos, e que tenham pelo menos 30 dias de carteira assinada no ano anterior e que recebam menos que dois salários mínimos mensais. A empresa em que trabalha deve informar corretamente seus dados no RAIS para que o trabalhador possa receber o seu abono.

Estas informações serão passadas para a Relação Anual de Informações Sociais, que se trata de um registo que o Governo possui, sobre todas as pessoas que recebam algum tipo de benefício social apenas para ter controle, nada de muito sério.

PIS: Descubra Quem Tem Direito e Como Fazer Para Receber O Dinheiro

A empregadas domésticas ainda não contam com o direito ao PIS, pois elas não trabalham em uma empresa privada, uma vez que uma casa não pode ser considerada uma empresa, e com isso, elas não se enquadram nas leis de abono salarial.

Existe uma expectativa de que as empregadas domésticas passem a ser inclusas no pagamento desse benefício nos anos seguintes, mas tudo dependerá da aprovação do pagamento de leis que se enquadrem nas contribuições para permitir o pagamento do abono salarial para as empregadas.

Todo cidadão possui o direito de fazer uma consulta do PIS gratuitamente. Este processo de consulta do seu benefício é livre, vetado de custos e pode ser feito das mais diversificadas maneiras, seja pela internet ou por telefone. Essas duas maneiras são as mais práticas, na qual o usuário não precisará sair de sua casa, mas também é possível fazer a consulta das datas de pagamento diretamente na agência bancária.

A consulta do PIS pela internet é considerada a maneira mais fácil de consultar a data de recebimento de seu abono. Ela requer algum esforço para realizar um cadastro inicial, mas depois que você já tiver o cadastro no site da Caixa Econômica Federal, poderá ter acesso ao Portal do Cidadão, que é um site muito simples e fácil de ser usado, você poderá encontrar todas as informações acerca dos seus benefícios, como a data de pagamento do calendário PIS e o salto do seu FGTS.

 

Leia também