Como retirar 2ª via de BOLETO CAIXA facilmente

retirar a 2 via de boleto caixa pela internet

O pagamento com o uso de boletos ainda é algo frequente, porém pode ser comum que se esqueça de fazer o pagamento antes do dia do vencimento. Nesses casos é preciso retirar uma 2 via de boleto caixa e então realizar o pagamento já com multas e juros embutidos. Se você quer aprender como pegar uma nova via de qualquer boleto na Caixa Econômica Federal continue lendo e confira!

2 via de boleto caixa
2 via de boleto caixa

A 2 via de boleto Caixa pode ser retirada facilmente pela internet, nas agências do banco ou pelo app. Abaixo vamos ensinar como você pode fazer essa solicitação em cada um desses canais. Dessa maneira você mesmo pode solicitar a nova via  e realizar o pagamento da sua conta o mais breve possível para não ter mais juros e multas por causa do atraso.

2 via pela internet

A internet tem o intuito de facilitar a nossa vida e por causa disso é possível realizar diversos serviços sem precisar de sair de casa, o que ajuda a economizar tempo e ajuda a resolver as pendências mais rapidamente.

Para retirar a 2 via de boleto caixa pela internet primeiramente você precisa entrar no site do banco pelo www.caixa.gov.br. Depois que acessar o site selecione a opção Boletos, que fica disponível na aba de serviços.

Você será redirecionado para outra página onde deverá informar qual o tipo de boleto que deseja pegar a segunda via. As opções são:

  • Boleto Expresso
  • Habitação
  • Minha Casa Melhor
  • Fies

É preciso informar o tipo de boleto, pois em alguns casos será necessário que você faça o login na sua conta da Caixa para continuar com a atualização do guia. Mas se você escolheu atualizar um boleto expresso então só precisa de clicar em segunda e via depois informar os seguintes dados:

  • Código cedente do beneficiário ou digitar os números do código de barras
  • Número do banco (Nosso número)
  • Digite os caracteres de confirmação e clique em prosseguir
  • Pronto a sua 2 via de boleto caixa foi emitida e se você for cliente do banco pode realizar o pagamento no mesmo site utilizando o internet banking.

As informações sobre o código de beneficiário e o código de barras você encontra no próprio boleto vencido. Caso não tenha esses dados é necessário entrar em contato com quem emitiu o boleto para ter essa informação.

Segunda via de boleto nas agências

Se você quiser ir pessoalmente até uma agência e pedir uma 2 via de boleto caixa também é possível. Mas é preciso de levar junto com você o boleto vencido para que seja feita a mudança na data de vencimento.

O boleto atualizado emitido nas agências da data Caixa já possui os valores totais atualizados, como juros e multas por atraso. Por isso, sempre lembre que o valor será diferente do que o valor inicial antes do vencimento.

Vá até uma agência com o seu boleto em mão e se dirija ao atendimento presencial. Ao ser atendido informe que deseja atualizar um boleto de pagamento já vencido e espere. Em poucos minutos você receberá a 2 via de boleto caixa atualizada e poderá realizar o pagamento no mesmo local. Facilitando assim para que você não perca a nova data de vencimento deste boleto.

Atualizar boleto caixa habitação

Para quem possui o caixa habitação e perdeu o prazo para pagamento do boleto, você também pode realizar a atualização do boleto através do site da Caixa Econômica. Basta selecionar Habitação no menu de 2 via de boleto e depois informar o número do contrato e o CPF do titular do contrato.

Será aberta novas opções e você pode escolher a de atualizar boleto. Depois informe o “nosso número” (número do banco” e o código de barras. Em poucos segundos você já poderá baixar a 2 via de boleto caixa e pagar em bancos ou internet banking que você preferir.

Onde posso pagar 2 via de boleto caixa?

Se você já tem em suas mãos a 2 via de boleto  Caixa então não perca tempo e pague o quanto antes para não perder o prazo novamente.. É possível fazer o pagamento deste boleto em qualquer agência bancária, casas lotéricas, ou pelo internet banking e aplicativo para celulares.

É seguro emitir 2 via de boleto na internet que?

Uma dúvida que ainda é frequente, é se  emitir a 2 via de boleto caixa  é algo seguro. A resposta é sim, pois o site é inteiramente criptografado e seus dados não são fornecidos para outras pessoas.

