Inss Agendamento de Perícias

Inss Agendamento de Perícias

Inss Agendamento de Perícias – Uma incerteza que se abate sobre a maior parte dos trabalhadores, especialmente no momento em que surge a necessidade de pegar um afastamento médico ou pedir qualquer tipo de auxílio doença, é sobre a efetivação da perícia médica. Como deve ser solicitada, como é realizada e o que se leva em consideração para que a licença ou benefício seja aprovador pelo INSS. → Auxílio Doença Quem Tem Direito

Inss Agendamento de Perícias

Para muitas pessoas a promoção de perícia médica e a ideia de passar a ser atendido pela chamada “Caixa” do INSS pode apavorar, porém não é um bicho de sete cabeças. → Auxílio Doença para Aposentados

Inss Agendamento de Perícias
Inss Agendamento de Perícias Foto: Antonio Cruz/ (Arquivo) Agência Brasil

Perícia do INSS Compreendendo para que Serve

Por regra, uma empresa que contrate a partir do sistema celetista, isto é, por intermédio da CLT, encontra-se obrigada a pagar seus funcionários até o limite de 15 dias de afastamento médico. Qualquer afastamento que possa ser superior a esse tempo, quem assume o pagamento do salário do empregado em afastamento se torna o INSS. [Descubra como solicitar o benefício INSS auxílio doença]

Esta responsabilidade é assumida pela previdência social, e paga pelo banco da Caixa Econômica Federal. Para que o empregado tenha direito a esta assistência e essa ajuda em tempo de afastamento, é preciso ser periciado pela Previdência Social.

Depois da perícia do médico do INSS o empregado pode obter mais um tempo de afastamento, ou ser avaliado apto a voltar ao trabalho, voltando dessa maneira a agir de modo direto para a empresa.

Perícia no INSS como Agendar e Acompanhar

O Agendamento de perícia médica pode ser agenciado por intermédio da Central de atendimento do INSS por intermédio do número telefônico 135, de segunda à sábado, das 07:00 às 22 pelo horário de Brasília, ou por isso de modo direto pela internet, por intermédio do link: Agende agora o seu atendimento.

Caso o beneficiado não possa aparecer diretamente a uma agência do INSS, ele conseguirá apelar um agente com atribuição especiais para realizar o recurso de perícia em seu lugar.

É fundamental advertir que para ser atendido em qualquer agência do INSS, o indivíduo deverá ter pelo menos um documento de reconhecimento com foto, podendo ser seu RG, Carteira de Trabalho, Habilitação de motorista ou Passaporte, acompanhado de CPF.

Também é possível consultar o agendamento celebrado, a partir do site do INSS, por intermédio deste link.A consulta é feita a partir do sistema Dataprev (INSS DATAPREV), sendo que o beneficiado pode afirmar precisamente o dia e o horário para o qual está agendado, não correndo o perigo de perder a data e acabar prejudicado.

Informações complementares

Agendamento

O agendamento possui por intenção possibilitar um atendimento mais cômodo e resolutivo para você, além de deixar às agências do INSS se planejarem para o atendimento de acordo com a força de trabalho de cada unidade. O agendamento é um auto válido e protege todos os seus direitos. Após agendar, tenha em mente de examinar, na página do próprio serviço, a documentação que você precisa carregar no dia do seu atendimento.

Em alguns casos é possível reivindicar pensão por morte e salário-maternidade pela Internet e mandar seus documentos pelos correios.

Amparo por incapacidade
Novo pedido
Prorrogação de auxílio-doença (PP)

Outras informações

Entidade conveniada: acesse o agendamento para entidade conveniada.
Obrigatoriedade: Os serviços cujo agendamento é básico estão especificados na Bilhete de Serviços do INSS.
Reivindicação por terceiros: Caso não possa aparecer à agência do INSS diretamente, você possui a escolha de constituir um agente para realizar a requisição em seu lugar. Consulte inclusive informações sobre representantes legal.

www.previdenciasocial.gov.br

www.previdenciasocial.gov.br

www.previdenciasocial.gov.br – O site oficial da previdência social é o www.previdenciasocial.gov.br e por meio dele você possui informações sobre INSS, Vantagens, Extratos. e também saiba tudo sobre os vantagens previdenciárias. O conteúdo explicará, também, como usar os serviços na internet de consultas do Dataprev para realizar requerimentos e consultas para seu conforto sem necessitar sair de casa usando os serviços na internet.

www.previdenciasocial.gov.br

A previdenciasocial.gov.br é o site do órgão brasileiro encarregado pelo seguro social de milhares de trabalhadores. Os indivíduos que contribuem de maneira efetiva com o INSS desfrutam de algumas vantagens previdenciárias, caso não tenham condições de efetuar as atividades profissionais ou estejam interessados em obter a aposentadoria.

www.previdenciasocial.gov.br
www.previdenciasocial.gov.br(Foto: Empregador web)

