Multa de 40% do FGTS é depositada onde

Multa de 40% do FGTS é depositada onde

Multa de 40% do FGTS é depositada onde? Se você também possui esta dúvida, saiba que você está no lugar certo!

Muitos trabalhadores possuem essa dúvida. Afinal, não é sempre que somos demitidos ou que realizamos acordos para sair de uma empresa, não é mesmo?

Com a situação financeira ficando cada vez mais difícil ,muitas pessoas estão segurando as pontas e permanecendo mais tempo em seus empregos, mesmo que insatisfeitos.

Mas se você foi surpreendido com uma carta de demissão, fique tranquilo! Vamos te dar todos os detalhes sobre os valores que você recebe de multa e FGTS durante a sua rescisão.

Por prática e lei, o FGTS é depositado pela própria empresa ao qual o empregado possua vínculo. Contudo, este valor é retirado do próprio salário, sendo uma parcela de apenas 8%, onde pode-se verificar na folha de pagamento.

O Fundo de Garantia é uma proteção criada para o caso de desligamento do funcionário. Assim, ele possui uma reserva a ser liberada assim que é desligado da empresa.

Além disso, a empresa ainda precisa pagar uma multa de 40% em cima de todo o valor depositado.

Mas afinal, a multa de 40% do FGTS é depositada onde? Então, se você quer saber a resposta a esta e outras perguntas relacionadas a este tema,

basta continuar aqui com a gente e ficar inteirado sobre este mundo e ter acesso às principais dúvidas relacionadas ao processo de rescisão e também onde este valor da multa é positado. Portanto, confira tudo isso a seguir. Boa leitura!

A multa de 40% do FGTS é um valor fixo?

Não. Após a última reforma trabalhista agora há esta novidade, a multa pode variar em 40% ou em 20% em cima do valor total depositado no Fundo de Garantia do trabalhador.

Para que a multa seja em 40%em cima do valor total do FGTS, o funcionário precisa ser desligado pela empresa sem justa causa.

Vale lembrar que este valor não é abordado em mudanças entre empresa e empregador. Ele é fixo por lei.