Número do PIS na carteira de trabalho: veja como funciona

Com a instituição da carteira online, muitos trabalhadores podem acessar as suas informações virtualmente, mas ainda restam algumas dúvidas, como por exemplo, onde acessar o número do PIS na carteira de trabalho.

O documento profissional possui informações importantes para o empregado, como a data de entrada no serviço, seu desligamento, férias, seguro-desemprego, salário e o PIS.

A carteira digital já é uma realidade na vida do trabalhador desde 2019. Através dela o profissional pode facilmente encontrar seus dados pessoais e trabalhistas a partir do documento digital. Vejamos como consultar o número do PIS na carteira de trabalho.

Encontrando o número do PIS

O PIS é um número gerado pela Caixa Econômica especificamente feito para cada profissional. Quando houve a criação do eSocial, as empresas não precisam mais do número para contratar.

O CPF passou a ser o único número necessário para a contratação do trabalhador. O serviço foi simplificado, procurando desburocratizar o processo de admissão do profissional.

No entanto, o PIS não sumirá. Ele poderá ser acessado pelo trabalhador através do extrato do Fundo de Garantia ou CadÚnico utilizado apenas o seu CPF. Aquele profissional que ainda utiliza a carteira física terá ainda facilidade de encontrar o número, mas o mesmo não acontece com quem tem o documento digital.

Para saber o PIS basta o trabalhador abrir a carteira física. Ele estará na primeira página escrito PIS/PASEP. É a primeira informação disponível na página inicial do documento acima da foto.

Você pode acessar o PIS através da carteira, do extrato do Fundo de Garantia, do Cartão Cidadão e da Caixa Econômica.

Existe ainda a opção online para se acessar o número, é através do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Para tal, é preciso que o trabalhador siga os seguintes passos:

1. Entre na página do CNIS.

2. Selecione a opção cidadão.

3. Clique em inscrição.

4. Selecione “filiado”.

5. insira seus dados pessoais.

6. Ao aparecer seu NIT é seu número PIS (eles são os mesmos).

A inscrição do NIS é indicada aos cidadãos que, identificados, possam ter direitos a benefícios sociais. No momento em que eles se formalizam (passam a ter um vínculo empregatício), o número é cadastrado no PIS.

É possível ainda saber seu PIS indo no site do INSS, utilizando apenas o seu CPF, você deve, para tanto, fazer o cadastro, criar a senha e ir ao primeiro acesso. É um site bastante tranquilo e intuitivo.

Qual a utilidade do PIS

O PIS é utilizado pelo profissional para ver se ele é beneficiário do abono do salário e do saque cotista do PIS/PASEP. Os dois programas se diferem por um que é de quem trabalha na iniciativa privada e o seguinte é funcionário público.

Como o número da carteira digital passou a ser o CPF, é provável que ele passe a utilizar cada vez menos o PIS. No entanto, é importante saber o seu PIS para qualquer eventualidade.

Através do PIS o governo e empresas contribuem em um fundo destinado a seus trabalhadores, o PIS/PASEP. O benefício é destinado ao FAT, que trabalha com o seguro-desemprego, por exemplo.

Entre 1971 e 1988 as contribuições realizadas pelas empresas e pelos órgãos do governo eram realizadas em nome do trabalhador individualmente, tornando-o participante do fundo. Essa é a razão pela qual só possuem cotas profissionais que trabalharam de carteira assinada entre os anos de 71 e 88.

A digitalização da carteira deve trazer muitas vantagens ao profissional que pode recorrer às suas informações empregatícias de qualquer lugar, para isto necessitando apenas de um celular ou de um computador.

O fato de que não é mais necessário o PIS não muda a motivação de desburocratizar a emissão da carteira. A partir de agora, apenas o CPF do profissional será o bastante para que o empregador acesse através da web as informações do possível colaborador de sua empresa.

Importância do PIS

O PIS ainda é importante para garantir os benefícios dos profissionais. Ele é um programa modelo do governo que trouxe às relações trabalhistas mais igualdade e direitos ao trabalhador.

Em suma, o PIS continuará a ser utilizado por trabalhadores e empresas até que não seja mais necessário. Ele já não é obrigação para o empregador contratar o trabalhador, sendo possível a sua extinção em pouco tempo.

Entretanto, caso precise do número, utilize as informações passadas neste artigo para sanar as suas dúvidas e ter em suas mãos este número de um programa tão importante quanto o PIS.

A carteira de trabalho é tão importante aos profissionais por possuírem informações como o PIS, por exemplo, dando ao trabalhador direitos e deveres constitucionais.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.