Os serviços prestados pelo INSS são essenciais para nossa comunidade, garantem determinada segurança no mercado de trabalho e assistência financeira no momento em que o empregado estiver inativo. Graças à atualização no sistema Dataprev, os requerimentos estão sendo processados de maneira mais eficaz e atendendo as necessidades de todos os contribuintes. Para consultar os serviços basta acessar o link previdenciasocial.gov.br

Como consultar o extrato das vantagens

Na incerteza sobre como consultar o extrato de suas vantagens do INSS? É super simples, basta ir até o site da Previdência Social e estar com sua carteira do INSS, uma vez que você irá necessitar dos seus dados para ter acesso aos extratos, que incluem os lucro e inclusive os descontos, oriundos de planos de saúde, empréstimos entre outros.

Vantagens Previdenciárias

As vantagens previdenciárias existem para conceder assistência à indivíduos, se apoiando em alguns requisitos básicos para aprovar as solicitações. Somam-se 11 modalidades de serviços oferecidos pela Previdência Social, diversificando de acordo com a forma de contribuinte.

Os pensionistas pagam tarifas mensais efetivas para ganhar a aposentadoria INSS posteriormente, são anos de contribuição para conseguir dar entrada no pedido. São 3 as modalidades que permitem se aposentar: por invalidade (inabilidade de desempenhar atividade comprovada por perícia), por idade (homens com 65 anos e mulheres com 60 anos) e por tempo de contribuição (35 anos de contribuição para homens e 30 anos para mulheres).

Além de assegurar a aposentadoria do empregado, a Previdência Social inclusive é encarregado por mais vantagens, como: Salário Família, Auxílio-reclusão, Auxílio-doença, Auxílio Acidente, Salário-maternidade.

O que é o DATAPREV?

O Dataprev é o sistema encarregado pelo armazenamento de dados dos contribuintes, a base permite que os pensionistas usem a internet para expedir extratos da Previdência Social, atualizar o arquivo ou examinar o histórico de contribuição.

As consultas na internet Dataprev INSS funcionam de maneira segura e sem dificuldades para acessos. Caso o colaborador desconheça os princípios da sua aposentadoria, ele conseguirá ter ilimitado acesso ao histórico de crédito INSS por intermédio da internet. A análise exclusiva solicita alguns dados para ser processada com sucesso. Confira mais informações no site www8.dataprev.gov.br acessando AQUI.

Para maiores informações acesse o site oficial www.previdenciasocial.gov.br.

Auxílio Doença para Aposentados

Auxílio Doença para Aposentados

Auxílio Doença para AposentadosAuxílio-doença é um seguro previdenciário. No Brasil, é regulado pela Lei 8.213/91, que é a lei de benefícios da previdência social. A previdência social é conhecida por conceder aos seus segurados uma série de vantagens, entre eles aposentadoria e auxílio-doença. Porém será que o aposentado possui direito ao auxílio doença? Essa é uma das maiores dúvidas de quem se aposentou ou deseja aposentar, porém quer permanecer trabalhando.

Auxílio Doença para Aposentados: Aposentados tem Direito a Auxílio Doença?

A propósito, hoje é bastante comum constatar aposentados que continuam trabalhando. Isto em razão de o valor da aposentadoria não costuma atender gastos mínimos, como casa, alimento, vestuário, remédios, plano de saúde, dentre outros.

Auxílio Doença para Aposentados
Auxílio Doença para Aposentados (Foto: Empregador web)

Desse jeito, vários indivíduos que deveriam estar descansando ou passeando e aproveitando a “melhor idade” são obrigadas a voltar a trabalhar para conseguirem preservar o sua própria sobrevivência.

Com isto, é quase que muito comum que se tenha dúvidas sobre como funciona a “vida” do aposentado ante eventuais direitos trabalhistas e previdenciários, caso venha a necessitar no amanhã.

Auxílio doença para Aposentados

O auxílio-doença é uma amparo despendido para quem fique incapacitadas para o trabalho, seja por acidente ou moléstia. A questão é que o aposentado perde o auxílio doença assim que se aposenta. Desta maneira, se você aposentado decidir permanecer trabalhando, correrá todos os riscos. Caso seja acometido de qualquer enfermidade ou se acidente, não receberá nada de auxílio por parte da previdência. [Auxílio Doença Quem Tem Direito]

Isto acontece visto que o segurado já está recebendo um amparo previdenciário, qual seja, a aposentadoria. Para que não exista acumulamento de vantagens de maneira concomitante, o INSS exclui a alternativa a essa eventualidade. Desta maneira o aposentado não pode ganhar auxílio doença. Esse indicador visa controlar os gastos com a previdência, estabelecendo que somente um amparo pode ser pago a todos os segurados.

Funcionário aposentado afastado por doença: é possível?

