Auxílio Desemprego: Conheça algumas mudanças que ocorreram no auxílio desemprego

Auxílio Desemprego

O auxílio desemprego também muito conhecido como seguro desemprego é um dos benefícios mais importantes voltado ao cidadão trabalhador, através do benefício milhares de cidadão ao serem desligados recebem um ajuda financeira para garantir o seu sustento temporariamente.

O benefício é concedido somente para os trabalhadores formais que ser enquadram nos requisitos de participação do programa, sendo assim o mesmo garante esse recolhimento através do PASEP/PIS, recolhimento realizado pelo o empregador enquanto o trabalhador estar atuando dentro da empresa.

Conheça algumas mudanças que ocorreram no auxílio desemprego…

O benefício nos últimos tempos trouxe grande repercussão por ter ocorrido diversas mudanças em relação ao recebimento do seguro, agora ao solicitar o seguro desemprego o trabalhador já fica cadastrado no banco de dados do SINE, caso tenha alguma oportunidade que ser encaixe no seu perfil, o mesmo é encaminhado para participar do processo, tendo agora uma oportunidade mais rápida de recolocação no mercado de trabalho.

Conheça as regras em relação ao seguro desemprego…

Quem for mandado embora agora, encontrará uma série de requisitos para receber o auxílio desemprego, as novas regras surgiram a fim de dificultar o processo de aquisição é garantir o benefício somente para as pessoas que é de direito.

Auxílio Desemprego
Auxílio Desemprego

As mudanças ocorreram agora em relação as solicitações, confira a seguir:

  • Para a primeira solicitação do seguro desemprego, é necessário comprovar no mínimo 12 meses trabalhados de carteira assinada, consecutivos a data do desligamento;
  • Para a segunda solicitação do benefício, será necessário que o trabalhador comprove 9 meses trabalhados, também consecutivos a data da demissão;
  • Para a terceira ou mais solicitações do seguro desemprego será necessário que o trabalhador comprove no mínimo 6 meses trabalhados.

Essas mudanças foram estabelecidas para evitar supostas fraudes do benefício, é o mesmo ser concedido somente a quem é de direito, além de reduzir os custos que o Governo Federal estava tendo com a seguridade social.

Só recebe o benefício, os trabalhadores que ser enquadra nas regras a seguir:

  • Trabalhadores demitidos sem justa causa;
  • Precisa estar no mínimo 16 meses sem solicitar o seguro desemprego;
  • Trabalhadores rurais precisam ter trabalhado pelo menos 15 meses aos últimos 24 meses;
  • Não pode ter participação de sociedade em empresa alguma;
  • Não pode estar recebendo outros benefícios trabalhistas.

Quem tem direito ao auxílio desemprego?

O auxílio desemprego pode ser solicitado por qualquer trabalhador brasileiro, que tenha sido demitido sem justa causa, além do trabalhador formal ainda tem as exceções como o trabalhador doméstico, pescador profissional, trabalhadores em condições iguais a escravos e bolsa qualificação.

O auxílio desemprego visa ao trabalhador um auxílio financeiro temporário para que o mesmo consiga manter o seu sustento durante o período de desemprego, tentando amenizar o grande impacto econômico inesperado, dessa forma, o seguro garante uma estabilidade financeira até quer se recoloque novamente no mercado de trabalho.

Prazos para solicitação do auxílio desemprego…

É importante o trabalhador ter ciência de quanto tempo ele tem para realizar a solicitação, confira os prazos a seguir:

  • Trabalhador formal possui de 7 a 120 dias para solicitar o auxílio desemprego, essa data começa a conta a partir do desligamento;
  • Trabalhador doméstico possui de 7 a 90 dias para realizar a solicitação;
  • Pescadores profissionais, possuem até 120 após o período de defeso;
  • Trabalhadores resgatados possuem até 90 dias após o regaste para solicitar o pedido;
  • A única exceção é para bolsa qualificação, pode ser solicitada a qualquer momento.