Mas para garantir ainda mais segurança evite entrar em sites que promete atualizar boleto de pagamento,  que na verdade apenas querem coletar os seus dados. Por isso sempre confie no site oficial da Caixa.

Ficou com dúvidas sobre a emissão do boleto caixa? Conte nos comentários!

Fontes:

https://valorfinanceiro.net

http://www.caixa.gov.br/Paginas/home-caixa.aspx

 

Previdência Privada Simulador

Previdência Privada Simulador

Previdência Privada SimuladorPrevidência privada, inclusive chamada de Previdência complementar, é uma maneira prudente estabelecido para garantir uma renda futura ao detentor ou seu beneficiado, frequentemente direcionada ao período depois da aposentadoria.

Previdência Privada Simulador

Uma das comportamento de garantir e abalroar um dinheiro para conseguir mais lá na frente, pense em usar uma advertência privada, procure usar um simulador da advertência.

Simulador de previdência privada: como funciona?

Na internet há diversos e farto simuladores, diversificando as companhias que oferecem os serviços. Cada empresa possui seu simulador de previdência-privada e oferece distintos serviços. A previdência privada é uma excelente forma de garantir seu amanhã ou dos seus familiares sem se afligir em abalroar manualmente seu dinheiro. Você entrega seu dinheiro ao banco, eles guardam, investem e te devolvem lá na frente. [Regras de Transição Aposentadoria]

Para adestrar-se a usar o simulador de previdência privada, você precisa entender alguns conceitos fundamentais para abarrotar o formulário do simulador. Ótima parte deles é de possível conhecimento e você conseguirá iniciar sua advertência privada daqui a pouco tempo.

Previdência Privada Simulador
Previdência Privada Simulador (Foto: Divulgação)

Simulador de advertência privada: tipos de advertência privada

Há 2 tipos de advertência: o PGBL e o VGBL. O primeiro é recomendado para quem utilizam a afirmativa completa do imposto de renda e contribuem para a advertência pública. O de acordo com é recomendado aos que utilizam a afirmativa simplificada do imposto de renda, isto é, são isentas ou por isso querem adaptar por volta de 12% da renda bruta somente na previdência privada. Leia também sobre a previdência social.

Taxas advertência privada

As previdências privadas contam com duas taxas:

Alíquota de alimentação e alíquota de meneio financeira.

A primeira é uma alíquota sobre os pagamentos feitos no plano e serve para ajudar a gestão administrativa e preservação do plano. Este alimentação pode ser cobrado na chegada ou na saída do dinheiro da advertência privada.

A segunda é um percentagem sobre o acervo líquido do fundo para meneio da carteira de investimento.

Essa pode variegar muito dependendo do perfil da previdência e do valor injetado. Essas duas qualidades são capazes de ser janela no simulador de advertência privada.

Além de tudo isto, na admissão você precisa adotar um dieta de tributação, dependendo do seu estilo: os tributos progressivos ou regressivos.

Nos tributos progressivos, os princípios recebidos são tributados por volta de 15% a fim de se acelerar o imposto de renda.

Agora, os princípios dos vantagens recebidos mensalmente por conta da renda, são tributados de forma adiantado. Porém, os dois os princípios precisam ser ajustados na afirmativa do imposto de renda.

Nos tributos regressivos, os princípios são cobrados de modo direto a partir de alíquotas regressivas, em ofício da porção do tempo que os recursos foram aplicados.

Cadastro Previdência Privada – Simulador

Para maiores informações, o simulador de previdência privada da Bradesco, que foi atraído como adágio, libera a posterior cadastro para os clientes:

Inferior ou igual a 2 anos Alíquota de 35%
Mais de 2 anos e inferior ou igual a 4 anos Alíquota de 30%
Mais de 4 anos e inferior ou igual a 6 anos Alíquota de 25%
Mais de 8 anos e inferior ou igual a 10 anos Alíquota de 20%
Mais de 6 anos e inferior ou igual a 8 anos Alíquota de 15%
Superior a 10 anos Alíquota de 10%

Cadastro Regressiva de IR Advertência Privada

No momento em que você adquirir o completo de achega da advertência privada, pode adquirir todo o valor acumulado, adquirir uma parte do valor acumulado e acudir-se outra parte do valor em Renda ou modificar todo o valor acumulado na advertência em Renda para o resto da vida. Isto é, você possui diversas opções que realizar com o seu dinheiro acumulado ao longo anos.