Caso o aposentado esteja trabalhando e fique incapacitado, receberá somente os valores pagos pelo patrão nos primeiros quinze dias. Depois de este tempo, estará desprotegido, já que já goza da aposentadoria. Nesse aspecto, se você é aposentado e decidir permanecer trabalhando, perderá este amparo. Aposentado que trabalha perde o auxílio doença.

Isto é um grande dano para as pessoas que está aposentando ou já se aposentou. Se este é o seu caso, tome muita cautela, uma vez que não terá ajuda extra da previdência caso perca a aptidão para o trabalho. Nada pode ser realizado para evitar a redução do auxílio doença de aposentado, uma vez que trata-se de uma atribulação jurídica.

Se você é aposentado, porém deseja permanecer na ativa, lembre-se desta questão. Pode ser que não seja uma ótima escolha permanecer trabalhando, já que se você necessitar de ajuda, não terá o auxílio-doença.

Aposentado necessita pagar INSS?

Efetivamente, aposentado que continua na ativa necessita pagar INSS. Inclusive dessa maneira, a jurisprudência vai no aspecto de que embora o aposentado que trabalhe seja obrigado a pagar INSS, ele não terá direito ao auxílio-doença.

Se tiver qualquer dúvida quanto aos seus direitos trabalhistas e previdenciários, procure um advogado especializado para saná-las. Este profissional é o mais competente para atender às suas questões, até porque a avaliação dependerá várias vezes de cada caso.

Com as informações Empregador WebPrevidência Social

Aposentado não paga IPTU

Aposentado não paga IPTU – O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é um imposto de existência nacional. Via de regra, todos os brasileiros que contem casa em área urbana precisam pagar este imposto anualmente. Uma das grandes dúvidas existentes na sociedade brasileira é se aposentado precisa pagar IPTU.

Aposentado não paga IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano

O IPTU é um imposto que pesa no bolso, uma vez que é apurado com base no valor da casa. E por se tratar de um imposto cobrado uma única vez, no início de cada ano, costuma apavorar os contribuintes. O que acontece é que em várias cidades os aposentados não pagam IPTU. Vários administradores públicos, no caso os prefeitos, aplicam a chamada isenção fiscal.

Isenção de IPTU para Aposentados

O propósito disso é ajudar os idosos, que frequentemente possui gastos altos com saúde (e outros), tendo como exemplo, nesse período da vida.

Aposentados Isenção de IPTU

Com a isenção, os aposentados não precisam pagar o IPTU, ficando livres dessa obrigação tributária. Isto é excelente para os aposentados, já que este imposto costuma ser bem caro. Mas atenção, há algumas regras e requisitos para o aposentado deixar de pagar IPTU. Se um dos requisitos não for preenchido, o aposentado deverá arcar com o imposto.

Requisitos para aposentado não pagar IPTU

Para começar, sendo o Imposto Predial e Territorial Urbano incidente sobre a casa, é imprescindível que o bem esteja em nome do aposentado. Além do mais, o aposentado não paga IPTU só no momento em que tem apenas um imóvel no mesmo município. Caso você seja aposentado, porém tenha mais de um imóvel, terá de pagar habitualmente.

Por que aposentados não pagam IPTU?

Agora, se você está se perguntando por que aposentados não pagam IPTU, saiba que essa é uma questão política. Os legisladores brasileiros escolheram dar isenção para os aposentados por observar que esses indivíduos já contribuíram bastante no decorrer da vida. Desta maneira são capazes de aproveitar melhor o dinheiro da aposentadoria.

Se você é aposentado e se enquadra nas especificações apresentados, pare de se preocupar com este imposto. Procure agora mesmo a administração pública de seu município para pedir a isenção do IPTU para aposentados. Faça valer este direito!

Quem mais não necessita pagar IPTU?

Além dos idosos com 65 anos ou mais, quem não deverá pagar IPTU vai depender do seu município e das leis nele existentes. Em algumas cidades do País, indivíduos com câncer, ex-combatentes da segunda guerra mundial, imóveis de até R$ 150 mil reais, clubes de futebol, aposentados e pensionistas do INSS com mais de 65 anos e várias outras “categorias” de indivíduos não precisarão pagar IPTU.

Como exigir isenção IPTU aposentado

Para exigir a isenção do IPTU para idoso ou demais indivíduos que tenham direito nesse aspecto, frequentemente, o que você precisa realizar é levar documentos como RG, CPF, comprovante de propriedade do imóvel, comprovante de domicílio até a Prefeitura do seu Município e realizar o pedido de isenção.

Para as pessoas que estão “antenados” na era digital, inclusive conseguirá aguardar a abertura de prazos para realizar o procedimento na internet, nos sites das prefeituras. Fique ligado e garanta todos os seus direitos!

Com as informações Empregador Web e Wikipédia

INSS Reabilitação Profissional

INSS Reabilitação Profissional

INSS Reabilitação Profissional – Um dos mais essenciais programas da previdência é a reabilitação profissional do INSS. Por meio de deste programa indivíduos que foram afastados de suas atividades por insuficiência são capazes de voltar ao trabalho. O INSS oferece a esses indivíduos tratamento, orientação e cursos profissionalizantes, de maneira que os segurados tenham condições de voltar ao mercado de trabalho.