Documentos Necessários para solicitar o seguro desemprego

Após realizar o agendamento do atendimento é necessário separar toda a documentação abaixo:
Documento de Identificação com foto, tais como CTPS, RG ou habilitação;
CPF – Cadastro de Pessoa Física;
Carteira de Trabalho – CTPS;
Requerimento do seguro desemprego – emitido em duas vias através do portal empregador web;
Levantamento dos depósitos referente ao FGTS;
Termo de rescisão de contrato;
03 últimos contracheques.

Auxílio desemprego: O Seguro desemprego é um auxilio temporário?

Auxilio desemprego

Auxílio desemprego

O Seguro desemprego é um auxilio temporário disponibilizado pelo o Governo aos trabalhadores que ficam desempregados, é um benefício de garantia e assistência ao trabalhador e seus dependentes durante um período temporário.

O benefício somente valido para trabalhadores sem justa causa. Você garante esse benefício através do recolhimento do Pasep ou do Pis, que é pago ao empregado enquanto ele está realizado suas atividades funcionais.

Esse benefício vem dos recolhimentos de imposto que é feito pelo o Governo é repassados para os trabalhadores desempregados.

O benefício do auxílio desemprego agora está relacionando ao SINE – Sistema Nacional de Emprego. A primeira mudança bem legal foi que durante o recebimento do benefício por conta do vínculo ativo com o SINE agora os beneficiários receberam proposta de empregos, aceitando a nova chance de colocação no mercado o beneficiário perde o auxílio imediatamente, porém volta a girar com uma nova oportunidade atividade de emprego.

Ou seja, agora as suas chances de uma nova colocação no mercado são ainda maiores, pois além de suas tentativas de recolocação, caso aparece alguma vaga que você tenha perfil o SINE também será uma oportunidade de ser recolocar no mercado de trabalho.

Auxílio desemprego
Auxílio desemprego

Entenda um pouco mais…

O seguro desemprego pode ser solicitado por qualquer trabalhador que fiquem sem trabalho e que seja mandado embora sem justa causa, pois ele visa ao trabalhador um auxílio financeiro temporário para que ser recoloque novamente no mercado e para que o desempregado não seja pego desprevenido referente ao impacto econômico inesperado por conta do seu desemprego, de maneira temporária o benefício visa a estabilidade financeira por um período de tentativa de uma nova colocação.

Na primeira solicitação deve-se ter trabalhado no período de no mínimo de 12 meses, já para solicitar pela segunda vez deve ter trabalhado por no mínimo 9 meses registrados em carteira, caso seja sua terceira solicitação em apenas 6 meses registrado em carteira, já pode ser feita a solicitação novamente. Os valores das parcelas são variados de acordo com o tempo.

Para solicitar o benefício você deve realizar o agendamento online no sistema SAA que é o sistema de agendamento agendado e após preencher as informações no site como seus dados pessoais, local que deseja atendimento, cidade e município, você seguira até a tela final de agendamento, quando finalizar seu agendamento com sucesso, será efetivada a operação com o local, horário e posto de atendimento que deve comparecer portando toda a sua documentação pessoal, contrato de trabalho e carteira de trabalho, após a atendente fazer a conferencia da sua documentação e estiver dentro dos padrões requisitados será feito a solicitação do benefício.

É importante que antes de comparecer a unidade de atendimento que deseja ser atendido, faça o agendamento online, pois como todos os serviços atuais são agendados, você só garantira o seu atendimento após esta efetivação for realizada com sucesso, após isso será apenas o processo burocrático de comparecimento, conferencia, solicitação e aquisição do benefício.

Vale ressaltar que o beneficio é concedido somente a trabalhadores que foram mandados embora das suas atividades trabalhistas sem justa causa, em caso de demissão por justa causa ou desligamento solicitado pelo o trabalhador o mesmo não é contemplado ao seguro, o seguro é temporário e visa a ajudar o trabalhador a se reestruturar financeira durante esse emprego que o mesmo estar sem trabalhar, mantendo todas as suas obrigações em dia, é importante que dei a entrada no seu seguro desemprego o mais rápido possível, pois o beneficio é concedido 30 dias depois após a entrada do mesmo, sendo assim é possível que o trabalhador se mantenha temporariamente com o seus fundos rescisórios até que o beneficio seja depositado.