Isto é tudo que você precisa entender para iniciar a usar o simulador da previdência privada, agora você conseguirá idealizar o seu amanhã ou de seus filhos com facilidade usando os simuladores e indo à uma agência de previdência privada.

Bancos: Previdência Privada

Você possui planos de previdência privada à sua disposição nos maiores bancos do País, como: Previdência privada Itaú,Previdência privada Caixa Econômica Federal,Previdência privada Bradesco, Previdência privada BB etc…

Previdência privada realmente compensa?

Se você possui dinheiro para aplicar e pretende passar distante da poupança ou de mais tipos de investimentos, bem como somente precisará do seu dinheiro no momento em que verdadeiramente se aposentar, a previdência privada pode valer a pena.

Porém, tenha bastante atenção no momento de negociar previdência privada. Isto visto que se não for uma organização financeira sólida, de fato fixada no mercado, você poderá sentir uma pancada caso ela venha a encerrar ou a quebrar, tendo como exemplo.

Não se esqueça de que planos de previdência privada são concepções a prolongado tempo e que vão precisar de uma organização financeira confiável e que de fato valha a pena.

Além do mais, calcule bastante bem as taxas de previdência privada, que são capazes de ser bem altas em determinados bancos. Pesquise, compare e contrate a melhor previdência privada!

Com as informações Empregador Web

 

Caixa PIS 2017

Caixa PIS 2017

O Caixa PIS 2017 (Programa de Integração Social) é um relevante programa de Abono Salarial que ajuda anualmente milhares de indivíduos e em 2017 a estimativa é que por volta de 22,3 milhões de trabalhadores recebam um salário mínimo extra. O pagamento do PIS é executado por intermédio da Caixa Econômica Federal que é inclusive encarregado por comunicar as regras e a tabela anual. As novas regras do Caixa PIS 2017 já estão em vigência a partir de o dia 28 de julho de acordo com a Medida Provisória 665.

Tabela PIS 2017: Cadastro Atualizado

O nova cadastro de pagamentos do PIS 2016/2017 já está em vigência. Os primeiros beneficiados foram os nascidos no mês de Julho, que já são capazes de realizar o saque tendo em vista que o abano foi disponibilizado em 28 de Julho de 2016. Já os demais pagamentos foram dessa maneira organizados:

Caixa PIS 2017
Caixa PIS 2017 (Foto: Internet)

Nascidos em Agosto receberão a começar por 18 de Agosto de 2016;
Nascidos em Setembro receberão a começar por 15 de Setembro de 2016;
Nascidos em Outubro receberão a começar por 14 de Outubro de 2016;
Nascidos em Novembro receberão a começar por 21 de Novembro de 2016;
Nascidos em Dezembro receberão a começar por 15 de Dezembro de 2016;
Nascidos em Janeiro e Fevereiro receberão a começar por 19 de Janeiro de 2017;
Nascidos em Março e Abril receberão a começar por 16 de Fevereiro de 2017;
Nascidos em Maio e Junho receberão a começar por 16 de Março de 2017.

Como consultar o Caixa PIS 2017?

É bastante simples e possível realizar a consulta do seu amparo. Você apenas necessita acessar este link da Caixa (www.caixa.gov.br) e comunicar o número do seu PIS e a sua palavra-chave de acesso.

Caixa PIS 2017

Se, por acaso, você não tiver nenhuma cadastrada é apenas clicar no tecla “Cadastrar Palavra-chave”, fazer uma e depois realizar a consulta na tela, para afirmar todas as informações do seu benefício como, por exemplo, o seu saldo, as vantagens e rendimentos que possui direito e mais dados essenciais.

Além do site, você pode fazer a consulta por intermédio do aplicativo “Caixa” ou então de maneira presencial, com apresentação do seu Cartão Cidadão ou Carteira de Trabalho (página que consta o número do PIS) em uma agência do banco, correspondentes da Caixa ou nas Casas Lotéricas.

Basta pedir o auxílio de um trabalhador que lhe repassará todas as informações e conseguirá esclarecer todas as suas dúvidas e se preferir conseguirá solicitar a impressão do extrato.