INSS Reabilitação Profissional – Como funciona e como solicitar?

Reabilitar é “capacitar para exercer outra função”, pelo menos nesse conceito que engloba o INSS. É um esforço de fazer e estimular novas aptidões por parte do empregado, para que ele de fato possa permanecer ativo, ajudando com o INSS e com a coletividade.

INSS Reabilitação Profissional
INSS Reabilitação Profissional (Foto: Internet)

Reabilitação profissional do INSS – De que jeito funciona?

O que muita gente se questiona é como funciona a recuperação profissional do INSS. Afinal de contas, trata-se de um programa extremamente pouco avaliado, especialmente na conjunto de meios de comunicação. Por intermédio de parcerias com entidades de treino e instituições de saúde, a reabilitação ocorre por intermédio de profissionais das áreas de medicina, fisioterapia, psicologia, psiquiatria e várias outras áreas. [Como Regularizar as Contribuições do INSS]

Tempo de espera para reabilitação profissional

Você deve estar se perguntando: “mas qual é o tempo de espera para a reabilitação profissional do INSS?”. A reabilitação profissional do INSS possui tempo certo, com base no caso exclusivo de cada um dos segurados que desejem associar do programa. Em alguns casos a reabilitação acontece em menos de 2 meses. Em outras pessoas o tempo de espera para reabilitação profissional pode durar até 2 anos. Tudo depende do alcance do desejo que levou o segurado a se ausentar-se das atividades.

O INSS remunera a reabilitação profissional na sua integralidade, arcando com todos os recursos importantes para que os indivíduos de fato consigam introduzir-se no mercado de trabalho e aprimorar um desempenho profissional. Isto acrescenta o tratamento médico e hospitalar, cursos profissionalizantes e terapia juntamente de profissionais especializados.

Quanto tempo dura a reabilitação profissional do INSS

Se você está se perguntando quanto tempo dura a reabilitação profissional do INSS, uma ótima ideia é aparecer até uma das agências e esclarecer o seu caso. A reabilitação ocorre por ordem de requerimento, porém há algumas prioridades. Indivíduos que estejam em estágio de auxílio-doença, tendo como exemplo, têm preferência no programa de reabilitação do INSS. [Extrato INSS: Como Consultar? Para que serve o Extrato INSS?]

A reabilitação profissional do INSS é um direito de todos aqueles que foram afastados do trabalho pelo motivo de doenças ou até inclusive acidentes. Indivíduos que passam por isso têm grande dificuldade de voltar ao mercado de trabalho. Por causa disso este programa de reabilitação do INSS é tão fundamental.

Informações sobre reabilitação profissional do INSS

Se também restou qualquer dúvida sobre reabilitação profissional, entre em contato com o INSS:

A partir do telefone 135, com ligação gratuita, das 7h às 22h, de segunda à sexta;Aproveite e Vá até um posto do INSS mais próximo da sua casa. [Auxílio Doença Quem Tem Direito]

Tenha em mente: informe-se sobre os seus direitos e garantias como indivíduo. Não deixe a reabilitação profissional do INSS ficar de lado. Este é um passo bastante relevante para a sua reinserção no mercado de trabalho, até para que tenha outras possibilidades e possa crescer pessoal e profissionalmente.

Com as informações Empregador Web e Previdência Social

Licença Paternidade → Quem tem direito à licença de 20 dias?

Licença Paternidade

A licença paternidade é um direito agraciado a cada um dos trabalhadores no momento em que o seu filho nasce. Divergente da licença maternidade, o funcionário não pode ficar vários dias em casa, nem sequer recebe uma assistência da Previdência Social. Entretanto, é uma vantagem disponibilizado pela própria empresa, que cede alguns dias para que o empregado fique com o bebê.

Licença Paternidade quem tem direito ao benefício?

A licença parental é um direito laboral disponível em praticamente todos os países[1] que prevê a ausência remunerada do emprego para poder tomar conta de uma criança ou para realizar tarefas que proporcionem bem-estar à criança. O termo “licença parental” geralmente inclui a licença de maternidade, licença de paternidade e licença de adoção. Na maioria dos casos, os benefícios são estipulados por lei.

Em 2014, a Organização Internacional do Trabalho reviu as políticas de licença parental em 185 países e territórios, tendo concluído que todos os países, com a exceção dos Estados Unidos e da Papuásia Nova Guiné, possuem leis que protegem a licença parental. Estas leis diferem ligeiramente entre si, dependendo se a remuneração é paga pela entidade empregadora ou pela segurança social. (Fonte: Wikipédia)

Licença Paternidade
Licença Paternidade (Foto: Divulgação)

Vários homens não estão cientes das regras dessa vantagem e de quanto tempo podem ficar em casa. Então, a seguir tiramos todas as dúvidas e explicamos uma nova lei que permite que o empregado fique em casa por 20 dias.