Consulta Seguro Desemprego: Descubra o Que É e Como Fazer Para Solicitar!!!

Consulta seguro desemprego

Consulta seguro desemprego é um seguro para todos os trabalhadores que exerciam atividade remunerada com carteira assinada

Todos sabemos que enfrentar a fase de uma demissão e desemprego não é fácil. Exatamente por esse motivo o Ministério do Trabalho oferece o que chamados de Seguro Desemprego, ele possui algumas peculiaridade e características que iremos apresentar neste artigo. Também iremos mostrar como fazer a consulta ao seu seguro pela internet.

O Seguro Desemprego, como o nome já diz é um seguro para todos os trabalhadores que exerciam atividade remunerada com carteira assinada e foram demitidos sem justa causa e sem aviso prévio.

Quando o trabalhador é demitido, ele deve se dirigir ao posto de atendimento ao trabalhador de sua cidade e levar todos os documentos entregues no momento da demissão e a carteira de trabalho.

No posto de atendimento serão avaliados diversos pontos para fazer o cálculo do seu seguro, como tempo de trabalho, salários recebidos, salários anteriores, etc. Temos que entender que cada trabalhador se encontra em uma situação diferente e é no SIME (Sistema Nacional de Emprego) que um profissional irá elaborar esses cálculos para “dar entrada” no seguro desemprego.

Assim que feitos esses cálculos o trabalhador vai na Caixa Econômica fazer o que chamamos de “dar entrada” para receber o seguro, assim que ser feito o trabalhador terá uma data para que possa se dirigir à Caixa ou à lotéricas autorizadas pela Caixa. Para que todo mês possa retirar seu seguro.

Como Consultar seguro desemprego online passo a passo?

Para fazer a consulta ao seu saldo, dia de recebimento e valor a receber o trabalhador possui diversas opções, como ir a uma agência da Caixa e pedir um atendimento ao trabalhador, ou nos caixas eletrônicos com seu cartão cidadão. Além da consulta pela internet que é a qual iremos tratar aqui.

A consulta online, como quase todas as atividades realizadas pela internet são muito simples, porém exige um pouco de conhecimento do sistema que está sendo utilizado, nada muito avançado, apenas é necessário saber onde deve ser inserida cada informação.

Se você acessar o site do Ministério do Trabalho e Emprego (https://sd.maisemprego.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf) irá aparecer uma tela onde você deverá colocar suas informações como conta na imagem abaixo, (se ao acessar o site aparecer uma mensagem de segurança clique em avançado e depois em continuar sem segurança):
Após essas informações serem acrescentadas clique em consultar e serão apresentadas as informações a respeito de seu seguro.

Uma dúvida muito comum são quantas parcelas o trabalhador tem direito de receber, pois muitos ficam sabendo de pessoas que recebem até 8 parcelas e outras que recebem 4 ou até menos. Porém muitos não sabem que cada trabalhador tem suas peculiaridades.

Por esse motivo o trabalhador deve se dirigir ao SIME e sanar todas as suas dúvidas, pois é lá que os cálculos são feitos, e neste momento eles estão dispostos a explicar cada parte dos cálculos e como chegaram ao valor.

Esse valor é basicamente calculado com uma proporção sobre os últimos salários que o trabalhador recebeu, além disso pode ser feito o cálculo também sobre os últimos registros que o trabalhador teve, com seus salários em outras empresas. Tudo isso é feito para que o trabalhador receba o valor justo pelo qual contribuiu durante seu tempo de serviço.

Com esse cálculo é avaliado o quanto o trabalhador vai receber e em quantos meses ele receberá, com esse cálculo, todas essas informações vão para o sistema e assim o trabalhador poderá consultar no site esses dados.

Esperamos ter ajudado você a entender melhor como é a consulta ao seguro desemprego, estaremos aqui para ajudar no que for preciso em relação à trabalho e leis trabalhistas.

Compartilhe Agora Nosso Artigo E Ajude Outras Pessoas Também!