Valor do Caixa PIS 2017

Os trabalhadores que são beneficiários do Abono Salarial [Abono Salarial 2017];[Abono Salarial 2018] recebem um salário mínimo atual que é acertado em uma única cota. Como o salário de 2016 é de R$ 880,00 e de acordo com as novas regras, o empregado receberá a vantagem de maneira proporcional aos meses trabalhados, análogo ao pagamento do 13º salário. [O Que Acontece Com O Abono Salarial Que Não Foi Sacado?]

Para entender precisamente qual o valor que irá ganhar do PIS 2017 é somente pegar o valor do salário mínimo que é de R$ 880,00 e dividir por 12 meses, cujo resultado deverá ser multiplicado pelo número completo de meses trabalhados em 2015. Se, tendo como exemplo, você trabalhar 1 mês, terá direito a R$ 88,00, e se você trabalhar por 6 meses, irá ganhar R$ 440,00.

Por isso não perca tempo, faça suas contas e fique de olho na data de liberação do pagamento do seu benefício.

Caixa FGTS

Caixa FGTS

Caixa FGTS – O FGTS [O QUE É FGTS ?] significa fundo de garantia por tempo de serviço é um deposito mensal realizado pela empresa, no qual não incide dedução alguma no salário do empregado pertinente ao percentagem de 8% do salário do empregado. Neste escrito iremos abordar sobre a Caixa FGTS, confira.

Caixa FGTS

O patrão mensalmente é obrigado a depositar essa percentagem de 8% do salário do empregado em uma conta no nome do próprio aberto na Caixa Econômica Federal especialmente para esse deposito relativo ao FGTS, por causa disso é chamado de Caixa FGTS.

Caixa FGTS
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Quem possui direito ao Caixa FGTS?

Têm direito ao FGTS todos os trabalhados que trabalham regidos pela a Consolidação das Leis Trabalhistas, imensamente conhecido pela a CLT que firmam acordo de trabalho a partir de 05/10/1988.

Antes desta data a alternativa do pagamento do FGTS ao empregado era facultativa, também possui direito ao FGTS trabalhadores rurais, avulsos, safreiros, temporários e atletas profissionais.

A categoria das empregadas domésticas anteriormente não fazia o cobrança do FGTS, com a atualização das Leis Trabalhistas o empregado doméstico ganhou mais espaço e valor no mercado de trabalho, onde a partir de 10/2015 é exigido o recolhimento do FGTS do empregado doméstico por intermédio do DAE – Guia de Recolhimento único que protege o recolhimento dos direitos do empregado doméstico.

Lembrando que em chance alguma o FGTS pode ser descontado do empregado, quem paga este valor é o patrão, sendo que mensalmente 8% do salário do empregado vai para essa conta aberta na Caixa Econômica Federal exclusiva para esse deposito, no qual apenas a sua empresa pode e deve mensalmente depositar.

Consulta FGTS: Saldo e Extrato

Para conseguir informações sobre o lançamento do seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) você precisa acessar o portal oficial do cidadão por intermédio do www.fgts.gov.br, no portal você possui acesso ao extrato completo, saldo e lançamentos, podendo dessa maneira acompanhar se o patrão vem cumprido com o que é assegurado por lei como direito do empregado.

FGTS Inativo

Pensando em sair da atual circunstância de crise, o Governo Federal liberou o saque do pagamento do FGTS inativo em conta, desde que o mesmo esteja inativo a partir de 31/12/2015.

Posto isto, todos os indivíduos do mundo que tiverem suas contas diferença do FGTS inativo a partir desta data conseguem extrair este dinheiro.

Para isto, é preciso realizar o agendamento a princípio no site http://www.caixa.gov.br, no portal benefícios do empregado selecione a alternativa contas inativas, para agendar é preciso comunicar alguns dados pessoais, depois de fazer o preenchimento com sucesso de todas as suas informações, seu agendamento é efetuado com sucesso, acompanhe a tabela de pagamento das vantagens no próprio site da Caixa, o saque do FGTS está sendo executado de acordo com os meses de nascimento de cada colaborador.

Leia também: Como Sacar O FGTS Por Motivo De Demissão Sem Justa Causa?