O que é licença paternidade?

A licença paternidade é um período, alguns dias para ser mais intrínseco, no qual o empregado pode ficar em casa para recepcionar o seu filho depois de o nascimento. A empresa concede alguns dias para que o empregado fique com o seu filho e auxilie a mãe nos trabalhos mais complicados.

No decorrer da licença paternidade o empregado não deixa de ganhar o seu salário, sendo preservado pela empresa. Há algum tempo foi sancionada uma lei que permite um afastamento maternidade de 20 dias, por intermédio do Programa Empresa Cidadã.

Tempo/dias de licença paternidade

O tempo comum de licença paternidade é de 5 dias. O funcionário pode se ausentar do trabalho por um tempo de cinco dias depois de o nascimento de seu filho, sem prejuízo de salário. No entanto, se a empresa adotar ao Programa Empresa Cidadã, este tempo poderá ser ampliado para 20 dias.

Este programa existe a partir de 2008 e concedia, desde então, isenção de impostos para companhias que aumentavam o tempo de licença-maternidade.

Licença paternidade pai adotivo

O funcionário que adotar uma criança adotiva não possui direito a abuso paternidade de 5 dias. Entretanto, a nova lei que define a ampliamento até 20 dias da afastamento para empregados que trabalham em companhias participantes do Programa Empresa Cidadão, prevê que pais adotivos inclusive conseguem conquistar o amparo.

Assim sendo, caso você adote e trabalhe em uma empresa que faz parte do programa, conseguirá ficar 20 dias em casa sem prejuízo de trabalho.

Quem possui direito licença paternidade?

Para ter direito à vantagem, o pai precisa ser empregado com carteira assinada de qualquer empresa. Para conseguir a licença paternidade de 20 dias, é necessário que o funcionário confirme a sua atividade em programa ou exercício de indicação sobre paternidade responsável. Além do mais, ao longo dos 20 dias, os empregados não podem desempenhar qualquer forma de exercício remunerada, uma vez que correm o perigo de perder o direito.

Licença Paternidade 20 dias

A licença paternidade de 20 dias é uma iniciativa que permite que os pais passem mais tempo com seus filhos em seus primeiros dias de vida, do mesmo jeito que a mãe. Este tempo a mais é essencial especialmente se a mãe não tiver mais ninguém para lhe auxiliar a cuidar do bebê e a fazer os rotineiros de uma casa. Assim sendo, o pai possui papel essencial nessa etapa e precisa estar presente para prestar assistência.

Com as informações Empregador Web

Como Regularizar as Contribuições do INSS

Como Regularizar as Contribuições do INSS

Como Regularizar as Contribuições do INSS – Estar em dia com a previdência social é essencial para você que não pretende correr o perigo de perder as vantagens. Por fim , todo mundo pretende aposentar, poder dispor com o auxílio doença se for preciso etc. Aprenda agora mesmo a corrigir as contribuições do INSS. Pague todos os débitos em atraso e fique sossegado com relação as vantagens previdenciários.

Como Regularizar as Contribuições do INSS

A contribuição para a previdência é um valor que os trabalhadores pagam mensalmente, que serve como base para o aferição da aposentadoria e demais vantagens da seguridade social. Se você está em débito com a previdência, descubra como normalizar contribuições atrasadas no INSS. O processamento é muito simples, de forma que em poucos passos você estará livre dessa obrigação. [Previdência Social Atualização de cadastro]

Regularizar as Contribuições do INSS

Você pode normalizar o INSS autônomo ou o INSS empresa. Tanto faz. O fundamental é entender que você fará isto com acréscimos e com interesses, o que pode pesar um tanto no bolso. Este valor, entretanto, poderá ser dividido (ou em prestações), o que pode ajudar o pagamento do INSS e o retorno dos seus benefícios, dessa maneira que conseguir quitar a déficit.

Como Regularizar as Contribuições do INSS
Como Regularizar as Contribuições do INSS (Foto: Divulgação)

Quem não necessita normalizar INSS?

São os seguintes indivíduos que não precisam normalizar o INSS:

Trabalhadores rurais que atuam antes de 1991
Agente autônomo que prestou serviços a companhias
Quem era informal, isto é, que não tinha carteira assinada.
Quem pode pagar INSS com atraso?

Não é todo mundo que pode pagar o INSS em atraso. São eles:

Quem contribui facultativamente com o INSS
Quem atua como profissional autônomo e paga INSS.

Regularizar INSS pela internet

É possível normalizar as contribuições do INSS pela internet. Isto mesmo, com a transformação das ferramentas digitais tudo ficou mais fácil. Você nem sequer necessita ir até uma agência da previdência social para pagar as suas dívidas com este órgão. Acesse agora mesmo o site da previdência e siga alguns passos simples. [eSocial Doméstico: Login com Código de Acesso]

A Guia da Previdência Social, inclusive conhecida pela sigla GPS, é o arquivo por intermédio do qual você normalizar as contribuições e pagar o INSS. Para ter acesso a este arquivo, basta acessar o site da previdência e completar um formulário com os seus dados juntamente ao órgão.

