Carteira de Trabalho Digital Redação Empregador Web

É hora de pensar a longo prazo, entenda riscos e oportunidades!

Saiba quais são os riscos e oportunidades a longo prazo diante da epidemia do novo coronavírus

O brasileiro, em geral, não tem acesso à educação financeira e nem possui o hábito de poupar dinheiro, mesmo sendo muito importante pensar e se planejar a longo prazo. Principalmente pela época na qual vivemos, com a crise causada pelo novo coronavírus. 

O mercado econômico mundial oscila de acordo com diversos fatores, os quais as pessoas não podem controlar. Por exemplo, a pandemia do novo coronavírus. Então, realizar um bom planejamento é essencial e uma das melhores formas de fazer isso é conhecer os riscos da previdência privada.

Não apenas a previdência privada, mas diversos tipos de investimentos oferecem oportunidades para as pessoas administrarem seu orçamento a longo prazo. No caso dos microempreendedores, por exemplo, muitos estão pensando até em repensar coisas básicas do seu comércio, como a melhor empresa de delivery, ou então, escolher outra maquininha de cartão mais vantajosa

Antes de escolher em qual modalidade aplicar, o investidor precisa se informar com especialistas e avaliar qual o tipo de aplicação melhor se encaixa no seu perfil.

Atualmente, a informação está disponível e acessível para toda a população. Assim, está cada dia mais fácil acompanhar a economia e saber as melhores oportunidades. Basta estar atento aos diversos acontecimentos, pesquisar e saber como as relações econômicas acontecem.

Organizar o orçamento significa se preparar para todas as situações, isso evita as dívidas e mantém o controle dos gastos.

Porque o coronavírus afeta a economia

O período que estamos atravessando com a atual pandemia torna ainda mais importante o planejamento a longo prazo. As medidas de prevenção colocaram a economia em recessão. 

Quando as pessoas ficam em casa para evitar o contágio, passam a consumir menos, circular menos nas vias públicas e produzir menos. Todos esses fatores geram um ciclo que leva a crise econômica. Portanto, é importante organizar o orçamento e planejar os gastos, assim será mais fácil atravessar esse momento e não contrair dívidas.

Como se organizar a longo prazo

É importante ressaltar que todo investimento possui riscos, podendo ser mais ou menos seguro, porém não há uma modalidade 100% garantida. Contudo, com as informações corretas, é possível aplicar o dinheiro e obter um retorno favorável que vai ajudar no orçamento a longo prazo.

Além disso, existem outras formas de planejar a renda. Administrar os gastos e direcionar o dinheiro ajuda a economizar. Isso mantém um caixa reserva para a pessoa não passar dificuldades em eventuais imprevistos.

Com as medidas e decisões ideais é possível obter um retorno seguro, mesmo se a pessoa não trabalhar com finanças ou não tiver um conhecimento profundo.

Planejar o orçamento

A primeira medida para se pensar a longo prazo é o planejamento financeiro pessoal, ou seja, avaliar os ganhos e gastos mensais. Essa análise do fluxo econômico vai ajudar a identificar os gastos mais importantes e aqueles que não são tão necessários e que podem ser cortados.

Assim, ao reorganizar essas despesas a pessoa consegue poupar tudo aquilo que estava pagando a mais. 

Produtos menos importantes podem ser comprados em outro momento, consumo excessivo de energia, água ou com produtos que não são utilizados também pode ser evitados.

Além disso, enxergar como o dinheiro é gasto torna muito mais fácil definir quanto o orçamento permite gastar em cada área.

Mercado de ações

Uma opção de aplicação é o mercado de ações. Ele funciona a partir do rendimento das empresas, de acordo com seus lucros, entrada de verba e valorização no mercado financeiro. 

Observar o cenário econômico e o comportamento de consumo da população permite identificar setores promissores e aqueles com menores chances de retorno.

Os riscos desse investimento dependem de muitos parâmetros. Notícias e acontecimentos ao redor do mundo mudam as perspectivas do consumo e isso afeta o valor das ações. Por isso, é essencial ter atenção e analisar com cuidado todo o contexto social e econômico, antes de começar a aplicar.

Assim o investidor vai saber as melhores áreas para fazer a sua aplicação. No caso desse momento em que vivemos uma pandemia causada pelo novo coronavírus, um setor que se encontra em crescimento é a indústria farmacêutica e de produtos químicos.

Além disso, empresas que trabalham com E-commerce também possuem seu rendimento mais estável nesse momento.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto também pode ser uma boa oportunidade porque, com a saúde pública em crise, o governo precisa atender as necessidades médicas da população em larga escala. Isso esgota os recursos dos cofres públicos e o país passa a precisar de crédito.

Na prática, investir no Tesouro Direto é emprestar dinheiro para o governo, depois o investidor recebe o valor de volta com as correções dos juros. 

Embora não seja isento de riscos, esse tipo de investimento possui uma estabilidade maior, porque dificilmente o governo de um país vai quebrar.

As finanças individuais

Pensar a longo prazo é essencial para evitar dificuldades financeiras inesperadas. A crise econômica afeta a todos em diferente intensidade e esse tipo de organização ajuda a enfrentar momentos delicados como esse.

Para as pessoas lidarem bem com sua renda basta acompanhar os acontecimentos ao redor do mundo e ter atenção com as relações econômicas. 

As oscilações do mercado modificam preços em mercado, valores de ações e taxas de banco, por exemplo. Por isso esse conhecimento ajuda muito a evitar maiores dificuldades.

Avatar
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.