O que um MEI pode fazer?

Você sabe o que um MEI pode fazer? Esta modalidade de micro empreendedores possui grande facilidade de cadastro e ainda taxas bem baixas em comparação a outras modalidades de abertura de empresas.

Não é à toa que muitos empreendedores que eram informalizados então atrás de reconhecimento de mercado e apostando na abertura e formalização de seu negócio.

Separamos aqui algumas dicas e curiosidades sobre o que um MEI pode fazer. Aproveite e descubra os melhores processos de formalização do seu próprio negócio com a gente!

Já que um simples cadastro pode te ajudar a ter muito mais credibilidade de negócio.

Além de conseguir maiores indicações e captação de clientes e uma coisa é clara; um CNPJ vinculado ao seu negócio e poder realizar notas fiscais podem ser a chave do seu negócio.

Isso porque muita gente se sente mais seguro e confiante em empresas que possuem este recurso.

Dando, ainda, a impressão de serem sérias e não estarem brincando com o direito dos consumidores.

Veja a seguir o que um MEI pode fazer e veja como esta modalidade empresarial é muito mais vantajosa do que ficar atuando como a informalização do seu negócio. Confira!

O que um MEI pode fazer?

Esta é uma dúvida muito comum para aqueles que estão pensando em formalizar o seu negocio próprio para buscar novas oportunidades de trabalho e reconhecimento de mercado.

Um MEI pode fazer qualquer atividade que esteja dentro das mais de 480 atividades cadastradas dentro do Portal do Empreendedor.

Essas atividades são autorizadas pela legislação federal e pode sofrer alterações ano a ano, sendo inclusas novas atividades ou removendo e alterando para outras modalidades.

Utilizando o mesmo CNPJ, quem se cadastra no MEI terá o direito a exercer uma única atividade principal. A partir disso, ele ainda poderá ter até 15 atividades secundárias para o seu negócio.

Tudo dentro das categorias de indústria e ou comercio e também como prestador de serviço.

São essas categorias que definem o valor do Documento de Arrecadação de Serviço (DAS) que é pago todo dia 20 de cada mês, já que se trata de uma modalidade presente no Simples Nacional.

É preciso ter um local fixo?

Essa é outra vantagem para quem se cadastra nesta modalidade.

Como geralmente essas pessoas eram freelancer, vendedores ambulantes ou prestadores de serviços informalizados, quem se cadastra como MEI não precisa ter um local fixo para o cadastro.

Dessa forma, um MEI pode fazer seus trabalhos de qualquer lugar, seja na rua, em clientes ou até mesmo de sua própria casa.

Porém, é preciso entrar em contato com a sua prefeitura local para verificar se o tipo de atividade que você irá exercer faz necessário ter um local fixo ou até mesmo precisa atender algum tipo de exigência legal de acordo com a legislação local.

Para ter essa informação da prefeitura, vale ressaltar que não possui custo algum.

Pode ser realizada pessoalmente na própria prefeitura conversando com os atendentes ou até mesmo pelo site.

Se você optar por realizar fazer esta consulta através do site, você deverá procurar o campo de “consulta prévia ou viabilidade”.

O que é preciso para realizar o cadastro como MEI?

Com uma formalização gratuita através do site do Portal do Empreendedor, o empresário poderá também realizar o seu cadastro como MEI através de escritório do Sebrae.

Vale lembrar que se você estiver recebendo algum tipo de beneficio previdenciário, a partir do momento em que você realizar o seu cadastro, ele será automaticamente cancelado.

Porém, ao realizar o seu cadastro você ainda conta com benefícios de auxílio maternidade, aposentadorias, custos reduzidos e isenção da maioria das taxas que uma empresa paga etc.

Então, no momento de realizar o seu cadastro dentro do site do Portal do Empregador, não esqueça de ter em mãos os seguintes documentos:

  • CEP de sua residência e do local onde exercerá sua atividade;
  • CPF;
  • Número de cadastro no Brasil Cidadão e
  • Número de celular atualizado.
  • Título de eleitor.

No caso do CEP para aqueles que não irão ter um local fixo de atuação, você pode colocar o endereço de sua própria casa.

Esse é o caso de vendedores ambulantes ou até mesmo daquelas que vendem roupas indo de casa em casa.

Há taxas de abertura?

Agora que você já sabe o que um MEI pode fazer e viu que se encaixa nesta categoria, chegou a hora de saber se este tal cadastro possui custos extras para sua realização.

Por ser uma modalidade criada no ano de 2009 para auxiliar e alavancar o sonho de diversos micro empreendedores a deixarem de serem informais e se tornarem formais, não há custos algum para realizar o cadastro de abertura de sua empresa como MEI.

Nem mesmo para geração do número do CNPJ há taxas. É um processo completamente gratuito e você já tem acesso a sua ficha cadastral assim que finaliza o cadastro.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.