Como corrigir INSS com atraso

A normalização das contribuições no site do INSS é bastante possível. Em poucos minutos você terá acesso ao valor completo em atraso, bem como os interesses e multas que foram aplicadas no decorrer do tempo. Ao fim do procedimento você terá a escolha de imprimir a Guia da Previdência Social para pagamento.

Entretanto, lembre-se se o seu INSS está:

Prescrito: dívidas com mais de 5 anos, a partir da certificação de pelo menos uma contribuição antes dessas que não foram pagas.

Não prescrito: é bem mais simples de normalizar e quitar os débitos com o INSS.
Fique em dia com a seguridade social e não perca os suas vantagens. Executar a regularização das contribuições do INSS é a melhor maneira de ficar com a consciência tranquila e aproveitar os benefícios no momento em que necessitar!

Com as informações Empregador Web

Emissão de Certidão Negativa CND INSS

Emissão de Certidão Negativa

Emissão de Certidão Negativa – A certidão negativa do INSS pode ser obtida por intermédio da internet, uma ferramenta que vem ajudando milhares de contribuintes no decorrer dos anos, uma vez que somente com alguns cliques é possível adquirir o documento sem necessitar sair de casa.

Emissão de Certidão Negativa

Aqui no texto você vai conseguir todas as informações necessárias para poder pedir Certidão Negativa INSS e ficar por dentro de todas as suas obrigações e contribuições. [INSS Consulta Situação do Benefício]

O que é a Certidão Negativa do INSS?

A CND é a Certidão Negativa de Débito que é emitida pela Secretaria de Estado da Fazenda, uma vez que essa é a forma de considerar se há pendencias e débitos tributários do colaborador, posto isto, no momento em que houver débitos ela é chamada de Certidão Positiva de Débitos.

Outra maneira de exigir a certidão negativa do INSS é por intermédio da internet no site http://www.receita.fazenda.gov.br ou http://www.pgfn.fazenda.gov.br, sendo que o atestado será emitido de imediato à requisição, isto é é emitida no momento sem precisar aguardar.

Emissão de Certidão Negativa
Emissão de Certidão Negativa (Foto: Divulgação)

Passo a Passo de como Retirar a CND do INSS

Para reivindicar a Certidão Negativa do INSS pela internet o pretendente deverá acessar o site e ter em mãos os documentos como o número do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas o CNPJ ou o Cadastro Exclusivo do INSS o CEI. Na página http://www.dataprev.gov.br/servicos/cnd1.htm, o cliente precisa acrescentar os dados solicitados como:

– O número da matrícula (CNPJ ou CEI).

– Motivo da emissão da certidão: Averbação de imóveis, baixa, outras finalidades e/ou registro ou arquivamento de modificações contratuais.

– Digitar os caracteres anti-robô.

– Clicar em “Cadastrar”.

Depois de realizar o cadastramento será aberta uma tela no qual conterá os dados da organização a qual será emitida a CND, como: nome completo, endereço, bairro no qual reside, estado e CEP. Depois de os dados serem averiguados é somente clicar em “Confirmar”.

Se não houver nenhuma pendencia com o INSS a CND aparecerá na próxima tela. Em caso de pendência aparecerá um aviso contendo um comunicado com a impedimento de emissão da CND, nesse caso é fundamental realizar a consulta das pendências e realizar a normalização para poder emitir a CND.

Para qual propósito serve a CND do INSS

A Certidão Negativa do INSS pode ser requerida para tributos federais administrados pela Secretaria da Receita Federal e pela Procuradoria da Bens Nacional (Certidão Conjunta) ou são capazes de ser requeridas para contribuições destinadas a Seguridade Social, que são de atribuição do INSS.

A atestado pode ser requerido pelo contribuinte de pessoa jurídica ou que esteja nomeada com procurador qualificado, pessoa física (CPF). Para tanto é necessário ter sempre em mãos os documentos originais ou cópia autenticada.

Para as situações que consta firma reconhecida, encontra-se dispensada a apresentação do documento de identidade do requerente.

Certidões Negativas, Portal do Empreendedor

Para emitir certidões negativas por intermédio do Portal do Empreendedor MEI basta acessar o link com o endereço eletrônico http://www.portaldoempreendedor.gov.br/servicos-online/certidoes-negativas-1. Para as pessoas que não sabe o MEI (Microempreendedor Individual) é o indivíduo que executa por conta própria e está legalizado como pequeno administrador de empresa.

Por intermédio da Lei Complementar nº 128 de 19/12/2008 desenvolveu condições especiais para que o empregado informal possa se tornar MEI e trabalhar legalizado.

