Resultado da Perícia Médica ainda não saiu: O que fazer?

Após a grande luta e batalha para marcar e fazer a perícia médica agendada há meses dependendo do caso, chegar a segunda parte que é a segura a grande ansiedade para o momento de ter o resultado. Então, se é preciso ter conhecimento em casos de o resultado da perícia médica ainda não saiu o que fazer.

Mas, como acontece em alguns casos de no momento que vai conferir o parecer do resultado, descobre que ainda não saiu.

Se caso isso já aconteceu com você, saiba que não é exceção, pois é muito mais comum do que imagina.

Se o seu caso for auxílio-doença sabe que é muito comum isto acontecer.

Isso acontece porque o INSS criou um sistema para que os segurados consigam de forma mais fácil e rápida regularizar suas informações e dados ao finalizar a realização da perícia médica.

Esse processo foi nomeado como “acerto pós-perícia”, e muito provavelmente seja culpa dele que o seu resultado não saiu na data prevista.

Sem dúvida alguma, para quem está nesta situação de não conseguir trabalhar e precisa de recurso financeiro essa espera é bem frustrante.

E o que seria esse “acerto pós-perícia”?

Normalmente, em 21 horas do mesmo dia após a perícia médica sair por meios legais o resultado da perícia médica.

Quando ocorre o caso do resultado não ser liberado, muito provavelmente será porque foi encontrado algum erro nos seus dados ou faltou alguma informação importante.

E para quem se encontra neste caso de regularizar essas pendências, saiba que tem o recurso do “acerto pós-perícia.

Considerando algum erro ou falha de informação o motivo principal para o resultado da perícia médica não ter saído. Sendo por diversos motivos o “acerto pós-perícia” pode ser necessário.

Muito comum os motivos de:

  • Erros cadastrais:
  • Dados pessoais incorretos ou incompletos.
  • Acerto de vínculos:
  • O tempo de contribuição não sendo possível conta ou sua solicitação do comprovante como MEI não ter saído a tempo ou ainda pendências no CNIS.

Sendo assim, o “acerto pós-perícia” é uma obrigação do INSS imposta aos segurados que já passaram pela perícia, porém não tiveram o resultado.

Resultado da Perícia Médica ainda não saiu: O que fazer?

Se o resultado da sua perícia não saiu, não se desespere.

Quando se pede um benefício seja lá qual for, a perícia é um dos últimos critérios e obrigatório para o pedido do benefício,

O resultado final do pedido será de extrema importância para saber se terá o direito ao benefício ou não. Tanto que se recomenda que passe das 21h da sua perícia, fica atento.

Sendo que se não se tiver o resultado será necessário que agende o recurso de “acerto pós-perícia”, através dos meios de comunicação do INSS. Muito importante saber que quem deve entrar em contato com o INSS é unicamente.

Então, fique muito atento e preste bastante atenção nas próximas etapas.

No momento em que você entrar em contato com o INSS, deverá pedir para fazer exatamente a solicitação do acerto pós-perícia.

Realizado esse procedimento, você deverá ficar atento aos meios de comunicação, seja o site seja pelo aplicativo, pois será por eles que saberá o que está faltando.

Vale ressaltar que será por forma online que você enviará os dados faltantes, não precisando ter a necessidade de ir até um posto do INSS. Quando sair o que falta será necessário correr atrás do que falta.

Documentos solicitados na perícia

Os documentos solicitados pelo INSS são:

  • RG.
  • CPF.
  • Comprovante de endereço.
  • Carteira de trabalho.
  • Data do último dia trabalhado.
  • Se for um profissional rural será necessário comprovação de atividade rural, como por exemplo a escritura da terra.
  • Autodeclaração de segurado especial.
  • Caso seja um profissional autônomo, empreendedor, ou segurado facultativo e MEI, será necessário o comprovantes de pagamentos, carnês do INSS.

O prazo é de até 5 dias para o INSS entrar em contato após solicitar o acerto pós-perícia, informando quais os documentos necessários para regularizar o seu cadastro.

Mas se acontecer de solicitar o acerto pós-perícia e mesmo assim não ter resposta. Infelizmente, esse caso acontece muito mais vezes do que imaginamos.

Muitas pessoas já estão no aguardo do INSS por meses e até anos, imagina está impossibilitado de trabalhar e o INSS não te assegurar. Porém esse fato em forma legal e jurídica não pode acontecer de forma alguma.

Além deste acontecimento oferecer muita frustração e ansiedade, também se torna um ato muito urgente e delicado.

Caso isso aconteça, se aconselha que tome uma alternativa de entrar com mandado de segurança.

Um mandado de segurança nada mais é do que ação proposta na justiça para dar a segurança e proteger o direito das pessoas.

Muito importante, falamos que nesta situação de ação, o Juiz respondendo em nome da Justiça não irá analisar o processo em si e nem quem pediu se tem direito ao benefício ou não, somente dará a ordem para o INSS possa dar o resultado da análise para que o segurado tenha a resposta.

Sendo e considerando a economia do país, e por muito o benefício previdenciário é a única fonte de renda e de sobrevivência de muitas famílias brasileiras.

O Mandado de Segurança normalmente serve como uma boa solução, pois, muitas vezes é bem mais rápido do que entrar com uma ação judicial comum.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.