Este calendário de pagamento foi ajustado para evitar transtornos e lotação nas agências e casas lotéricas da Caixa, assim sendo, de forma estratégica e ordenada os beneficiados com o saque do FGTS Inativo são capazes de retirar o seu benefício de forma organizada e sem transtornos.

Cálculo FGTS

A aferição do FGTS Caixa é bem simples, primeiro se pega o valor completo do salário do empregado, digamos que possa ser de R$ 1.350,00 x 8% percentagem corresponde ao FGTS = 108 reais deposito que precisa ser executado na conta do trabalho, se pega constantemente o valor completo mensal do seu salário x 8%, por causa disso, mensalmente o valor desses deposito irá variar, especialmente se você ganhar comissão ou bônus.

CAIXA: Conheça um pouco mais sobre a Caixa Econômica Federal

Uns dos bancos mais conhecidos do mundo a Caixa Econômica Federal foi criada no dia 12 de janeiro do ano de 1861 é até hoje é uma das instituições financeiras maiores da américa latina, a instituição surgiu pelo o decreto nª 2.723 que foi assinado por Dom Pedro II.

A CEF assim como também é conhecida foi criada com o objetivo de promover no povo brasileiro o habito de poupar, principalmente nas classes mais baixas, os escravos como um exemplo da época poupavam as suas econômicas a fim de comprar as suas cartas de alforria, a Caixa pagava de juros até 6% ao ano, garantindo a restituição do deposito a eles concedidos.

Um tempo depois a CEF passou a conceder aos seus usuários empréstimos sob penhor, isso aconteceu logo no ano de 1931, o empréstimo era concedido tanto a pessoa física quanto a jurídica, mais tarde em 1986 a Caixa assumiu a função de agente operador do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço do Trabalhador Brasileiro.

Conheça um pouco mais a Caixa…

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são instituições financeiras que administram as verbas políticas do Governo Federal, ambas são instituições públicas, porém cada qual tem a sua centralização de tarefas junto ao Governo, a Caixa por exemplo e responsável pelo o pagamento e a gestão de diversos benefícios sociais, tais como bolsa família, PIS, FGTS, seguro desemprego entre outros benefícios Governamentais. Desde 1962 a Caixa também é responsável pela a operação dos jogos de lotérica de todo o Brasil.

A caixa desde do seu surgimento e criação já estabeleceu um foco social, sua atuação é bem extensiva e abrangente que hoje atende atividades artísticas culturais, esportivas e educacionais. Além do grande papel que a Caixa hoje tem no mundo é um banco que tem o objetivo de promover a qualidade de vida da população brasileira.

A caixa hoje oferece inúmeros serviços, abertura de conta corrente, conta salário, conta poupança, empréstimo para aposentados/assalariados e funcionários públicos, financiamentos de imóvel/carro/casa, consultar saldos de diversos benefícios sociais, acompanhar o extrato da sua conta, FGTS, PIS muito conhecido como o abono salarial do trabalhador, seguro desemprego e diversos outros serviços que o cidadão brasileiro tem como essencial na vida.

A caixa é uma das maiores instituição financeira do Mundo é quase todo o cidadão brasileiro em algum dia precisou utilizar algum serviço desse banco que faz parte do dia a dia do trabalhador. Através deste banco que o trabalhador registrado precisa receber seus benefícios sociais.

A Caixa Econômica Federal também é o banco responsável em administrar e emitir o cartão cidadão, que é um cartão magnético com chip, de uso intransferível e pessoal do cidadão brasileiro, que facilita o acesso e consulta a todos os benefícios sociais administrados pela a Caixa.

Por isso caso você não tenha e precisa solicitar esse cartão entre em contato com a central de atendimento da Caixa através do 0800 726 0101, o cartão demora cerca de 10 dias para ser emitido e entregue na sua residência ou na própria agencia que foi solicitado o mesmo, após a chegada do seu cartão cidadão, será necessário comparecer a agencia portando o cartão e o seu documento original com foto, para fazer o cadastramento da senha que é pessoa mais o desbloqueio do seu cartão.

Se você deseja financiar ou ver as melhores condições de juros do serviço da Caixa compareça a qualquer agencia mais próxima a sua residência e verifique quais são as condições, a Caixa por se um banco do povo costuma a ser o banco mais vantajoso para a solicitação de qualquer serviço de financiamento é empréstimo.