Ser um MEI apresenta inúmeros benefícios como: registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que favorece a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a expedição de notas fiscais.

Certidão Trabalhista

Para expedir a Certidão Trabalhista o trabalhador conseguirá realizar por intermédio da internet no site do Portal da Justiça de Trabalho no link http://portal.trt23.jus.br/ecmdemo/public/trt23/servicos/CertidaoNegativaTST. Por intermédio do site encontra-se bastante possível, basta acrescentar o formulário com os dados recomendados.

A certidão eletrônica é gratuita e pode ser obtida em todos os portais da Justiça do Trabalho na rede mundial de computadores (Tribunal Superior do Trabalho, Conselho Superior da Justiça do Trabalho e Tribunais Regionais do Trabalho) e possui valor de 180 dias.

O atestado pode ser requerido em qualquer hora desejado, a partir de que tenha em mãos os documentos importantes para acrescentar o cadastro.

Pedido de Certidão Negativa de Débito, como efetuar?

Para retirar a Certidão Negativa de Débitos basta acessar o programa da DATAPREV no link http://www.dataprev.gov.br/servicos/cnd1.htm.

Para requisitar o pedido basta comunicar o numero do CNPJ (Número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) ou o número da matrícula do CEI (Cadastro Específico do INSS) e o propósito. É simples e rápido.

Débitos Relativos a Contribuições Previdenciárias

Para ficar por dentro de todas as informações sobre as contribuições da previdência basta entrar no site da Receita Federal do Brasil no link http://www.receita.fazenda.gov.br/previdencia/CND/defaultpj.htm.

Lá você encontrará todas as informações necessárias até mesmo se houver débitos. As contribuições previdenciárias são realizadas mensalmente pelo próprio empreendedor individual por intermédio de um carne com os princípios referentes à contribuição. E por intermédio do site da Receita Federal é possível apurar se há pendencias ou não.

Emissão de Certidão Negativa

A Emissão de Certidão Negativa INSS pode ser realizada pela internet de uma maneira simples e prática. A Certidão Negativa de Débito é emitida pela Secretaria de Estado da Fazenda, uma vez que essa é a forma de ficar sabendo se há pendencias e débitos tributários do contribuinte.

No caso de haver pendências ela é chamada de Certidão Positiva de Débitos e nesse caso os débitos precisam ser acertados.

A CND pode ser pedida para tributos federais administrativos Secretaria da Receita Federal e pela Procuradoria da Fazenda Nacional (Certidão Conjunta) ou são capazes de ser requeridas para contribuições destinadas a Seguridade Social, que são de competência do INSS.

É fundamental fazer as contribuições mensais para que o agente tenha direito a aposentadoria no tempo adequado, uma vez que não adianta ter a idade se o tempo de contribuição não bater.

Com as informações Empregador Web

 

 

Renovação de Senha Bancária Previdência Social

Renovação de Senha Bancária Previdência Social

Renovação de Senha Bancária Previdência Social – Uma das maiores complicações enfrentados pela previdência social é o grande número de fraudes. Indivíduos que recebem pagamentos em nome de outras que já faleceram. Para experimentar proteger essa forma de coisa, a previdência passou a necessitar a prova de vida e atualização de palavra-chave bancária. Descubra agora tudo sobre essa determinação.

Renovação de Senha Bancária Previdência Social

Realizar a renovação de palavra-chave bancária é obrigação de todas os indivíduos que recebem vantagens previdenciários. Essa foi a maneira encontrada pela previdência social para diminuir o número de indivíduos má intencionados. Você, favorecido, necessita frequentemente atestar que está vivo. Isto mesmo, deve comparecer ao banco para mostrar que você também está vivo para permanecer recebendo as vantagens!

Renovação de Senha Bancária Previdência Social (Foto: Divulgação)

Como realizar a alteração de palavra-chave bancária

Vários indivíduos se perguntam como funciona a prova de vida e atualização de palavra-chave bancária. Afinal de contas de contas, como indivíduo pode atestar que está vivo? Parece brincadeira, porém isto é verdade. E a previdência olha este sistema com muita austeridade, uma vez que ele auxilia a conter o número de golpes nos cofres previdenciários.

Previdência Social Renovação de Senha Bancária

Para realizar essa prova, você precisa aparecer até o banco no qual recebe os benefícios. O próprio banco é que estabelece as datas e tempo para a prova de vida e alteração de palavra-chave bancária da Previdência Social.

No tempo acertado, compareça em sua agência bancária, portando documento de identidade original, com foto atual. Seja Banco do Brasil, Itaú, CEF, Bradesco, não importa, a prova de vida é primordial para que você continue recebendo as vantagens.

Além da prova de vida por intermédio do certidão, você do mesmo modo deverá alterar a palavra-chave. Essa técnica, embora de anormal, funciona para garantir que indivíduos não se passem por você, tendo como exemplo. Daí a gravidade de estar constantemente em dia com a prova de vida e manutenção de palavra-chave bancária do INSS.

