Quem tem nome sujo pode abrir MEI?

É o sonho de muitas pessoas empreender, isso é um fato. Em alguns casos, o empreendimento se tornou alternativa para o desemprego, que vem afetando inúmeros brasileiros nos últimos anos. Porém, outra consequência da crise que o país atravessa são os atrasos e a inadimplência. Muitos brasileiros estão com o nome apontado no Serasa e isso levanta uma questão: quem tem nome sujo pode abrir MEI?

O MEI, abreviação para Microempreendedor Individual, é a principal alternativa para trabalhadores autônomos se legalizarem e atuarem dentro da lei.

Essa modalidade garante diversos benefícios trabalhistas, o que é uma excelente sacada para quem pretende ser dono de si mesmo. Por isso, existe essa grande procura por parte dos brasileiros, incluindo os que estão com nome sujo. Sabendo disso, elaboramos esse artigo tirando todas as dúvidas relacionadas a inadimplentes e MEI.

Afinal de contas, quem tem nome sujo pode abrir MEI?

Com o aumento da crise, não é incomum ver pessoas com contas atrasadas. Quando as pessoas deixam de pagar em dia, seja a mensalidade do crédito, parcelamento das compras, o cartão de crédito, por exemplo, os locais onde você deve restringir o seu CPF.

Como consequência disso, o seu nome acaba ficando sujo na praça, se tornando cada vez mais desafiador ter crédito aprovado em instituições financeiras, abertura de conta em bancos, etc. Porém, caso você esteja com o nome sujo e queira abrir CNPJ pelo MEI para sair dessa crise, pode ficar animado pois isso é possível.

Ou seja, quem tem nome sujo pode abrir MEI sim, pois nada impede os inadimplentes de se cadastrar no Simples Nacional e acessar os benefícios do MEI. Portanto, fique tranquilo e não se envergonhe de abrir um CNPJ como MEI, pois isso pode ser uma alternativa para você finalmente limpar o seu nome na praça.

Quais fatores podem impedir a abertura de CNPJ MEI?

O termo “nome sujo”, que é denominação para as pessoas com crédito restrito, não tem como impedir uma pessoa de abrir o CNPJ como MEI. Porém, existem sim alguns fatores que podem impedir essa abertura, e você deve ter atenção a eles. Confira:

Pendências com o CPF

Você precisa conferir os dados de seu CPF para saber se estão devidamente atualizados. É possível que exista algumas pendências, como um dado que faltou ou informação errada sobre o nome da mãe no cadastro do CPF, por exemplo. Você tem que regularizar sua situação cadastral diretamente no Banco do Brasil, nos Correios ou na Caixa Econômica Federal.

O título de eleitor não está atualizado?

Caso você tenha realizado alguma alteração em seu título de eleitor, é necessário conferir os dados e ver se estão atualizados no sistema também. Esse título pode, por exemplo, não estar atrelado ao seu CPF, e aí é necessário procurar os órgãos já citados para regularizar o referido número em seu CPF.

É estrangeiro? Então fique atento

Outra situação que é necessária atenção é caso você seja estrangeiro. Ou seja, se você não possuir um título de eleitor, a única maneira de fazer a abertura do MEI é fazendo a declaração de IR, além de ter um visto permanente e CPF.

Sociedades em outras empresas

Para conseguir se inscrever como MEI não é permitido ser dono ou até mesmo participante dentro do quadro de administradores e sócios. A depender da situação, pode haver falhas ou instabilidade em algum órgão ou sistema. É bom esperar depois da negativa e tentar depois de um tempo.

Dicas para tornar a sua vida financeira mais saudável

É necessário seguir alguns passos para ter uma vida financeira saudável. Ter a vida financeira em dia é o primeiro passo para conseguir ter acesso aos programas essenciais, podendo investir e empreender sem ter dor de cabeça. Confira algumas dessas dicas:

Programação financeira

Se você pretende empreender precisa começar direito. Para isso, é bom se programar com antecedência. Faça todo o seu planejamento de finanças, compreenda o que sai e o que entra de dinheiro do seu caixa para não ter problemas com contas.

Cuidado com dívidas

Tenha muito cuidado com as dívidas, pois elas são bolas de neve. Tente controlar ao máximo os seus gastos com o cartão de crédito e se programe para ter as suas contas essenciais pagas em dia, como a conta de luz, de internet, etc.

Caso você ainda use cheque, tenha cuidados com a emissão desses valores, além de se atentar aos empréstimos que prometem salvar as suas contas, pois eles também podem virar bola de neve e ter mais dor de cabeça no futuro.

Consulte a Receita Federal

É importante criar o hábito de consultar a sua situação na Receita Federal. Portanto, mantenha sempre os seus dados corretos, e compareça ao local indicado e, caso tenha alguma pendência para quitar, procure regularizar o quanto antes, para que isso não possa impedir a sua abertura como CNPJ MEI.

Quite suas dívidas

Depois de pagar todas as suas dívidas, você fica com o nome totalmente limpo em uma média de 5 dias úteis. Essa atitude é essencial para você ter uma vida financeira mais saudável, pois depois de limpar seu nome é que você vai começar a ter acesso a alguns serviços e vai ter crédito na praça. O pagamento das dívidas faz você ter mais liberdade para tentar empreendimentos mais ousados, investimentos, financiamento e outras coisas importantes.

Leia também:

Quais impostos devem ser pagos pelo MEI?

Quem pode se constituir como MEI?

Como emitir Nota Fiscal na MEI?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.