Habilitação do Seguro Desemprego

Consulta de Habilitação do Seguro Desemprego

Habilitação do Seguro-Desemprego é realizado no próprio site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no campo destinado a Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego que pode ser acessado no final dessa página através do link do site do MTE.

Habilitação do Seguro Desemprego

Mas antes veja o simples passo a passo para Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego e saber se o seu benefício está liberado junto ao órgão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Mas antes, responda a pergunta abaixo:

O seguro-desemprego encontra-se previsto na Constituição Federal?

Sim. O seguro-desemprego encontra-se previsto na Constituição Federal de 1988, em seu artigo 7º, na parte que trata dos Direitos Sociais.

Constituição Federal
Art. 7º – São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:
II – seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário;

Também, encontramos disposição constitucional referente ao seguro desemprego nos artigos 201 e 239.

Constituição Federal
SEÇÃO III
DA PREVIDÊNCIA SOCIAL
Art. 201 – Os planos de previdência social, mediante contribuição, atenderão, nos termos da lei, a:
IV – proteção do trabalhador em situação de desemprego involuntário;

Constituição Federal
TÍTULO IX
DAS DISPOSIÇÕES CONSTITUCIONAIS GERAIS
Art. 239 – A arrecadação decorrente das contribuições para o Programa de Integração Social, criado pela Lei Complementar nº 7, de 7 de setembro de 1970, e para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, criado pela Lei Complementar nº 8, de 3 de dezembro de 1970, passa, a partir da promulgação desta Constituição, a financiar, nos termos que a lei dispuser, o programa do seguro-desemprego e o abono de que trata o § 3º deste artigo.
§ 4º – O financiamento do seguro-desemprego receberá uma contribuição adicional da empresa cujo índice de rotatividade da força de trabalho superar o índice médio da rotatividade do setor, na forma estabelecida por lei.

O seguro-desemprego é uma conquista e está previsto na constituição de 1988 Art. 7º – São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:
II – seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário; e por isso, devemos dar total atenção aos meios pelos quais esses benefícios são concedidos aos trabalhadores urbanos e rurais quando o desemprego é por meio involuntário.

Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego
Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego (Foto: Divulgação)

Veja O Passo a Passo Para Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego

Para Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego você precisar acessar o endereço eletrônico “https://sd.maisemprego.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf” e preencher os campos conforme consta no formulário para realizar a Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego do empregado.

Após preencher os campos obrigatórios do formulário e digitar o PIS PASEP para consulta e *Digite o texto que aparece na imagem você será direcionado para uma outra tela para companhar e saber mais informações sobre como está o status do pedido de Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego.

Para acessar direto e Consulta de Habilitação do Seguro-Desemprego clique Aqui

CONSULTA DE HABILITAÇÃO DO SEGURO DESEMPREGO PELA INTERNET

Um dos grandes avanços feitos para este tipo de serviço reside no fato de que atualmente, qualquer tipo de consulta pode ser feita pela internet, e no que diz respeito à consulta de habilitação do seguro desemprego, ela também pode ser feita pela internet.

Para realizar esta consulta, o trabalhador deverá apenas acessar o site da Caixa Econômica Federal e seguir as instruções.

Neste link, o trabalhador irá inserir o número do PIS e uma senha que foi cadastrada previamente, para depois disto, clicar em “serviço ao cidadão”, sendo que caso você ainda não possua uma senha cadastrada, bastará colocar o número do PIS e clicar em “cadastrar senha”.

Caso você realize o cadastro de sua senha neste dia, você só poderá realizar sua consulta de habilitação de seguro desemprego desejada no dia seguinte, pois será este o prazo para o sistema processar sua senha cadastrada.

VERIFICAÇÃO DO SALDO

Além de poder realizar a consulta de habilitação do seguro desemprego, também será possível, no mesmo link apresentado anteriormente, verificar o saldo de seu seguro desemprego.

Ou seja, você poderá realizar muitas coisas diretamente pela internet, sem ter de sair de casa e sem a necessidade de ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, por exemplo.

E isto é muito importante, já que o procedimento ficou muito mais prático e ágil, evitando deslocamentos desnecessários, que podem ser muito complicados em um momento onde o trabalhador talvez não tenha tanto dinheiro para gastar, e em um momento onde todo tipo de economia pode ser essencial para a manutenção da qualidade de vida.