Como realizar prova de vida pela internet

Lamentavelmente não há como realizar a prova de vida pela internet. Entretanto, pode ser ensejo a prova de vida e correção de palavra-chave bancária a partir de um procurador (indivíduo que tenha a sua procuração), o qual pode realizar todo o procedimento por você.

Entretanto, isto serve destinado a pessoas que não conseguem se deslocar ou que vivem no exterior. Isto é, não é todo mundo que pode realizar prova de vida por procuração.

Consulte agora mesmo o seu banco e confirme que você está vivo para permanecer recebendo seu amparo previdenciário.

Tempo para prova de vida Previdência Social

Em determinação, o INSS abre prazos para realizar prova de vida na agência bancária no qual se recebe a vantagem. Dessa maneira, tenha atenção quanto a este tempo e não deixe de executar a prova de vida no banco.

Do contrário, sem a prova de vida, seu amparo pode ser bloqueado ou suspenso por período indeterminado.

Ficou qualquer dúvida? Acesse o site da Previdência Social neste link e saiba como realizar prova de vida e alteração de palavra-chave bancária no INSS. [Previdência Social Atualização de cadastro]

Previdência Social Atualização de cadastro

Previdência Social Atualização de cadastro

Previdência Social Atualização de cadastro – Mudou-se? Divorciou-se? Perdeu a palavra-chave? Essas são situações que são capazes de ocorrer com beneficiários, aposentados e pensionistas do INSS, como com qualquer indivíduo.

Previdência Social Atualização de cadastro – Atualização de cadastro e senha Previdência Social

A vida é dessa maneira: dinâmica. As coisas mudam. No entanto, no momento em que se tratam de pensões, vantagens e aposentadorias, você não pode deixar de comunicar ao INSS. Até visto que, caso você tenha uma vantagem ou benefício transitórios, como auxílio doença, aposentadoria por invalidade e mais que possam mudar de aspecto a qualquer hora, é bom renovar o cadastro e palavra-chave na Previdência Social.

Previdência Social Atualização de cadastro (Foto: Divulgação)

Se você não fizer isto e for convocado para uma perícia, tendo como exemplo, estará em maus lençóis e com certeza correrá o perigo de perder tua vantagem.

Desse jeito, perder alguns minutos realizando a atualização de cadastramento e palavra-chave da Previdência Social não é nada comparado à dor de cabeça que você pode ter se vier a necessitar de um serviço do Governo Federal nesse aspecto. [INSS do Empregado Doméstico: Tire Suas Dúvidas; É Importante Ficar Atento]

Como atualizar cadastro INSS

Atualizar cadastramento na previdência social é bastante flexível. Se necessitar atualizar endereço e telefone, modificar a palavra-chave de acesso ao site do INSS ou, no caso de comparecimento presencial, quiser simplificar a sua fila, não enfrentar filas e a ficar sossegado, pode inclusive agendar atualização de cadastro ou cadastramento de palavra-chave INSS.

Atualização cadastral Previdência Social: documentos

Para que você consiga atualizar cadastro e palavra-chave INSS, deverá ter consigo seu RG, ou documento equivalente, CPF, bem como mais documentos, a depender do caso.

Explicamos. Se você quiser modificar o endereço no INSS, deverá provocar um comprovante; para alterar nome INSS necessita mostrar sua certidão civil retificada e, claro, um documento válido com foto, e dessa maneira por diante.

Requisição de Atualização Cadastral Previdência Social

Outro arquivo que é indispensável que você leve já totalmente preenchido é a Requisição de Atualização, o qual precisa ser entregue no dia quando você agendar o seu atendimento no INSS. Leia também Extrato INSS

Cadastrar palavra-chave INSS

O arquivo da palavra-chave na Previdência Social do mesmo modo é bastante fundamental. É por meio dela que você poderá obter extratos, atualizar endereços, consultar informações do INSS, consultar inscrições, conseguir dados previdenciários, bem como emitir declarações no momento em que necessitar.

Por causa disso, não demore em cadastrar a palavra-chave, seja o seu primeiro acesso, ou visto que esqueceu a palavra-chave para acessar os serviços do INSS.

Caso tenha restado qualquer dúvida, o INSS possui uma Central. É apenas discar de qualquer telefone para o número 135, das 7h às 22 horas, de segunda à sábado (o que já favorece a atuação de quem executa e estuda ao longo da semana, porém necessita alterar a palavra-chave da previdência social).

Nunca confie sua palavra-chave INSS para estranhos ou a quem se oferecer para te auxiliar. A palavra-chave INSS é único e intransferível. Serve para que você tenha segurança nas suas coisa, bem como evite fraudes, como recebimento do seu benefício por indivíduos alheias e de má-fé.

Por causa disso, guarde em segredo e cadastre a palavra-chave do INSS, guardando-a para si. Lembrando continuamente que os serviços do INSS são gratuitos!

Ficou alguma dúvida? Outras informações