FGTS para aposentados que continuam trabalhando

Os FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) são um benefício criado pelo governo brasileiro para garantir aos trabalhadores um valor para aposentadoria ou para uso em caso de demissão sem justa causa. Os empregadores são obrigados a depositar uma porcentagem do salário dos trabalhadores em contas individuais de FGTS. Essas contas só podem ser sacadas pelos trabalhadores em casos específicos, como a aposentadoria ou demissão sem justa causa.

Se você é aposentado e continua trabalhando, ainda pode contribuir com o FGTS e ter direito ao saque desses recursos em caso de demissão sem justa causa ou em caso de aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição. No entanto, se você se aposentou por invalidez ou por acidente de trabalho, não terá direito ao saque do FGTS.

É importante destacar que o FGTS não é um substituto da aposentadoria, mas sim um complemento para garantir uma renda extra aos trabalhadores na aposentadoria ou em caso de demissão sem justa causa. Se você é aposentado e continuar trabalhando, é recomendável consultar um profissional de finanças ou um advogado trabalhista para entender os seus direitos e obrigações com relação ao FGTS e a sua situação específica.

Leia também

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.